Demitido o “bizarro” gestor hospitalar condenado pelos crimes que combatia

O ex-administrador do hospital público de Macau que, na semana passada, foi condenado no território por burla, foi agora afastado do seu cargo em Portugal, onde trabalhava para a Administração Central do Sistema de Saúde num grupo de trabalho que combate burlas hospitalares.

A saída de Rui Sá, que no último ano e meio liderava o Grupo de Trabalho de Combate às Irregularidades Praticadas nas Áreas do Medicamento e dos Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica, foi avançada pela Rádio Renascença.

Rui Sá foi condenado, em Macau, a um ano e seis meses de prisão, com pena suspensa, por burla através de receitas falsas, no valor equivalente a cerca de 16 mil euros.

À data dos acontecimentos — entre Maio de 2011 e Abril de 2012 — era administrador-geral no Centro Hospitalar Conde de São Januário, e obteve, segundo a sentença do Tribunal Judicial de Base, citada pelo jornal local Ponto Final, “fármacos avaliados em quase 16 mil euros, conseguidos através de 70 consultas, divididas entre dois pacientes e distribuídas por dois médicos em menos de um ano”.

O tribunal entendeu, no entanto, que os médicos, Rui Furtado, presidente da Associação de Médicos de Língua Portuguesa, e António Martins, “foram enganados” por Rui Sá.

O levantamento dos medicamentos — para o tratamento de insónias, Alzheimer e doenças mentais — foi feito em nome de duas pessoas que garantiram em tribunal que “nunca foram a estes médicos nem pediram ao arguido ou a alguém para lhes arranjar medicamentos, nem nunca os tomaram”.

O tribunal considerou que Rui Sá “levou o hospital a acreditar” que estas duas pessoas “eram pacientes com doenças crónicas” e “pedia aos dois médicos para prescreverem medicamentos como se fossem para estes”.

O caso foi denunciado pela Divisão de Farmácia Hospitalar, desencadeando um processo interno em Maio de 2012 que levou ao despedimento de Rui Sá por justa causa.

Após abandonar Macau, Rui Sá regressou a Portugal e foi convidado a representar a Administração Central do Sistema de Saúde num grupo de trabalho que tinha como objectivo estudar o combate a esse tipo de fraudes.

A RR questionou o Ministério da Saúde sobre esta situação, que garante ter sido “apanhado de surpresa”. Na sequência do caso, o Ministério “decidiu afastar Rui Sá”, o que terá acontecido esta quinta-feira.

Tanto o Ministério como a Administração Central do Sistema de Saúde consideram, nas palavras de uma fonte contactada pela RR, “inadmissível, ou até bizarro que Rui Sá pudesse estar envolvido na prevenção exactamente dos mesmos crimes pelos quais acaba de ser condenado”.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Olá ANA B. Desta vez estou totalmente de acordo. No entanto deixe-me acrescentar ao seu VIGARISTAS o meu MALABARISTAS. Já agora: quando se contratam pessoas para um cargo público, não deve ser feita uma avaliação??? Tenho a impressão que que, mais uma vez, há compadrios mas . . .

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …