//

Está explicado porque o famoso sorriso da Mona Lisa parece triste

Musée du Louvre / Wikimedia

Mona Lisa (p.), por Leonardo Da Vinci

A tristeza no sorriso da italiana Lisa Gherardini, a protagonista da famosa obra de arte de Leonardo da Vinci, pode ser explicada pela historia da sua vida pessoal.

Segundo o The Independent, o novo livro “Mona Lisa: The People and The Painting“, ou “Mona Lisa: As pessoas e a pintura“, em português, explica porque Lisa Gherardini, como se chamava na vida real a jovem retratada na pintura, tem uma expressão tão triste.

Os autores Martin Kemp e Giuseppe Pallanti foram atrás do passado da italiana e perceberam que a enigmática jovem viveu uma história familiar obscura.

De acordo com o jornal britânico, a dupla de autores explica que Gherardini tinha apenas 15 anos quando se viu obrigada a casar com Francesco del Giocondo, um comerciante rico de Florença que estava ligado a negócios sujos e que, inclusivamente, sacrificou a honra da italiana para garantir a sua posição na sociedade.

Kemp e Pallanti contam que o marido de “Mona Lisa” comprava escravas provenientes do norte de África que, depois de convertidas ao cristianismo, trabalhavam na residência dos Giocondo em Florença. No entanto, o grande número de mulheres sugere que nem todas podiam ficar nessa propriedade, pelo que Giocondo ganhava dinheiro a vendê-las.

Outro escândalo revelado pelo livro é que dois homens pertencentes à influente família dos Medici quiseram “tentar a honra” de Gherardini mas que esta sempre rejeitou todas as suas intenções. No entanto, o marido, com medo de ver em perigo os seus negócios e influência na cidade italiana, deu o seu apoio aos dois homens.

Depois deste incidente, apesar de ambos lhe assegurarem amizade, nas suas costas gozavam com Giocondo por ter dado tão grande demonstração de fraqueza. Lisa  passou os últimos anos num convento e morreu na obscuridade em julho de 1542.

A obra de arte inacabada de Da Vinci só a tornou famosa séculos depois. O famoso retrato encontra-se no Louvre, em Paris, museu que recebe milhões de visitantes de todo o mundo por ano, muitos com o único objetivo de a “ver pessoalmente”.

  ZAP // RT

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.