Darwin Núñez em atraso. Exigências de última hora e o envolvimento de Paulo Gonçalves

(dr) UD Almería

Darwin Núñez, jogador do UD Almería.

A contratação de Darwin Núñez ao Almería está por um fio e a apresentação do jogador foi adiada devido a divergências entre os clubes envolvidos e a uma exigência de última hora do empresário do jogador.

A notícia foi avançada pelo jornal desportivo A BOLA. A apresentação formal do uruguaio estava prevista acontecer esta quinta-feira, à tarde, no centro de estágio do Seixal. O jogador deverá ser apresentado hoje, afiança o SL Benfica.

O atraso é justificado por uma divergência relativa ao Mecanismo de Solidariedade da FIFA obriga ao pagamento de verba a rondar um milhão de euros. Normalmente, este valor é assumido pelo clube vendedor, mas o Almería reclamava que a responsabilidade pertencia aos benfiquistas.

O negócio ficou fixado nos 24 milhões de euros, mas caso o emblema da Luz tenha de pagar ao Peñarol e ao Carbonero, os dois clubes da formação do avançado de 21 anos, o acordo será feito por 25 milhões de euros. O Almería fica ainda com uma cláusula de 20% da próxima transferência de Núñez.

Por sua vez, o jornal Record oferece outra justificação para a demora em selar o acordo. Em causa estarão exigências de última hora do empresário do atleta, Edgardo Lasalvia, que solicitou uma comissão superior aos 10% normalmente cobrados. Assim, o agente do jogador quer mais do que os 2,4 milhões de euros previstos.

Os dirigentes encarnados acreditam que este entrave de última hora poderá ser ultrapassado com bom senso, escreve o diário desportivo.

Outro dos aspetos que está a gerar polémica é o envolvimento de Paulo Gonçalves no negócio. O ex-assessor jurídico da SAD benfiquista foi um dos emissários enviados pelo Benfica para entrar em conversações com o jogador, clube e agente.

Em declarações ao MaisFutebol, Paulo Gonçalves confirmou o seu envolvimento. “Confirmo que apresentei o jogador, com o seu empresário, na época passada. Fui informado, já esta época, pelo empresário do Darwin, que o Benfica estava interessado no jogador e que o Benfica contactou diretamente o Almería. Confirmo que represento os interesses do jogador e do empresário”, explicou.

Em reação, João Noronha Lopes, candidato às eleições presidenciais do Benfica, falou numa “coincidência preocupante”.

“Passaram dois anos desde que Paulo Gonçalves deixou o departamento jurídico da SAD para preparar a sua defesa. Mandaria o bom senso – e um mínimo de responsabilidade institucional – que os implicados neste caso optassem por conservar alguma distância nos cargos que desempenham. É por isso espantoso que os negócios do Benfica se continuem a cruzar com os de Paulo Gonçalves, quase sempre em circunstâncias que o comum dos benfiquistas é incapaz de compreender. No mínimo, é uma coincidência preocupante, e continua a causar danos reputacionais”, disse, em comunicado.

“Precisamos urgentemente de pôr fim a este ciclo e dar lugar a novos protagonistas. É o que farei”, acrescentou Noronha Lopes.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rússia garante que não haverá guerra com Ucrânia. EUA desconfiam e prometem consequências

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, descartou este domingo a possibilidade de uma guerra com a Ucrânia, depois de Kiev ter manifestado preocupação com o reforço de tropas russas nas suas fronteiras. “Ninguém está a embarcar …

Inspetores do SEF rejeitam extinção sem aval do Parlamento (e dizem estar em causa o Espaço Schengen)

O sindicato dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) rejeitou este domingo a extinção daquele organismo sem a aprovação formal da Assembleia da República e considerou que está em causa a permanência de …

Testes rápidos registaram maior número de sempre. APED defende venda nos super e hipermercados

O recurso a testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 7 de abril, com mais de 34 mil realizados nesse dia, segundo dados do Instituto …

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …