Pelo menos dez bombas da II Guerra Mundial escondidas em segredo sob Pompeia

Pelo menos dez bombas da II Guerra Mundial estarão sob as fundações de Pompeia, a antiga cidade romana a sul de Nápoles, em Itália, representando um “perigo devastador” para a região, escreve o jornal Il Fatto Quotidiano.

O diário italiano noticia que em agosto de 1943, durante a II Guerra Mundial, as forças aliadas largaram 165 bombas em Pompeia, a antiga cidade romana que ficou em cinzas depois da erupção do Vesúvio em 79 d.C.

Destas 165 bombas, escreve o Il Fatto Quotidiano citando documentos exclusivos do Arquivo Fotográfico Aéreo Nacional, 96 foram localizadas e desativadas, mas restam ainda bombas por detonar. “As outras bombas acabaram numa zona onde ainda não foram feitas escavações. Muitas das bombas foram desativadas ou já tinham explodido. Mas pelo menos 10 desses explosivos ainda estão [em Pompeia]”, pode ler-se.

A existência destas bombas subterrâneas em Pompeia era “um segredo inviolável até então”, afirmou o arqueólogo e professor da Universidade Suor Orsola Benincasa, em Nápoles, Antonio De Simone, que conhece bem as escavações levadas a cabo na área.

“Na minha experiência em Pompeia, encontrei bombas que não estavam indicadas no mapa, sob os nossos pés. Duas. Uma já tinha explodido, estava reduzida a fragmentos. A outra, infelizmente ainda não tinha explodido, estava completamente intacta“, descreveu Antonio De Simone em declarações ao jornal.

“É um risco”, acrescenta Antonio De Simone, dando conta que os especialistas conhecem o problema, mas sabem que este não é fácil de resolver”. As bombas não detonadas, contou o especialista , “estão em áreas do parque arqueológico ainda por escavar”, ao longo de 22 hectares. Tal como recorda o jornal espanhol ABC, o parque tem cerca de 66 hectares, 44 dos quais já foram escavados.

A direção do Parque Arqueológico já reagiu à notícia do Il Fatto, apontando que não há qualquer perigo para os turistas ou para as pessoas que trabalham na região. “Não há nenhum risco para profissionais que trabalham nas escavações ou para os turistas (…) O sítio tem elaborado regularmente um projeto de recuperação, que é levado a cabo por militares. A recuperação da área foi feita metro a metro”, explicou.

A antiga cidade romana foi sepultada sob uma camada espessa de cinzas vulcânicas, juntamente com a maioria dos seus habitantes que não conseguiram escapar de uma das maiores e mais mortíferas erupções vulcânicas da Europa. A erupção do Vesúvio em 79 d.C matou, segundo estimativas dos cientistas, mais 2000 pessoas.

Uma inscrição encontrada em outubro de 2018 sugeriu que Pompeia foi destruída depois do dia 17 de outubro de 79 d.C, apesar de a data tradicional apontar o dia 24 de agosto do mesmo ano. A cidade romana foi redescoberta no século XVI. As escavações começaram 200 anos depois da tragédia e continuam a decorrer nos dias de hoje.

Reconhecida como Património Mundial da UNESCO, Pompeia é uma das atrações turísticas mais procuradas em Itália, recebendo anualmente cerca de 2 500 000 visitantes.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Bombas com 80 anos já estão fora de prazo, segundo afirmação do nosso Ministro da Defesa, em relação as armas de Tancos.
    Pode ser que o Papa no Vaticano possa fazer um milagre???

RESPONDER

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …