Desastres naturais mataram 22 mil pessoas e afectaram 100 milhões em 2015

Narendra Shrestha / EPA

-

Sobreviventes do sismo em Kathmandu, no Nepal, recebem atendimento no hospital

Um relatório divulgado esta quinta-feira pela ONU revela que os desastres naturais afectaram 100 milhões de pessoas e mataram mais de 22,7 mil no mundo em 2015.

O documento, preparado pelo Gabinete das Nações Unidas para a Redução do Risco de Desastres, Unisdr, realça que quase 100 milhões de pessoas foram afectadas de alguma maneira por terremotos, furacões, enchentes, entre outros, ocorridos no ano passado.

Os especialistas revelam ainda que os prejuízos económicos com os desastres atingiram o valor de 58 mil milhões de euros em 2015.

O custo médio dos estragos e danos causados pelos desastres naturais é bem maior: 123 mil milhões de euros anuais.

Os países mais afectados foram a China, os Estados Unidos, a Índia, as Filipinas e a Indonésia.

Apesar dos números e valores altos, os resultados actuais mostram uma queda em relação aos dados registados há 10 anos.

Por exemplo, o número médio de mortes anuais em desastres naturais, na última década, é de 76,4 mil.

A excepção foi o ano de 2010, em que se registaram 295 mil mortes em desastres naturais – das quais, 220 mil no terramoto do Haiti.

Segundo a ONU, essa redução geral ocorreu, em parte, pela implementação de medidas de prevenção feitas pelos diferentes países.

O relatório cita o caso do México, durante o furacão Patrícia, o maior já registado até hoje, com ventos de 346 Km por hora.

O sistema mexicano de alarme precoce permitiu atempadamente proceder à evacuação massiva da população nas áreas atingidas pela tempestade.

Em contrapartida, o ano de 2015 foi o mais quente da história – aumento causado pelas alterações climáticas e pelo El Niño, realça o director do Unisdr, Robert Glasser.

Segundo Glasser, “a tendência que mais preocupa é a duplicação dos casos de seca no mundo”.

Mais de 50 milhões de pessoas foram atingidas de alguma forma por este problema no ano passado, o que representa um aumento de 40%.

As enchentes, por seu turno, afectaram 27,5 milhões de pessoas em 2015, por comparação comas mais de 81 milhões afectadas há uma década.

R-ONU

PARTILHAR

RESPONDER

"Estranhos sintomas" que afligiam diplomatas em Cuba podem ter sido causados por pesticidas

A misteriosa origem dos estranhos sintomas (entre eles, zumbidos, tonturas, náuseas, perdas de audição e de memória e outras dificuldades cognitivas) que afligiram diplomatas canadianos e norte-americanos em Cuba entre 2016 e 2018 dever-se-á a …

Testes rápidos ao VIH já podem ser feitos em casa

A partir da próxima semana vai ser possível comprar nas farmácias autotestes ao vírus da SIDA para fazer em casa. Os resultados demoram apenas 15 minutos. As farmácias portuguesas vão começar a vender, a partir da …

Polícia dispara balas de borracha sobre manifestantes em Hong Kong

A polícia disparou no domingo balas de borracha em confrontos com manifestantes pró-democracia, em Hong Kong, perto de um centro comercial no qual causaram distúrbios. Pelo décimo sexto fim de semana de mobilização, milhares de manifestantes …

Portugal já paga juros mais baixos que Itália e Espanha, diz Costa

"Todos em Portugal estão hoje a viver melhor do que viviam há quatro anos", afirmou António Costa, durante uma ação de campanha do PS. António Costa disse, este domingo, que Portugal já está a pagar a …

Os últimos cinco anos foram os mais quentes de sempre

Um relatório das Nações Unidas revelou que, entre 2015 e 2019, foram atingidos níveis históricos. Desde 1850, as temperaturas aumentaram 1,1ºC. O período entre 2015 a 2019 é o mais quente alguma vez registado, indicou este …

Duarte Lima perde último recurso e deve ser julgado pela morte de Rosalina Ribeiro em Portugal

O Supremo Tribunal brasileiro indeferiu um novo recurso de Duarte Lima que assim está mais próximo de ser julgado em Portugal, pelo homicídio de Rosalina Ribeiro, em Maricá, em 2009. Ao recurso extraordinário, interposto de uma …

Governo britânico cumprirá decisão do Supremo sobre suspensão do Parlamento

O Governo britânico cumprirá a decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido sobre a legalidade ou ilegalidade da suspensão do Parlamento, uma decisão que deverá ser anunciada esta semana. A garantia foi dada este domingo à …

Bancos vendem créditos à habitação a Fundos de Investimento (e é "dramático" para muitas famílias)

Estão a chegar à DECO cada vez mais pedidos de ajuda de famílias que viram os seus créditos à habitação serem adquiridos aos Bancos por Fundos de Investimento e que estão a ser pressionadas para …

BE fará uma campanha "sem energia perdida, palavras ocas ou provocações"

Um partido que pretende ao mesmo tempo trilhar um "caminho de alternativa" e "caminhos de convergência". Assim definiu Catarina Martins a orientação do Bloco de Esquerda (BE) na campanha eleitoral. Ao discursar num almoço com agentes …

Jornalistas não podem ser condenados por violação de segredo de justiça, defende Costa

No primeiro dia da campanha eleitoral para as eleições legislativas de 06 de outubro, António Costa, primeiro-ministro e líder do PS, deu uma entrevista à CMTV e aproveitou para mostrar divergências em relação a Rui …