Daqui a 200 anos, os humanos serão ciborgues

No futuro os seres humanos vão transformar-se em ciborgues perfeitos. É o que defende um professor universitário que acredita que, nos próximos 200 anos, vai ocorrer “a maior evolução da biologia desde o aparecimento da vida”.

Yuval Noah Harari, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém, considera que os seres humanos vão evoluir para uma quase nova espécie que será constituída por “ciborgues semelhantes a Deus“, conta o jornal Telegraph.

A publicação falou com o professor a propósito do seu livro “Sapiens: Uma breve História da Humanidade” [no original “Sapiens: A Brief History of Humankind”].

Para este investigador israelita “é possível que nos próximos 200 anos ou por aí, os homo sapiens venham a melhorar-se no sentido de uma ideia de um ser divino, seja através da manipulação biológica ou da engenharia genética, criando ciborgues, em parte orgânicos, em parte não-orgânicos”, conforme cita o Telegraph.

O professor universitário acredita que os humanos com dinheiro não vão conseguir resistir à possibilidade de fazerem o que se pode chamar um “upgrade” nos seus corpos, logo que a tecnologia o permita.

“Estamos programados para estarmos insatisfeitos. Mesmo quando os humanos conseguem prazeres e realizações, não é suficiente. Querem sempre mais e mais”, constata para justificar a sua ideia.

Será a maior evolução da biologia desde o aparecimento da vida. Nada mudou realmente em quatro biliões de anos, falando biologicamente. Mas seremos tão diferentes dos homens actuais como os chimpazés são diferentes de nós agora”, vaticina Yuval Noah Harari.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-ministro francês François Bayrou acusado de cumplicidade na apropriação de fundos

O ex-ministro francês François Bayrou, dirigente centrista e próximo de Emmanuel Mácron, foi acusado na sexta-feira por "cumplicidade na apropriação indevida de fundos públicos" no caso dos assistentes parlamentares do seu partido. A acusação, "anunciada antecipadamente …

"Profundamente envergonhada", Merkel visitou Auschwitz pela primeira vez

A chanceler alemã, Angela Merkel, visitou esta sexta-feira pela primeira vez o campo de concentração e extermínio de Auschwitz-Birkenau num "sinal de reconciliação com os judeus e o estado de Israel", considera o historiador René …

Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que "adulteraram a oferta do parque", o que defraudou "um conjunto alargado de pessoas". Em causa …

Menino de 5 anos convidou todos os colegas do infantário para assistir à sua adoção

Um menino de cinco anos de Michigan, nos Estados Unidos, convidou a sua turma do infantário para testemunhar à sua adoção legal. A criança, identificada como Michael, foi adotada formalmente pela sua nova família na passada …

TDT vai mudar de frequência (outra vez)

A frequência da Televisão Digital Terrestre (TDT) está a ser alterada de forma faseada, o que significa que os portugueses que usem este serviço gratuito de televisão têm de sintonizar novamente os seus recetores e/ou …

Ruas de Águeda entre as "mais bonitas do mundo" para a CNN

As ruas do centro de Águeda, no distrito de Aveiro, decoradas com guarda-chuvas estão entre as 21 mais bonitas de mundo para a emissora norte-americana CNN. A distinção é avançada pelo jornal Público, que dá …

Hospitais vão poder pagar mais a médicos para garantir urgências no Natal

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo. De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Médicos, Noel Carrilho, …

Jovem que abandonou bebé no lixo esteve 13 anos institucionalizada em Cabo Verde

A jovem que abandonou o filho recém-nascido no lixo, em Lisboa, esteve institucionalizada durante 13 anos em Cabo Verde. A sua mãe está agora a lutar pela guarda da criança. Numa entrevista ao programa Sexta às …

Último debate. Boris defendeu o Brexit e Corbyn falou da Saúde (pelo menos 15 vezes cada um)

No debate televisivo, transmitido pela BBC, o último antes das eleições da próxima quinta-feira, Boris Johnson defendeu que é o melhor preparado para concretizar o Brexit e terminar com o impasse no processo, prometendo ainda …

No São José, há um doente numa cama 9 meses depois de ter alta. Não tem para onde ir

O Centro Hospitalar Lisboa Central tem diariamente uma média de 70 camas ocupadas com doentes que já deviam ter saído do hospital e há atualmente um caso que espera há nove meses por uma solução. Em …