Simone Biles: “Deveria ter desistido muito antes dos Jogos Olímpicos”

Graeme Jenning / EPA

Simone Biles na audição perante o Comité Judicial do Senado dos EUA

“Uma mulher preta tem que ser a melhor, as pessoas tentam menosprezar”, lamentou a multi-campeã olímpica de ginástica.

Simone Biles não conquistou qualquer medalha de ouro nos Jogos Olímpicos deste ano mas foi a atleta mais mencionada, por ter desistido de quase todas as provas em Tóquio e por ter admitido que foi a sua saúde mental a impedir a participação nesses eventos.

Quase dois meses depois de ter “saltado” para as capas dos jornais em quase todo o mundo, a jovem ginasta admitiu que deveria ter deixado de competir antes da realização destes Jogos Olímpicos.

“Se analisarmos tudo o que eu passei nos últimos sete anos, eu nunca deveria ter feito parte desta equipa olímpica. Eu deveria ter desistido muito antes de Tóquio, quando Larry Nassar apareceu nas notícias durante dois anos”, disse Simone em entrevista ao portal The Cut.

A atleta falava sobre Larry Nassar, antigo médico da selecção feminina de ginástica artística, que abusou sexualmente de crianças e de adolescentes, que queriam ser ginastas de topo nos Estados Unidos da América.

Entre 2017 e 2018, no meio de casos de pornografia infantil, de abuso sexual de menores e de agressão sexual, Nassar foi condenado a uma pena total de, no mínimo, 140 anos – e que se pode estender a 360 anos. Nunca sairá (vivo) da prisão.

“Foi muito. Mas eu não ia deixá-lo tirar de mim algo pelo qual eu trabalhei desde os meus seis anos de idade. Eu não iria deixá-lo tirar de mim toda aquela alegria. Por isso, empurrei o passado para trás o máximo que a minha mente e o meu corpo deixaram”, continuou Simone.

A ginasta ficou bloqueada durante os Jogos Olímpicos. Não conseguia ter noção de onde estava, enquanto fazia os seus movimentos no ar: “Fiquei mais e mais nervosa. Não senti a confiança que deveria sentir, depois de ter treinado o que treinei. Isto é algo que devo trabalhar pelos próximos 20 anos. Não importa o quanto eu tente esquecer. É um trabalho em andamento”.

Simone Biles falou também sobre o racismo que continua a notar: “Como uma mulher preta, temos de ser as melhores. Porque, mesmo quando quebramos recordes, as pessoas tentam menosprezar, como se fosse algo normal”.

  Nuno Teixeira, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Acho graça (sem graça) que esta gente só se lembre que foi violada, abusada e outras coisas, quando a sua carreira chega ao fim ou quase. Enquanto estão na mó de cima não se passou nada…estranho.
    Depois há outras que com uns dinheiritos (a “violada” pelo Ronaldo nos ) se calam, mas não vai ser para sempre porque quando a massa acabar vai voltar à carga!?

RESPONDER

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeita queixosos que queriam processar Vaticano por pedofilia

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) rejeitou esta terça-feira 24 queixosos que já tinham tentado perante tribunais belgas processar o Vaticano por atos de pedofilia cometidos por padres. O TEDH invocou em particular “a imunidade” …

Casa desaba em São Miguel devido a chuva forte mas sem fazer vítimas

Uma “casa antiga” ficou na última noite “totalmente destruída” na cidade de Ponta Delgada, nos Açores, devido à forte chuva que caiu em São Miguel, mas “os moradores não sofreram ferimentos”, disse esta terça-feira a …

O novo Super-Homem é bissexual e promete continuar a lutar para salvar o mundo

Revelação foi feita esta semana por Tom Taylor, autor da banda-desenhada que revelou não querer "desperdiçar" a oportunidade de conferir mais inclusão e representatividade à história. O novo Super-Homem, filho de Clark Kent e Lois Lane, …

Kim Jong-Un quer criar "exército invencível" para proteger a Coreia do Norte

Kim Jong-un promete construir um "exército invencível" face ao que diz serem políticas hostis dos Estados Unidos. Ainda assim, o líder norte-coreano garante que o país não procura “guerra com ninguém”. As declarações do líder da …

PSP da Figueira da Foz efetuou maior apreensão de droga em 20 anos

Cerca de 20 quilogramas (kg) de haxixe, quase 16 kg de liamba e cocaína para 3.395 doses foram apreendidos pela PSP da Figueira da Foz, na maior apreensão de droga em 20 anos. A droga apreendida …

Empresa alemã explodiu o seu próprio foguetão

A Rocket Factory Augsburg (RFA), uma startup alemã, terminou recentemente um teste de pressão criogénica destrutiva a um dos seus foguetões - o RFA One. A Rocket Factory Ausgburg realizou um teste a um dos seus …

Visitas hospitalares devem apresentar certificado digital ou teste negativo

Quem visitar um doente internado ou acompanhar um utente nos serviços do SNS vai ter de apresentar o certificado digital ou um resultado negativo de um teste à covid-19, segundo uma orientação da Direção-Geral da …

Medina renuncia a cargo de vereador para facilitar a vida a Moedas

Numa carta enviada à Assembleia Municipal, Fernando Medina afirma que a sua saída ajuda ao funcionamento do executivo municipal de Carlos Moedas, novo presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Depois de uma derrota inesperada na …

Resposta britânica à pandemia foi "dos maiores fracassos de sempre"

Um relatório do Parlamento britânico sobre a gestão pandémica no Reino Unido arrasa os esforços do executivo britânico no sentido de impedir a propagação do vírus no início da pandemia. Segundo a visão dos parlamentares, a …

PGR abre inquérito a caso de jovem agredido no Porto que acabou por morrer

A Procuradoria-Geral da República (PGR) abriu um inquérito para investigar o caso do rapaz de 23 anos que foi espancado na Baixa do Porto, na madrugada de domingo, e que acabou por morrer no hospital, …