Documentos revelam que o PSOE usou dinheiro público para comprar votos na Andaluzia

partyofeuropeansocialists / Flickr

Pedro Sánchez, líder do PSOE

O PSOE comprou votos na Andaluzia com dinheiro público, revelam documentos a que o jornal ABC teve acesso. São dezenas de manuscritos atribuídos ao antigo vice-presidente do município, o socialista Francisco Martín González Bejarano.

Segundo noticiou o diário espanhol nesta quarta-feira, citado pelo Expresso, os documentos foram encontrados no município de Huévar del Aljarafe e ilustram os procedimentos do partido para manter o poder na Câmara Municipal.

As eleições de maio acabaram com a hegemonia de 36 anos do PSOE na localidade, abrindo caminho ao Partido Popular (PP), que ali governa pela primeira vez.

Durante as semanas em que decorreu a transferência de poderes, a ainda presidente da autarquia, Áurea María Borrego Moreno, colocou no seu escritório uma máquina trituradora para destruir milhares de documentos, revelou o jornal.

No entanto, a máquina acabou por queimar e ficaram ainda várias caixas de documentos por destruir. O PP impediu a sua destruição graças a uma medida que ninguém esperava: a secretária municipal entregou as chaves à nova presidente de Câmara na tarde anterior ao seu início de funções e ela ordenou a mudança urgente de todas as fechaduras antes de os socialistas chegarem na manhã seguinte.

Ainda de acordo com o ABC, o PSOE comprava votos através de “um sistema clientelar que controlava cada vizinho rua a rua, porta a porta, com indicações da sua ideologia e das suas necessidades laborais”. Desta forma, o socialismo andaluz se consolidou. Em todo o território espanhol, foi na Andaluzia que o PSOE se manteve mais anos no poder.

Recentemente, a nova presidente da autarquia, María Eugenia Moreno, e a líder do PP em Sevilha, Virginia Pérez, revelaram não ter encontrado “30 milhões de euros” nos cofres municipais. As dirigentes disseram que levariam o caso ao Ministério Público por “possível desfalque do erário público” depois de terem encontrado “faturas pagas pelo município para a organização de um encontro do PSOE”.

ZAP // //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Estes partidos ditos «socialistas» constituem uma verdadeira CONFRARIA, que tem por patrono S.DIMAS. A secção espanhola da confraria de S. DIMAS procura dar testemunho também da sua inabalável fé na doutrina de S. Josemaria Escrivá… A secção portuguesa esforça-se por proclamar a canonização de S. José do Telhado.

PEV e PAN ameaçam chumbar Orçamento na especialidade

Esta quarta-feira, em debate sobre o Orçamento do Estado para 2021, PEV e PAN ameaçaram chumbar a proposta de OE na especialidade. No debate sobre o Orçamento do Estado para 2021, no Parlamento, Inês Sousa Real …

Imagens de satélite indicam que Irão começou construções em instalação nuclear

Imagens de satélite divulgadas esta quarta-feira mostram atividades na instalação nuclear iraniana de Natanz, um dia depois de inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica confirmarem que o Irão iniciou a construção de uma central …

"Salvadores brancos". Organização vai acabar com as viagens de celebridades a África

A organização Comic Relief vai deixar de enviar celebridades como Ed Sheeran ou Stacey Dooley para fazerem filmes promocionais em países africanos após decidir que a abordagem reforça estereótipos ultrapassados sobre “salvadores brancos”. Além de acabar …

Tragédia no Canal da Mancha. Quatro migrantes morreram em alto mar após Governo rejeitar rota segura

De acordo com as autoridades francesas, quatro migrantes - incluindo duas crianças de cinco e oito anos - morreram ao tentar chegar ao Reino Unido de barco através do Canal da Mancha. O pequeno barco …

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …