Mulher que doou os seus órgãos transmitiu cancro a 4 pessoas

Quatro pessoas que receberam órgãos do mesmo doador desenvolveram posteriormente cancro da mama, revelou um novo estudo. O caso, que remota a 2007, representa uma situação extremamente rara.

Rins, pulmões, fígado e coração foram retirados de um mesmo dador para serem implantados em quatro recetores diferentes e todos acabaram por ter cancro da mama depois da operação, segundo um estudo publicado em abril no American Journal of Transplantation.

Os quatro doentes desenvolveram metástases e três acabaram por morrer. O quarto doente conseguiu sobreviver depois de os médicos terem voltado a remover um dos rins doados e após ser submetido a múltiplos tratamentos.

A dadora, uma mulher holandesa de 53 anos que morreu na sequência de um ataque cerebral em 2007, não tinha nenhum problema médico conhecido, nem muito menos lhe foi diagnosticado qualquer tumor maligno nos seus órgãos.

O autor do estudo, o professor de Nefrologia na Universidade de Amesterdão, Frederike Bemelman, qualificou o caso como “extremadamente raro“. “Há sempre um pequeno risco. [Mas] também há uma pequena probabilidade de que algo aconteça durante o  processo”, comentou o especialista.

“Este é o primeiro caso de transmissão de cancro da mama como resultado de um transplante de órgãos de um único dador que afetou quatro pacientes. Nenhum estudo anterior detetou um intervalo tão longo entre o transplante e a manifestação do tumor”.

Um caso “excecional”

De acordo com o El País, o primeiro recetor afetado foi uma mulher de 42 anos que recebeu ambos os pulmões e foi diagnosticada com cancro da mama com metástases já em outros órgãos, apenas 16 meses após a operação.

Uma análise de ADN determinou que as células tumorais que acabaram por matar a mulher eram provenientes dador. Face a isto, a Eurotrasplant reportou o caso em janeiro de 2010.

O recetor do rim esquerdo também morreu da doença em 2013. Pouco depois, em 2014, a mulher transplantada com o fígado do doador faleceu. A recetora foi alertada para a presença do tumor em 2011, mas recusou-se a remover o órgão.

Um homem de 32 anos, que recebeu o outro rim, também foi alertado sobre a situação. E, neste caso, o órgão foi removido, a doença foi tratada e consegui sobreviver – dos quatro transplantados, este foi o único sobrevivente.

O recetor do coração morreu cinco meses depois da operação devido a uma infeção. Em todos os recetores, foram detetados nas células tumorais marcadores de ADN que coincidiam com o perfil genético da doadora.

A transmissão de uma neoplasia – cancro – após um transplante de um órgão acontece apenas cerca de cinco vezes em 10.000 intervenções e na maioria dos casos a tecnologia disponível não permite que seja detetada antes da doação.

A Diretora de Serviços Médicos da Organização Internacional de Transplantes, Elisabeth Coll, afirmou à agência EFE que “estes casos infelizes acontecem excecionalmente, porque são impossíveis de serem detetados antes”.

“Antes de se fazer um transplante de qualquer órgão são realizados todos os testes possíveis para descartar qualquer transmissão neoplásica”, salientou a responsável.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Onde está “A dadora foi alertada para a presença do tumor em 2011, mas recusou-se a remover o órgão.” deveria estar “recetora” em vez de “dadora” (já que a dadora tinha falecido em 2007).

  2. Creio que deverá de ter havido negligência médica, pois é da responsabilidade dos mesmos determinar se os órgãos estão perfeitos para transplante.
    É apenas a m/opinião.

    • Neste caso fizeram todos os exames e não foi detectando cancro na doadora, aliás a doadora nunca desenvolveu cancro.
      Não se pode responsabilizar os médicos porque não houve negligência, é uma situação muito rara mas possível de acontecer.

RESPONDER

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …

Rio Nilo tem 30 milhões de anos. É seis vezes mais antigo do que se pensava

Um grupo de cientistas estudou diferentes sedimentos do rio, incluindo as rochas vulcânicas da região planáltica da Etiópia, e fez simulações computacionais para traçar a vida do rio até ao passado mais longínquo, contabilizou agora …

Von der Leyen volta a escrever a Boris. Londres deve indicar candidato a comissário o quanto antes

O Reino Unido ainda não designou um candidato a comissário europeu, pelo que a presidente eleita da Comissão Europeia voltou a escrever ao primeiro-ministro britânico, instando-o a indicar um nome até ao final da semana. Até …