Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para “dar conforto” aos portugueses durante a pandemia de covid-19.

“Quando eu li nas notícias sobre a situação pandémica em Portugal, em janeiro, fiquei muito triste. Pensei que tínhamos de fazer algo para trazer conforto, somos todos da família europeia. Precisamos não só de um mercado comum, uma moeda, mas também de solidariedade e de um sentimento europeu”, partilhou Stephanie Müller-Bromley, criadora e coordenadora do coro.

A advogada alemã criou o coro ‘mollmäuse’ há praticamente dez anos. Tem o escritório principal em Tecklenburg, mas viaja uma vez por mês a Portugal, onde também tem vários clientes das duas nacionalidades. Mas não é apenas o trabalho que a motiva.

Tenho uma ligação muito forte com Portugal e o povo português, gosto muito da cultura, do fado. Não posso imaginar viver sem viajar para Portugal”, contou à Lusa, ao telefone, desde a ilha da Madeira.

O coro, com crianças que frequentam a escola primária, escreve e interpreta músicas com temáticas como a questão da violência doméstica, a solidariedade com os artistas e as dificuldades que atravessam durante a pandemia de covid-19, ou os desafios do confinamento.

“Portugal, meu amigo!”, com letra em alemão e português, já teve mais de 800 visualizações na plataforma YouTube. A música fala de “um pássaro com asas partidas, que precisa de tempo para recuperar”, mas que “voará um dia novamente no ar”.

“Convidei o meu coro infantil, e também os pais, para gravar a música e enviar por email para mim. Nós produzimos a música. Também convidei a comunidade portuguesa na Alemanha, que é muito grande e forte, e recebi também gravações. No fim, produzimos a música e publicámos no YouTube”, revelou Stephanie Müller-Bromley.

“Enviei o link para várias embaixadas de Portugal. Recebi respostas das embaixadas em Berlim e Viena. Fiquei feliz, as crianças também, porque a canção chegou e foi ouvida”, confessou a advogada.

Portugal foi, durante parte dos meses de janeiro e fevereiro, o pior país na avaliação do número de novos casos por cem mil habitantes. Também no ranking dos 30 países analisados pelo Centro Europeu de Controlo de Doenças, Portugal foi o que registou o maior número de mortos por milhão de habitantes.

Pensei em fazermos uma música para dar conforto, para que as pessoas saibam que não estão sozinhas, que alguém na Alemanha está a pensar neles”, sublinhou a coordenadora do curso.

Stephanie Müller-Bromley acredita serem importantes estes gestos para que a “família europeia” fique “ainda mais junta”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …