Deputado do PSD de Viana do Castelo investigado em dois processos pelo Ministério Público

António Cotrim / Lusa

O deputado do PSD eleito no domingo por Viana do Castelo Eduardo Teixeira está a ser investigado em dois processos que correm no Ministério Público (MP) daquela comarca, informou esta quinta-feira fonte judicial.

Para além da já noticiada queixa-crime avançada pelo advogado Jorge Nande contra “incertos”, narrando factos imputados ao deputado social-democrata, sobre alegadas presenças simultâneas no parlamento e na câmara entre 2013 e 2015, Eduardo Teixeira foi alvo de uma denúncia anónima.

A mesma fonte judicial referiu que um dos casos é uma “denúncia anónima” contra o deputado, formalizada no dia 3 de outubro, cerca das 17h, através do endereço eletrónico do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Viana do Castelo. Aquela fonte acrescentou que a denúncia foi “distribuída” no dia 4 de outubro, com o número 3.095/19.0 T9VCT, sem classificação.

À Lusa, o advogado Jorge Nande afirmou esta quinta-feira que a queixa-crime contra incertos que apresentou, foi enviada, no dia 4, cerca das 18h, por correio eletrónico para o DIAP de Viana do Castelo, tendo sido “distribuída, na quarta-feira dia 9 de outubro, com o número 3.158/19.1 T9 VCT, tendo sido classificada como alegada corrupção e afins”.

A fonte judicial esta quinta-feira contactada pela Lusa afirmou que os dois processos estão nas mãos da mesma procuradora do MP.

Contactado pela Lusa, Eduardo Teixeira, que é também presidente da concelhia do PSD de Viana do Castelo, disse não ter conhecimento de nenhum dos dois casos e que não faz comentários sobre denúncias anónimas.

“A queixa-crime é contra terceiros, não é contra mim. Estou perfeitamente tranquilo porque o assunto foi amplamente conhecido na época. As tentativas criadas para dificultarem o cumprimento do meu mandato. Seis anos depois, levantarem-se esta dúvidas lá terão as suas razões particulares e, pelos vistos, políticas. Não têm é nenhum fundamento”, frisou.

Eduardo Teixeira exerceu um primeiro mandato como deputado na Assembleia da República entre 2011 e 2015, tendo sido eleito vereador (da oposição) na Câmara de Viana do Castelo para o mandato 2013-2017.

Na terça-feira, as alegadas presenças simultâneas no parlamento e na Câmara de Viana do Castelo, entre 2013 e 2015, do então deputado do PSD e vereador Eduardo Teixeira, foram alvo de requerimentos apresentados pelo advogado autor da queixa.

Na participação que corre no DIAP de Viana do Castelo, Jorge Nande aponta que “das atas das reuniões camarárias, em confronto com as listas de presenças de deputados na Assembleia da República, resulta que, pelo menos nos dias 5 e 12 de dezembro de 2013, 23 de janeiro, 6 e 20 de 26 de fevereiro, 6 de março, 3 e 16 de abril, 29 de maio e 26 de junho, assim como em 20 de novembro de 2014, 8 de janeiro, 5 de fevereiro, 16 de abril e 28 de maio, 2015, Eduardo Teixeira conseguiu estar presente, em simultâneo, nas reuniões do órgão câmara municipal, no Passeio das Mordomas da Romaria, em Viana do Castelo, e no Palácio de São Bento, em Lisboa”.

Segundo o documento, “tal facto, que consta de documentos públicos autênticos, poderá ser indiciador da prática de um crime continuado, ou vários crimes de falsificação de documentos ou falsidade informática”.

As alegadas presenças simultâneas no parlamento e na Câmara de Viana do Castelo foram terça-feira alvo de requerimentos ao Parlamento e à câmara de Viana pelo advogado autor da queixa.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

IP diz que "situação técnica complexa" impediu instalação de sistema CONVEL

A Infraestruturas de Portugal justificou, esta segunda-feira, a não instalação do sistema de controlo automático de velocidade nos veículos de conservação de catenária (VCC) com "uma situação muitíssimo complexa do ponto de vista técnico" que …

Bruno Fernandes eleito jogador do mês de julho em Inglaterra

O médio do Manchester United foi eleito pela Associação de Futebolistas Profissionais (PFA) o melhor jogador da Liga inglesa em julho, prémio que o internacional português já tinha arrecadado em junho. Bruno Fernandes, que chegou aos …

MP acusa Agostinho Branquinho de aceitar suborno de 225 mil euros

O Ministério Público (MP) acusa o antigo deputado social-democrata de receber "pelo menos 225 mil euros" para influenciar decisores da Câmara de Valongo a aceitarem a violação de normas urbanísticas na obra de um hospital …

Mário Silva é o novo treinador do Rio Ave

O Rio Ave oficializou, esta segunda-feira, a contratação do treinador Mário Silva, que assinou um contrato válido para as próximas duas temporadas. Mário Silva, de 43 anos, que estava nos espanhóis do Almería, regressa a Portugal …

Governo assegura que diminuição dos casos não decorre de menos testes

O secretário de Estado da Saúde assegurou, esta segunda-feira, que a diminuição dos novos casos de infeção, registada nos últimos dias, não decorre de uma quebra no número de testes realizados. "Na semana que findou, Portugal …

Dívida pública desceu em junho para 259,8 mil milhões de euros

A dívida pública fixou-se em 259,8 mil milhões de euros em junho, menos 4,6 mil milhões de euros do que em maio e mais 8317 milhões de euros face a junho de 2019, segundo o …

Vox quer Armada Espanhola a controlar embarcações de imigrantes

O partido espanhol de extrema-direita Vox pediu esta segunda-feira ao Governo que mobilize a Armada Naval para fazer face ao aumento do número de embarcações com imigrantes que chegam à costa espanhola. Segundo a agência EFE, citada …

Liga Portugal abre inquérito à SAD do Feirense

A Liga vai solicitar a abertura de um processo de inquérito ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), devido à ligação do detentor maioritário da SAD do Feirense a uma casa de …

Morreu John Hume, artífice da paz na Irlanda do Norte

O político da Irlanda do Norte, Prémio Nobel da Paz e artífice da reconciliação na província britânica marcada por décadas de conflito morreu, esta segunda-feira, aos 83 anos, anunciou a família. "John Hume morreu de madrugada na …

OMS admite que pode nunca vir a existir "uma panaceia" contra a covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, esta segunda-feira, que talvez nunca venha a existir "uma panaceia" contra a pandemia de covid-19, apesar das investigações em curso que procuram conseguir uma vacina contra a doença. "Não …