Professores lamentam desconhecer conteúdos da telescola

Os diretores escolares lamentam o facto de os conteúdos programáticos das aulas transmitidas pela televisão para os alunos do Ensino Básico continuarem desconhecidos dos professores.

O 3.º período começa esta terça-feira com ensino à distância para os alunos que, desde 16 de março, deixaram de ter aulas presenciais por decisão do Governo como forma de conter a disseminação do novo coronavírus.

Durante as férias da Páscoa, os professores realizaram reuniões de avaliação para atribuir as notas aos alunos, que chegaram por e-mail ou correio, mas também estiveram a preparar o novo período que contará com o apoio de matérias transmitidas diariamente pela RTP Memória.

“Para os professores poderem organizar melhor as aulas, era importante saber quais os conteúdos programáticos que serão exibidos na televisão” a partir de 20 de abril, sublinhou Filinto Lima, presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas Públicas (ANDAEP), em declarações à Lusa.

Filinto Lima lembrou que, até ao momento, o Ministério da Educação divulgou apenas a grelha e o calendário das aulas que a RTP Memória vai transmitir para os alunos do 1.º ao 9.º anos.

Os diretores escolares acreditam que a maioria dos docentes vai utilizar esta ferramenta de apoio, que terá maior impacto junto dos cerca de 50 mil alunos que não têm Internet ou equipamentos para poder assistir às aulas à distância.

Filinto Lima saudou também o recente anúncio feito pelo primeiro-ministro de lançar um novo programa digital para os estudantes.

Até lá, famílias e alunos têm contado com o trabalho realizado pelas escolas mas também por outras entidades públicas e privadas, como as empresas de informática que já distribuíram computadores ou tablets.

“Muitas juntas de freguesia também têm feito chegar a casa das famílias os exercícios dados pelos professores em formato papel”, lembrou Filinto Lima.

O representante dos diretores escolares acredita que o 3.º período vai correr melhor do que o final do 2.º período, em que escolas e famílias começaram a tentar adaptar-se à nova realidade imposta pela propagação da covid-19.

Também Manuel Pereira, presidente da Associação Nacional de Dirigentes Escolares (ANDE), acredita que o 3.º período vai correr melhor, lembrando que neste momento os professores estão novamente a entrar em contacto com as famílias e os alunos.

“Esta primeira semana de aulas será essencialmente de planificação do trabalho do 3.º período. Serão precisos alguns dias para acertar agulhas”, contou à Lusa Manuel Pereira, explicando que os docentes terão de definir estratégias e planos de trabalho com os alunos.

Para Manuel Pereira, este novo período de aulas não poderá ter um ritmo de trabalho tão intenso como foram as aulas antes da Páscoa: “Estamos todos a trabalhar em maratona, estamos todos a trabalhar em articulação e com muita tolerância”.

Nestas novas tarefas das escolas está também a missão de encontrar os alunos que não respondem às tentativas de contacto dos professores.

É um processo complicado, mas estamos a trabalhar para que nenhum aluno fique para trás. Temos todos os casos perfeitamente identificados e estamos a tentar encontrar solução para todos. Caso a caso”, garantiu.

O presidente da ANDE reconhece que no final do 2.º período também aconteceram situações de famílias que não foram contactadas pelos seus professores.

“Há um conjunto de alunos que não foi contactado e nestes casos pedimos aos pais que contactem as escolas, que estão abertas e preparadas para tentar perceber o que se passa e resolver os casos. Estamos a tentar fazer o nosso melhor, mas é preciso perceber que estes são problemas que se resolvem caso a caso”, contou Manuel Pereira.

Esta terça-feira recomeçam as aulas dos alunos do 1.º ao 12.º ano de escolaridade, que representam a maioria dos mais de dois milhões de crianças e jovens que estão em casa.

Numa altura de incerteza em relação à data de regresso, o primeiro-ministro, António Costa, deixou apenas uma certeza: “Há uma decisão tomada e definitiva. O ensino básico não terá aulas presenciais até ao final do ano letivo”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Nakajima recusa-se a treinar com a equipa portista

O avançado japonês recusa-se a treinar com o restante plantel portista, tendo invocado os problemas de saúde da mulher, e está naturalmente de fora do jogo desta quarta-feira com o Famalicão. Esta terça-feira, na conferência de …

Tribunais retomam atividade. Juízes recusam fazer julgamentos em salas sem condições

Os tribunais retomam hoje a realização de diligências presenciais, mas dirigentes do setor anteveem que o regresso à atividade normal será assimétrico e progressivo, sendo em alguns casos difícil assegurar totalmente as medidas de segurança …

Espanha sem mortes pelo segundo dia consecutivo. Há 41 mil profissionais de saúde infetados

Espanha registou esta terça-feira o segundo dia consecutivo sem mortes associadas à covid-19, mantendo-se o total 27.127 de óbitos desde o início da pandemia, anunciaram as autoridades de saúde. O ministério da Saúde de Espanha informou …

Petição pela "anulação imediata" do Avante já conta com mais de 16 mil assinaturas

Uma petição online para a "anulação imediata" da Festa do Avante!, a festa anual organizada pelo PCP, conta já com mais de 16 mil assinaturas. Às 10:30 desta quarta-feira, a petição, disponível no portal Petição Pública, …

Venda de Wendel ao Everton sofre revés. Nápoles e Nice entram em jogo

A licença de trabalho pode deitar por terra uma eventual transferência de Wendel para o Everton. O Nápoles é o favorito na corrida à sua contratação, mas o Nice também está atento. As negociações entre o …

Celebrações do 10 de junho só terão oito pessoas. “É como achei que devia ser o 25 de abril e o 1º de maio”

A “cerimónia simbólica” comemorativa do Dia de Portugal que se realizará no Mosteiro dos Jerónimos, em Lisboa, terá apenas oito presenças, incluindo o chefe de Estado e o presidente desta edição do 10 de Junho, …

O futebol português está de volta. Uma corrida de dois cavalos e a montra para Amorim

A bola volta hoje a rolar em Portugal após a interrupção devido à pandemia de covid-19. Regresso o futebol que tão bem conhecemos, mas de uma forma como nunca vimos antes. Estádios desertos e jogos quase …

Cientistas identificam fóssil do inseto mais antigo do mundo

Um fóssil de um milípede descoberto em 1899 é o inseto mais antigo do mundo, concluiu um novo estudo. O espécime em causa tem 425 milhões de anos. Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas …

Jorge Jesus renova com o Flamengo por mais uma época

O treinador português anunciou, esta quarta-feira, que vai ficar mais uma época nos brasileiros do Flamengo, até junho de 2021. "Digam à nação que fico!". É esta a frase que acompanha a fotografia publicada, esta quarta-feira, …

Governo deixa cair lay-off simplificado. Novo apoio vai variar em função da quebra de faturação

O apoio às empresas em lay-off que retomarem a atividade será diferenciado em função da quebra de faturação, com vista a direcionar as ajudas públicas “a quem mais precisa”, afirmou esta terça-feira a ministra do …