/

Dino D’Santiago revela vídeo de taxista que se recusou a transportá-lo

20

VEVO

O cantor Dino D’Santiago.

Uma publicação de Dino D’Santiago está a deixar as redes sociais em polvorosa, depois de o músico ter divulgado um vídeo de um taxista que se recusou a transportá-lo, em Lisboa.

“E esta m**da continua mesmo passados tantos anos! Acontecia-me sempre que chegava ao Porto e queria apanhar um táxi na praça de táxis da Batalha! Hoje saio do Coliseu dos Recreios, e decido apanhar um táxi na praça do Rossio ao invés do habitual Uber e a história repete-se! Talvez se o destino final não fosse a Amadora, a história poderia ter um final menos infeliz!”, escreveu o artista no Instagram.

No vídeo divulgado, Dino D’Santiago confronta o taxista com o facto de ter recusado fazer a viagem. “Está na praça e não me quer levar a casa? Acha que isso faz sentido?”, perguntou o cantor.

O taxista justifica-se dizendo que já não tem tempo de levar ninguém, garantindo que tem ter de ir buscar outra passageira dali a dez minutos.

Dino D’Santiago disse ainda ao taxista que irá apresentar queixa às autoridades após o episódio.

“Se o senhor não vai levar ninguém porque é que está na praça? Pode sair da praça. Está a ser filmado e eu vou denunciá-lo”, atira.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Dino D’Santiago (@dinodsantiago)

Depois disso, o artista de ascendência cabo-verdiana filmou-se dentro de outra carro, agradecendo ao motorista que aceitou levá-lo a casa.

“Muito obrigado, Silvani. Tinha de ser do Brasil. Tanto reclamamos que temos muita gente a vir de fora, mas a empatia reconhece-se dessa forma. Teve de ser o Silvani a ter coragem de me trazer à Amadora. Obrigadão mesmo”, atirou.

Nos comentários, várias personalidades manifestaram a sua revolta quanto ao sucedido. Diogo Piçarra, Rita Ferro Rodrigues e Carolina Deslandes, entre outros, mostraram-se solidários com o cantor.

  ZAP //

20 Comments

  1. É só virgens ofendidas com o racismo !!!!
    Hoje vi na SIC a reposrtagem de uma moça de 12 ou 13 anos que agrediu outra dentro do espaço escolar enquanto outros filmavam e a incitavam a continuar.
    Depois as virgens ofendidas dos comentadores questionacam-se que juventude é esta e que valores são estes e que escola é esta.
    Como se a causa disto tudo não tivesse tido origem nas televisões que banalizaram a violência, deram cabo dos valores com os seus reality shows, e com a admissão de personagens que transmitem valores diferentes dos da maioria da sociedade.
    Agora as redes sociais amplificaram o fenómeno, mas o problema tem a ver com valores, que não são ensinados e as pessoas não são obrigadas a aceitar.
    Quando uma pessoa de cor, como o Mamadou, escreve nas redes sociais bosta de Bófia, e recebe subsídios e tem tempo de antena, estão à espera de quê ?
    Quando o pseudo PR, que ao longo da vida pouco fez além de auto-propaganda, visita o bairro da Jamaica onde os polícias são mal recebidos e mal tratados, está-se à espera de quê ? certamente que o Martelo esperava que dali para a frente os polícias seriam recebidos com beijos e champanhe no bairro !!!!
    Quando uma parte significativa das pessoas de cor tem comportamentos anti-sociais e recusa-se a cumprir as regras, estão á espera de quê ?
    Quando mandar uma pessoa de cor para a terra dele, quando tem comportamentos anti-sociais é racismo, sendo eles maioritariamente de origem estrangeira, estão à espera de quê ?
    Deixem-se de tretas e retomem os valores, e logo verão que os cidadãos são iguais e tem tratamento igual

