Coreia do Sul ameaça Norte e promete retaliação

Edward N. Johnson / USGov

Soldados da Coreia do Norte em vigilância na zona desmilitarizada entre as duas Coreias

Soldados da Coreia do Norte em vigilância na zona desmilitarizada entre as duas Coreias

A Coreia do Sul acusou hoje a Coreia do Norte pela instalação de uma mina terreste que feriu dois soldados numa missão de patrulha na semana passada, e ameaçou fazer “pagar um preço elevado” a Pyongyang pela alegada agressão.

“As nossas forças armadas… vão fazer a Coreia do Norte pagar um preço elevado, proporcional à sua provocação”, disseram em comunicado os chefes de Estado Maior da Coreia do Sul.

Dois soldados sul-coreanos ficaram feridos hoje na sequência de uma explosão na Zona Desmilitarizada (DMZ), perto da fronteira com a Coreia do Norte, que terá resultado de um acidente, embora se aguarde uma investigação mais exaustiva.

A explosão ocorreu às primeiras horas de terça-feira da semana passada em Yeoncheon, na província de Gyeonggi, no noroeste da Coreia do Sul, disse um porta-voz do Ministério da Defesa à agência Efe.

As autoridades sul-coreanas analisam a possibilidade de um dos dois militares ter pisado uma das minas enterradas na parte sul-coreana da DMZ, considerando praticamente descartada a hipótese de um eventual envolvimento da Coreia do Norte no incidente, de acordo com os media.

Os soldados sofreram ferimentos graves nas pernas, estando a receber tratamento num hospital militar.

Horas depois da Coreia do Sul ameaçar o seu vizinho do norte pelo incidente, o país declara que vai voltar a fazer propaganda na fronteira.

“Os nossos militares decidiram voltar a utilizar a propaganda em radiodifusão (altifalantes) ao longo da fronteira”, disse um porta-voz do Ministério da Defesa.

Durante anos, os altifalantes estiveram posicionados em mais de uma dúzia de pontos ao longo da fronteira, sobretudo para transmitir as vantagens da vida na Coreia do Sul.

Esta prática foi interrompida por um acordo em 2004 durante a reaproximação entre as duas Coreias, que haviam sido iniciadas pelo Presidente sul-coreano Kim Dae-Jung.

A Coreia do sul ameaçou voltar à prática deste tipo de propaganda em 2010, após o naufrágio de uma corveta da marinha atribuído aos norte-coreanos.

Apesar dos altifalantes terem sido reinstalados, o governo coreano limitou-se a fazer algumas transmissões via rádio FM.

“Esta será uma retomada parcial e os altifalantes serão ligados para denunciar a provocação da Coreia do Norte em usar minas terrestres”, declarou o porta-voz ministerial.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Duas vitórias em 14 jogos. Benfica quer travar o calvário da Champions

O Benfica recebe esta quarta-feira o Lyon, estando praticamente obrigado a ganhar para seguir em frente na competição milionária. Apesar de reconhecer a dificuldade, Rúben Dias acredita os encarnados vão voltar aos bons resultados. A …

Barcelona-Real Madrid oficialmente adiado para 18 de dezembro

O Comité de Competições da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) concordou, esta quarta-feira, em marcar o FC Barcelona-Real Madrid, que se deveria disputar no sábado, para 18 de dezembro, "por motivos excecionais". A data inicial …

Embaixador dos EUA em Kiev confirma chantagem de Trump para forçar investigação a filho de Joe Biden

O processo de impeachent a Donald Trump conheceu um testemunho que pode ser determinante. O embaixador dos Estados Unidos em Kiev, na Ucrânia, Bill Taylor, foi ouvido no Congresso norte-americano na terça-feira e apontou o …

Hospital de Évora fez pagamentos indevidos a médicos

O Tribunal de Contas detetou pagamentos ilegais a médicos com funções de gestão de 2015 a 2018 e concluiu que dois técnicos superiores foram nomeados administradores do Hospital de Évora sem reunirem os requisitos legais …

"Infortúnios" vão chegar "mais cedo do que o esperado". Marcelo pede mais crescimento económico

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, diz que o país precisa de mais crescimento económico. "Este que temos não chega", porque "os infortúnios" vão chegar mais cedo do que o previsto. Esta terça-feira, o …

Arqueólogo encontra dezenas de sítios maia graças a um mapa online gratuito

Um arqueólogo norte-americano descobriu 27 sítios maias com 3.000 anos graças a um mapa online gratuito, escreve o jornal The New York Times. Takeshi Inomata, arqueólogo da Universidade do Arizona, nos Estado Unidos, utilizou um mapa …

39 pessoas encontradas mortas dentro de um camião no Reino Unido

Um camião foi encontrado, esta quarta-feira, em Essex, no Reino Unido, com 39 pessoas sem vida no seu interior. O condutor já foi detido. Segundo o The Guardian, as autoridades britânicas já iniciaram uma investigação, depois …

Hospital das Forças Armadas não operou um único doente do SNS

O Hospital das Forças Armadas (HFAR) ainda não apresentou qualquer candidatura para ser “convencionado pelo Serviço Nacional de Saúde”. No ano passado, os ministérios da Defesa e da Saúde assinaram um acordo para que o Hospital …

Chuvas torrenciais fazem um morto em Espanha e inundações em França

Em Espanha, uma pessoa morreu e pelo menos outras duas estão desaparecidas. No sul de França, a tempestade Dana também já causou várias inundações. Segundo o jornal La Vanguardia, as chuvas torrenciais registadas, esta madrugada, na …

Falta de condições para emergência médica obriga INEM a transferir helicóptero para Viseu

A falta de condições para operações de emergência médica no heliporto de Santa Comba Dão obrigou o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) a transferir o seu helicóptero para o aeródromo de Viseu, foi anunciado …