Deputado austríaco apresenta demissão após acusação de assédio sexual

Die Grünen / Wikimedia

O deputado austríaco Peter Pilz

O deputado austríaco Peter Pilz, ex-líder dos Verdes, que chegou ao Parlamento no mês passado com o seu próprio partido, anunciou este sábado que vai renunciar ao mandato por acusações de assédio sexual, apesar de rejeitar que as mesmas tenham fundamento.

Peter Pilz anunciou numa conferência de imprensa que não vai iniciar o mandato para o qual foi eleito em outubro, mas que irá apoiar “desde fora” o seu partido, a Lista Peter Pilz, que fundou em julho, depois de se separar do partido Os Verdes, do qual era co-fundador.

Segundo detalha a rede pública austríaca ORF, uma funcionária dos Verdes tinha acusado Pilz em 2016 de assédio sexual em 40 ocasiões, levando o caso a um comité interno do partido.

A direção dos Verdes confirmou que houve um caso que “cumpria as características de assédio”, mas que resultou num acordo de silêncio por desejo da mulher afetada, enquanto Pilz acusa o seu antigo partido de não ter esclarecido as acusações, que qualificou de “invenções”.

A revista austríaca Falter acrescenta mais um elemento, ao assegurar na sua edição digital deste sábado que o político tocou de forma inapropriada numa trabalhadora de outro partido durante um fórum político em 2013.

Pilz disse hoje na conferência de imprensa não se lembrar desse caso mas estar disposto a assumi-lo “se houver duas testemunhas” do incidente.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Bill Gates é o homem mais admirado do mundo. Ronaldo também está na lista

O cofundador da Microsoft já não é o homem mais rico do mundo, mas continua a ser o mais admirado. Cristiano Ronaldo é o 7.º. Na semana passada, Bill Gates perdeu o lugar que ocupava há …

Volvo vai chamar à oficina mais de 500 mil carros até ao fim do ano

O problema detetado no motor dos carros poderá afetar os automóveis a diesel de quatro cilindros, construídos entre 2014 e 2019, nas marcas V40, o V60, V70, S80 e XC60. A Volvo retirou cerca de 70 …

A baunilha é mais cara do que a prata (e há já quem mate pelo "ouro verde")

A baunilha, que era vendida em 2015 por cerca de 90 euros o quilograma, disparou no ano passado para 535 euros, ultrapassando assim o valor da prata. Esta subida que quase sextuplicou o valor da …

"Nova Expo". 300 milhões para requalificar zona ribeirinha entre Pedrouços e Cruz Quebrada

O projeto que vai requalificar a zona ribeirinha entre Pedrouços e Cruz Quebrada conta com um investimento de 300 milhões de euros. À zona ocidental de Lisboa já lhe chamam de "nova Expo". A zona ribeirinha …

Descoberta imensidão de tesouros arqueológicos ao largo da Galiza. São mais de 1.600 objetos

Trabalhos de arqueologia subaquática ao largo das costas galegas permitiram descobrir nas últimas três décadas um total de 1600 objetos arqueológicos. As peças afundaram-se ao longo dos séculos durante inúmeros naufrágios e ali se foram acumulando. …

27 anos depois, Clã anunciam saída de dois elementos

Mais de um quarto do século após a sua formação, a banda do Porto vê dois dos seus elementos fundadores partirem. Os Clã anunciaram a saída de dois dos seus elementos através de um comunicado publicado …

Reduzir o uso de ar condicionado pode ajudar a salvar vidas

Há muitas pessoas a precisar da ajuda preciosa do ar condicionado para sobreviver a temperaturas cada vez mais altas. Contudo, aquele que pensamos ser o nosso maior aliado pode ser, na verdade, o nosso pior …

Porto vai ter policiamento gratificado em "zonas particularmente sensíveis"

Rui Moreira diz que nos últimos 20 anos não houve investimento na polícia e afirma que o espaço público "não pode ser apropriado por gangues". O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, anunciou esta segunda-feira …

Altos níveis de ferro associados a um menor risco de doença cardíaca

Diferentes níveis de ferro podem ter efeitos dispares na nossa saúde. Uma equipa de cientistas descobriu uma associação entre altos níveis de ferro e um menor risco de doença cardíaca. A tarefa não foi propriamente fácil …

Quénia. Ministro das Finanças preso por suborno e fraude

O Ministro das Finanças do Quénia, Henry Rotich, e vários funcionários do seu ministério foram presos esta segunda-feira por suborno e fraude num projeto de construção de duas barragens que envolve milhões de dólares. Em declarações …