  2. Pois se fosse eu também não o levava, não por ser de cor como ele quer fazer entender, mas pela sua atitude vergonhosa perante o que se passa na Ucrânia, não teve vergonha e foi actuar na festa do Avante e depois quando lhe pediram para criticar a invasão acho que se refugiou em frases do tipo : todas os refugiados merecem apoio, eu outras formas de fugir ao assunto. Algo muito semelhante ao que fazia o Sec geral do PCP Gerónimo de Sousa. Ele que não venha com mania de perseguições, não é a cor que importa neste caso certamente mas as suas atitudes e postura perante a guerra da Ucrania. pelo menos é isto que eu acho. Desde essa altura que mudo de canal sempre que este senhor aparece, que não veria um concerto dele nem que me pagassem .. e nada tem a ver com racismo, mas com ele e as suas atitudes.

  3. Mas em boa verdade à alguma lei que proiba o comum dos cidadãos em ser racista?
    Se não gosto de alguma raça ou etnia qual é problema? Socialmente a situação é critivável é isso? enfim…
    À muito boa gente e muitos da alta sociedade e chamados VIPs que vêm mandar postas de filetes sobre estas temáticas que não é socialmente aceitável mas depois são aquelas que andam a por os cornos às esposas ou aos maridos, que andam em orgias, etc… e quanto a isso que é morálmente questionavel por muitos quadrantes da sociedade já dizem que é liverdade pessoal e direito de escolher…
    pois eu também tenho o direito de escolher e esse direito diz-me que não gosto de …

    • Ó Armando, seja lá racista e vá a quantas orgias quiser mas, pelo amor de Deus, aprenda a escrever Português homem!

      Já agora, a diferença entre racismo e «pôr os cornos» é que racismo é CRIME e tem pena de prisão de 6 meses a 5 anos.

      Em suma: Se tiver que escolher entre um e outro e não tiver vontade de ir preso, ponha lá os cornos à sua esposa.

      • Bem dito! Deveria era haver uma lei que penalizasse quem desse tantos erros ortográficos.
        Além disso, ser racista é crime, imoral e serve, no mínimo, para perceber logo quem sofre de algum tipo de disfunção cerebral (se calhar daí vem os erros e a lógica irracional).

      • O AT está a atentar aos direitos e liberdades do Armando ao referir na passagem final:”…ponha lá os cornos à sua esposa”. Parte do jargão social que só pode haver casamento entre um homem e uma mulher, não admitindo outras formas de família. É um comportamento atentatório dos direitos e liberdades básicas do indivíduo, que revela intolerância com quem possui outras orientações sexuais. O amigo estaria bem era no Catar.
        Vergonha!

  4. Filmar o taxista sem consentimento, divulgar as imagens nas redes sociais não é ilegal?
    A divulgação das imagens não são um incitamento ao ódio contra uma pessoa mais velha e mais frágil que ele?
    É legítimo que a partir de agora o taxista fique sujeito a vários tipos de ameaças e a um perigo real?
    Só isto, revela que se há alguém que não tem respeito pelos outros e pela lei é o artista Dino d’Santiago., que deveria ser responsabilizado criminalmente.

  5. Já agora caro Dino, é favor filmar todas as interações com taxistas que tiver. Sim, não me importo de ver as outras 99 em que nada se passou, em que correu tudo bem, em que encontrou simpatia e profissionalismo.

  6. Dino d Santiago a ser estúpido outra vez… Um dia destes queria mudar o hino, agora quer obrigar um taxista a levá-lo.

    Precisas assim tanto de dinheiro , Dino?

  7. E agora me pergunto…
    O problema foi a cor do sujeito ou o destino?
    O motorista pode se negar muito bem do destino por considerar perigoso para ele mesmo.
    Porque a história “já no porto acontecia” é engraçada porque vejo muitos compatriotas dele a ser levados em todo sitio sem problemas.
    Agora eu mesmo sendo branco, já me aconteceu ser negado indo para a a Amadora, e duvido que tenha sido pela minha cor

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.