Descoberta nova serpente fantasma com olhos-de-gato em Madagáscar

Sara Ruane / LSU

Madagascarophis lolo, a serpente “fantasma” com olhos-de-gato

Uma equipa de cientistas internacionais descobriu uma nova espécie de serpente olhos-de-gato em Madagáscar. Só um espécimen foi encontrado e foi tão difícil detetá-la que os investigadores a denominaram de “fantasma”.

A Madagascarophis lolo – o nome científico atribuído a esta nova espécie de serpente de Madagáscar – foi descoberta em 2014, na altura da época das chuvas, quando este tipo de répteis são mais ativos.

Mas só depois de análises morfológicas efetuadas nos EUA, testes de comparação de ADN e contagem de escamas, foi possível concluir que se trata mesmo de uma nova espécie, revelam os investigadores no artigo publicado na revista Copeia.

A serpente tem uma cor cinzenta pálida e um comportamento tão esquivo e fugidio que levou os seus descobridores a chamarem-lhe fantasma – ou “lolo” em Malgaxe, a língua oficial de Madagáscar.

Este novo réptil pertence ao grupo de serpentes endémicas da ilha, as Madagascarophis ou olhos-de-gato, como são mais conhecidas, por terem pupilas verticais que caracterizam as espécies que são mais ativas durante a noite.

É uma serpente única na cor porque “nenhuma das outras Madagascarophis é pálida e nenhuma tem estes padrões distintivos”, explica a investigadora Sara Ruane, do Museu de Ciências Naturais da Universidade do Estado do Luisiana, nos EUA, ao Science Daily.

Sara Ruane / LSU

A “Madagascarophis lolo difere de todas as outras espécies de Madagascarophis, tendo uma cor de corpo cinzenta combinada com um padrão alternativo de manchas cinzentas pálidas, ao longo da coluna vertebral, e a presença de escamas pretas nas linhas de escamas vertebrais, dando a aparência de uma fina linha preta dorsal”, escrevem os autores no artigo científico.

A serpente “fantasma” foi descoberta no Parque Nacional de Ankarana, no norte de Madagáscar, uma área protegida, um dado que é ainda mais surpreendente para os investigadores e que vem reforçar a ideia de que ainda há “novas espécies” por descobrir na ilha, nomeadamente por haver “muitas regiões de difícil acesso e pouco exploradas”, conforme sustenta Sara Ruane.

“Foi muito duro. Deu muito trabalho, mas a recompensa foi grande. As serpentes são difíceis de encontrar, mesmo nas melhores circunstâncias. São bastante esquivas”, salienta.

A descoberta, liderada pela investigadora norte-americana, contou também com a participação de cientistas do Museu Americano de História Natural e da Universidade de Mahajunga, em Madagáscar.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …

Estado emprestou dois milhões à Cruz Vermelha para pagar salários

A Parpública SGPS emprestou dois milhões de euros ao Hospital da Cruz Vermelha, nomeadamente para fazer pagamento de salários. A Parpública SGPS, holding tutelada pelo Ministério das Finanças, libertou dois milhões de euros para permitir ao …