Desastres naturais mataram 22 mil pessoas e afectaram 100 milhões em 2015

Narendra Shrestha / EPA

-

Sobreviventes do sismo em Kathmandu, no Nepal, recebem atendimento no hospital

Um relatório divulgado esta quinta-feira pela ONU revela que os desastres naturais afectaram 100 milhões de pessoas e mataram mais de 22,7 mil no mundo em 2015.

O documento, preparado pelo Gabinete das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres, Unisdr, realça que quase 100 milhões de pessoas foram afectadas de alguma maneira por terremotos, furacões, enchentes, entre outros, ocorridos no ano passado.

Os especialistas revelam ainda que os prejuízos económicos com os desastres atingiram o valor de 58 mil milhões de euros em 2015.

O custo médio dos estragos e danos causados pelos desastres naturais é bem maior: 123 mil milhões de euros anuais.

Os países mais afectados foram a China, os Estados Unidos, a Índia, as Filipinas e a Indonésia.

Apesar dos números e valores altos, os resultados actuais mostram uma queda em relação aos dados registados há 10 anos.

Por exemplo, o número médio de mortes anuais em desastres naturais, na última década, é de 76,4 mil.

A excepção foi o ano de 2010, em que se registaram 295 mil mortes em desastres naturais – das quais, 220 mil no terramoto do Haiti.

Segundo a ONU, essa redução geral ocorreu, em parte, pela implementação de medidas de prevenção feitas pelos diferentes países.

O relatório cita o caso do México, durante o furacão Patrícia, o maior já registado até hoje, com ventos de 346 Km por hora.

O sistema mexicano de alarme precoce permitiu atempadamente proceder à evacuação massiva da população nas áreas atingidas pela tempestade.

Em contrapartida, o ano de 2015 foi o mais quente da história – aumento causado pelas alterações climáticas e pelo El Niño, realça o director do Unisdr, Robert Glasser.

Segundo Glasser, “a tendência que mais preocupa é a duplicação dos casos de seca no mundo”.

Mais de 50 milhões de pessoas foram atingidas de alguma forma por este problema no ano passado, o que representa um aumento de 40%.

As enchentes, por seu turno, afectaram 27,5 milhões de pessoas em 2015, por comparação comas mais de 81 milhões afectadas há uma década.

R-ONU

PARTILHAR

RESPONDER

Pentágono escolheu Microsoft para guardar os dados. Amazon contesta o contrato de 10 mil milhões de dólares

A Amazon anunciou esta sexta-feira que vai contestar a atribuição por parte do Pentágono de um contrato de armazenamento de dados 'online' (nuvem) no valor de 10 mil milhões de dólares à Microsoft. "Muitos aspetos do …

Queriam definir cidade à francesa, mas Marcelo não concordou e fez-se ouvir na Academia

A Academia Francesa apresentou, esta quinta-feira, ao Presidente português a nova definição da palavra cidade, mas Marcelo não esteve inteiramente de acordo, causando, segundo o próprio, um dos debates mais intensos dos mais de 350 …

Bolsonaro vai criar um partido "pobre, sem dinheiro, sem televisão". Quem for para lá, vai por amor

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na quinta-feira que os parlamentares que o acompanharem na mudança para o Aliança pelo Brasil, o seu novo partido, apenas o farão por amor, já que terá poucos recursos …

"Solução razoável". Marcelo promulga já aumento do salário mínimo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai promulgar já esta sexta-feira o diploma que estabelece um aumento do salário mínimo nacional para 635 euros em 2020, que considera "uma solução razoável, a pensar …

Filósofo francês diz aos homens para violarem mulheres. "Eu violo a minha todas as noites"

O filósofo e escritor francês Alain Finkielkraut afimrou na quarta-feira, durante um programa da TF1 sobre casos de violação divulgados pelos media, que diz aos homens para violarem as suas mulheres. "Eu violo a minha …

Ex-administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da SATA

O antigo administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da transportadora aérea açoriana SATA, informou hoje o executivo regional. "O presidente do Governo [Regional], Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa o nome de Luís …

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …