Degelo é alerta “apocalíptico” para novo evento de extinção em massa na Terra

-

As razões daquele que é considerado o pior evento de extinção em massa da Terra, que ocorreu há 250 milhões de anos, não estão totalmente esclarecidas, mas um novo estudo reforça o papel do aquecimento global nesse acontecimento e alerta para os riscos de voltar a suceder o mesmo, na nossa era.

Há várias teorias sobre o que provocou o grande evento de extinção em massa que aniquilou cerca de 90% das espécies da Terra, há 250 milhões de anos, passando pela queda de um meteorito até mega-erupções vulcânicas.

Mas uma nova investigação levada a cabo por cientistas de Canadá, Itália, Alemanha e EUA apurou que afinal, foi tudo culpa do aquecimento global.

Este estudo publicado no jornal Palaeoworld salienta que, na altura, durante o chamado período Permiano, o aquecimento global generalizado do planeta levou as temperaturas médias a chegarem aos 29 graus centígrados, enquanto actualmente, rondam os 15 graus.

Esta pesquisa considera que erupções vulcânicas verificadas no fim do Permiano provocaram o aumento do dióxido de carbono no ar, o que levou ao aumento das temperaturas em 8 graus centígrados.

Isto provocou que grandes quantidades de metano que se encontravam no permafrost, ou pergelissolo, ou seja, o tipo de solo permanentemente gelado que se encontra no Ártico, e no leito do mar se fundissem, provocando o aumento das temperaturas até níveis “letais para a maioria da vida na terra e nos oceanos”, consideram os investigadores.

“Com base em medições de gases presos na calcite [mineral] biogénica e abiogénica, a libertação de metano (de 3%-14% do total C) do permafrost e do metano hidratado [o seu estado gelado] dos sedimentos marinhos é considerada a última fonte e causa da mudança dramática para a vida do aquecimento global” que se observou no fim do período Permiano, atesta-se no estudo.

“O aquecimento global despoletado pela libertação massiva de dióxido de carbono pode ser catastrófico, mas a libertação de metano hidratado pode ser apocalíptica“, consideram os mesmos cientistas.

Isto significa que se a emissão de dióxido de carbono cumpriu um papel importante no grande evento de extinção em massa, foi o degelo que deveras, foi protagonista para aquele desfecho, conclui esta pesquisa.

Os cientistas concluem, deste modo, que a história do fim do Permiano “abarca uma importante lição para a humanidade“, especialmente no capítulo das emissões de gases com efeitos de estufa, do aquecimento global e das alterações climáticas, assuntos que nos são tão caros na actualidade.

E se há cientistas que encaram esta investigação intitulada “Hidrato de Metano: a causa fatal da maior extinção em massa da Terra” como demasiado fatalista, há também quem reconheça que estamos perante uma “ameaça muito real e muito séria” e que “tem sido desvalorizada pelo Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas”, como reconhece o professor Peter Wadhams, director do Grupo de Física do Oceano Polar da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

Em declarações ao jornal The Independent, Wadhams considera que “se houver uma libertação grande de metano, que é agora possível devido à instabilidade dos hidratos de metano por baixo dos sedimentos continentais árcticos, isso poderá, facilmente, dar origem a um impulso muito grande” nos níveis de temperatura do planeta, com as inerentes consequências indesejadas em termos de aquecimento global.

Com “uma libertação de 50 giga-toneladas, cerca de 8% do metano hidratado”, verificar-se-ia uma subida imediata de “0,6° C de aquecimento global, o que é de facto um muito grande impulso”, alerta Wadhams.

Sérios avisos que não podem deixar a comunidade científica, nem os governos mundiais indiferentes, tanto mais quando o gelo nos pólos atingiu o valor mais baixo de sempre, desde que há registos.

SV, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

China. Cientistas testam vacina contra a SIDA em seres humanos

Um grupo de cientistas chineses vai testar uma vacina "duradoura" contra o vírus da sida, em 160 voluntários, na primeira vez que uma vacina deste género atinge a segunda fase de testes, segundo a imprensa …

Empresa de Sérgio Ramos multada em 250 mil euros por cortar dezenas de árvores ilegalmente

A cidade de Alcobendas, em Espanha, decidiu em sessão plenária extraordinária multar a empresa Aguileña de Inversiones SA, veiculada ao futebolista Sérgio Ramos, em 250.000 euros devido ao abate ilegal de dezenas de árvores. Segundo escreve a …

Postal enviado de Hong Kong em 1993 chegou aos Estados Unidos esta semana

Uma norte-americano recebeu, esta semana, um postal oriundo de Hong Kong e datado de 1993 em perfeitas condições de preservação. Agora, falta encontrar os verdadeiros destinatários. Tal como conta a emissora norte-americana CNN, a mulher, Kim …

Além de programas e subscritores, Netflix está a perder (sobretudo) confiança

A Netflix apresentou, neste segundo semestre do ano, um crescimento global aquém das expectativas e, pela primeira vez, assistiu a uma perda de subscritores naquele que é o seu principal mercado. Estes resultados não agradaram …

Criança descobre fóssil de crocodilo gigante pré-histórico que habitou Amazónia

O rapaz de onze anos estava a pescar com o pai, nas margens brasileiras do rio Acre, quando descobriu a mandíbula de um crocodilo gigante pré-histórico que habitou a Amazónia há oito milhões de anos. Uma …

Protestos, detidos e estado de emergência. Um super-telescópio está a agitar o Havai

Centenas de manifestantes estão reunidos, na base da montanha Mauna Kea, no Havai, para contestar a construção no seu pico de um super-telescópio, avaliado em mil milhões de dólares. Segundo o Washington Post, os anciãos havaianos, conhecidos …

A Brienne de A Guerra dos Tronos propôs-se a um Emmy. E conseguiu a nomeação

A atriz Gwendoline Christie, que interpreta a cavaleira Brienne of Tarth em A Guerra dos Tronos, propôs-se a um Emmy depois de a produtora HBO não a ter indicado para os maiores prémios da televisão. Christie …

Espiões nos recreios das escolas para ver se as crianças falavam Catalão

O Governo regional da Catalunha autorizou que elementos de uma organização não governamental se introduzissem nos recreios das escolas para aferirem se as crianças e os professores falavam Catalão ou Espanhol. A iniciativa foi levada a …

Bill Gates já não é o segundo homem mais rico do mundo

O fundador da Microsoft, Bill Gates, já não é o segundo homem mais rico do mundo. Segundo o ranking elaborado pela Bloomberg, o empresário foi destronado pelo francês Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos …

Passageira tenta abrir porta do avião em pleno voo e obriga piloto a aterrar de emergência

Uma passageira que se comportou de forma agressiva e descontrolada durante um voo que seguia de Londres para a Turquia obrigou o piloto a regressar ao aeroporto de Stansted, escoltado por dois jatos militares. O incidente …