Dois séculos depois, os cientistas descobrem como nadava o plessiossauro

Heinrich Harder / Wikimedia

Representação de um par plessiossauros, "The Wonderful Paleo Art of Heinrich Harder", c.1920

Representação de um par plessiossauros, “The Wonderful Paleo Art of Heinrich Harder”, c.1920

Cientistas britânicos fizeram uma reconstituição de como se movimentava o plessiossauro, um antigo réptil marinho que povoava os oceanos na época dos dinossauros.

Um novo estudo poderá ter resolvido um debate que já dura há 200 anos. Segundo simulações de computador, o plessiossauro, um predador marinho que já se especulou que poderia ser o monstro do Lago Ness, nada de forma semelhante a um pinguim.

Basicamente, o plessiossauro usa apenas os membros dianteiros como propulsores e as traseiras como lemes, tal como fazem as aves marinhas.

A movimentação do animal era uma fonte de mistério e discórdia na comunidade científica desde que o primeiro fóssil de plessiossauro foi descoberto, pela exploradora Mary Anning, na região britânica de Dorset, em 1821 – numa época em que nem sequer o nome dinossauro tinha sido inventado.

Anos mais tarde, um estudo que relatava a descoberta levantou a questão sobre como a criatura nadava, já que as suas quatro barbatanas pareciam asas.

Os paleontólogos dividiram-se em duas correntes: uma sugere que o plessiossauro se movia como um barco, usando as quatro barbatanas como “remos”.

A outra corrente defende que o plessiossauro se movia como pinguins ou tartarugas, ou uma combinação de ambos.

Agora, uma simulação de computador baseada na análise do fóssil jurássico indica que o movimento se parece com o do pinguim.

“O nosso estudo sugere que um movimento vertical é o mais provável, como se o animal voasse na água”, explica à BBC Adam Smith, investigador do Museu de História Natural de Nottingham e um dos autores do estudo, que foi publicado na revista científica PLOS ONE.

A animação por computador foi feita a partir de análises de um fóssil de plessiossauro encontrado na Alemanha, o mais completo já encontrado até hoje e o único com as quatro “asas” preservadas.

A criatura media apenas 3m de comprimento – alguns plessiossauros poderão ter sido cinco vezes maiores.

Smith trabalhou com cientistas do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, e os especialistas concluíram que as barbatanas traseiras do plessiossauro tinham pouco impulso, sendo usadas especificamente para dar mais estabilidade e servir de leme.

Os plessiossauros eram vorazes répteis marinhos que viveram há centenas de milhões de anos.

Os paleontólogos acreditam que os plessiossauros matavam as suas presas por afogamento e rodopiavam-nas na água para as desmembrar.

“Provavelmente, faziam o mesmo que os crocodilos dos nossos dias”, acredita David Martill, investigador da Universidade de Portsmouth.

Muito bem, mistério desvendado. Mas entretanto, o que é afinal o monstro do Lago Ness?

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Dança afro-beat inspirada nos saltos de Ronaldo já chegou a Paris

Uma música humorística 'afro-beat', publicada nas redes sociais e inspirada nos saltos de Cristiano Ronaldo quando marca golos, está a ser replicada na internet com dezenas de coreografias filmadas, muitas das quais em França. "Quand Cristiano …

Portuguesa Critical Software e BMW juntam-se para produzir "o carro do futuro"

A BMW escolheu a portuguesa Critical Software para construir "o carro do futuro". As duas empresas unem-se agora numa joint venture que terá sede no Porto. A companhia tecnológica portuguesa Critical Software anunciou, esta segunda-feira, a …

As criptomoedas podem vir a sobrecarregar a Internet, alerta BIS

O Banco de Pagamentos Internacionais (BIS) lançou, este domingo, um novo alerta: as criptomoedas podem "rebentar" com a Internet. O Banco de Pagamentos Internacionais - ou BIS, na sigla em inglês - lançou, este domingo, um …

Rui Patrício assina com o Wolverhampton por quatro anos

O guarda-redes português Rui Patrício, que rescindiu com o Sporting alegando justa causa, assinou contrato com o Wolverhampton válido por quatro épocas, anunciou hoje o clube da liga inglesa de futebol. O guarda-redes internacional português Rui …

Juízes querem condenados a cumprir mais cedo pena de prisão

Os juízes defendem que a pena de prisão deveria começar a ser cumprida logo que fosse confirmada por um tribunal de segunda instância, ainda antes da decisão transitar em julgado, mesmo que continuem a recorrer. A …

Médica reformada acusada de matar centenas de pacientes com doses fatais de analgésicos

Uma médica de clínica geral, agora aposentada, será a responsável pela morte de centenas de pacientes. A médica é acusada de prescrever doses fatais de analgésicos opiáceos a idosos no Reino Unido, nos anos 90. Jane …

Custo de vida para jovens estrangeiros em Lisboa ultrapassa mil euros

Um jovem estrangeiro precisa de 1032 euros para se instalar em Lisboa, sendo Lisboa a 57.ª cidade mais cara de uma lista de 80 cidades do mundo. Roménia é a cidade mais barata, de acordo …

Marcelo voltou a Pedrógão para limpar lágrimas (e Costa nem foi convidado)

Marcelo Rebelo de Sousa foi a figura central da homenagem às vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, limpando lágrimas e distribuindo abraços, enquanto António Costa nem foi convidado. O primeiro-ministro admitiu que não foi convidado para …

Mihajlovic apontado ao Sporting para substituir Jesus

A imprensa desportiva apontou o técnico sérvio Sinisa Mihajlovic como o novo treinador do Sporting, substituindo o lugar deixado por Jorge Jesus. O antigo selecionador da Sérvia chegou a Lisboa esta segunda-feira, remetendo esclarecimentos para …

Falta de obstetras afeta assistência a partos de risco

O número de especialistas de ginecologia e obstetrícia é cada vez mais crítico no Serviço Nacional de Saúde, devido à falta de contratação de profissionais. O défice de especialistas de ginecologia e obstetrícia no Serviço Nacional …