Disney World adicionava máscaras digitais às fotos de visitantes que não as estavam a usar

Tony Townsend / Facebook (dr)

A ideia é no mínimo caricata, mas não agradou a todos os utilizadores do parque temático. A denúncia da situação acabou por ser feita por um visitante, mas entretanto a Disney já veio dizer que interrompeu esta prática.

Desde que a pandemia de covid-19 eclodiu no mundo, são muitas as formas que se têm arranjado para fazer com que a população cumpra o distanciamento social, e também as regras de higiene recomendadas. Contudo, alguns destes métodos podem não corresponder ao que é aconselhado pelas autoridades de saúde. Terá sido esse o caso da Disney Word.

O parque temático optou por fazer com que os seus visitantes usassem máscara de uma forma bastante diferente do habitual. O facto dos parques da Disney World serem inflexíveis no que diz respeito ao uso da máscara dentro dos seus recintos, fez com que se munissem de alguma criatividade tecnológica e colocassem máscaras digitais na cara de visitantes que as retiravam durante o uso dos divertimentos.

Toda a gente conhece as famosas fotos tiradas durante o passeio num divertimento de um parque temático, porém, na era covid, a Disney teve que as adaptar. A aplicação de mascaras digitais surgiu devido à regra de que se alguém não estivesse a usar uma máscara durante o passeio, nem essa pessoa nem qualquer outro visitante presente na foto conseguiria fazer o download da mesma na aplicação da Disney (nem imprimi-la).

O facto é que bastava uma pessoa não estar a usar máscara, que todas as outras também ficavam condicionadas no acesso às fotos. A solução da Disney foi então começar a colocar máscaras digitalmente.

No entanto, esta ideia não agradou a todos os visitantes.

Tony Townsend, que esteve presente no parque, denunciou a situação através do Facebook, onde publicou uma imagem na qual foi feita uma alteração digital, e onde o parque de diversões adicionou máscaras a pessoas que não as tinham colocadas.

A imagem mostra uma mulher no banco de trás com uma máscara facial digitalizada de grandes dimensões.

Perante o controverso acontecimento, a Disney referiu ao WDW News Today, através de um comunicado, que neste momento a prática já foi interrompida e que tudo se tratou apenas de “um teste”.

“Em resposta às solicitações dos visitantes, testamos a modificação de algumas fotos no momento em que estavam a utilizar um dos divertimentos. Não estamos mais a realizar esta prática, mas continuamos a pedir aos nossos clientes que usem máscaras, exceto quando estão a comer ou quando estão a beber”, disse o comunicado.

O que ainda não está claro é se a Disney vai continuar com a sua rígida política de fotos, onde não permite que ninguém presente na foto tenha acesso a esta, caso algum dos visitantes não esteja a usar máscara.

  AMM // ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …

O empresário John Textor

Nova direção do Benfica vai reunir-se com John Textor

O empresário John Textor, que celebrou um acordo com José António dos Santos para aquisição de 25% do capital social da SAD do Benfica, vai ser recebido pela nova direção do clube esta quinta-feira. "Após explícita …

Vítimas do ataque na Noruega foram mortas com facadas e não com arco e flecha

A polícia norueguesa esclareceu, esta segunda-feira, que as cinco vítimas mortais do ataque perpetrado na semana passada foram esfaqueadas, afastando assim a tese inicial que as mortes tinham sido provocadas por um arco e flechas. Segundo …

É um pássaro? É um avião? Não, é uma estrada de drones

Várias empresas estão a juntar-se ao governo de Israel na criação de sistemas de entregas através de drones. O objectivo final é ter uma estrada destes aparelhos nos céus. Num futuro próximo, as estradas podem estar …

IVAucher já devolveu 5,5 milhões de euros aos consumidores

Até agora, o programa IVAucher devolveu 5,55 milhões de euros aos consumidores, foi anunciado, esta segunda-feira, pelo Ministério das Finanças. De acordo com o comunicado do Ministério das Finanças, desde 1 de outubro foram efetuadas 609.560 …

Bloco já enviou as nove propostas ao Governo. Cinco são alterações ao Código do Trabalho

O Bloco já enviou ao Governo a redação das nove propostas para as negociações do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), cinco das quais são alterações ao Código do Trabalho que terão de ser efetivadas …

Bielorrússia expulsa embaixador francês

O embaixador francês na Bielorrússia deixou o país este domingo, depois de as autoridades bielorrussas o terem mandado embora, sem especificar o motivo.  "O Ministério das Relações Exteriores da Bielorússia exigiu que o embaixador partisse antes …

Grupo 400 Mowozo apontado como responsável pelo rapto de 17 missionários estrangeiros no Haiti

Grupo raptado era composto por 14 adultos e três crianças que se encontravam em território haitiano no quadro de uma missão de solidariedade dinamizada pela Christian Aid Ministries. Um grupo armado intitulado 400 Mawozo, considerado um …

Agentes disparam para o ar no jogo entre o Olímpico do Montijo e o Vitória de Setúbal B

Violência, tiros para o ar: Montijo reage aos incidentes do jogo com o Vitória

Cenas de pânico, logo a seguir ao jogo entre o Olímpico do Montijo e a equipa B de Setúbal. Versões diferentes dos treinadores. O jogo entre Olímpico do Montijo e Vitória de Setúbal B terminou sem …

Defesa de Salgado pede suspensão do processo por diagnóstico de Alzheimer

A defesa do antigo banqueiro pediu a suspensão do processo no qual o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES) é arguido, fundamentando-o com um atestado médico a comprovar o diagnóstico de doença de Alzheimer. De acordo …