Austrália impõe confinamento obrigatório de quatro semanas em 10 zonas de Melbourne

Daniel Pockett / EPA

As autoridades australianas anunciaram esta terça-feira que vão impor um confinamento obrigatório de quatro semanas aos moradores de dez áreas da cidade de Melbourne após o aumento exponencial de casos de covid-19.

A ordem de confinamento obrigatório entrará em vigor na noite de quarta-feira às 23h59, horário local (14h59 em Lisboa), e permanecerá em vigor até 29 de julho, explicou o chefe do governo do estado de Victoria, Daniel Andrews, numa conferência de imprensa.

Andrews também anunciou uma investigação judicial sobre ao confinamento realizado em hotéis de Melbourne para pessoas vindas do estrangeiro entre o final de maio e o início de junho, pois suspeita-se que o novo surto esteja relacionado a violações das diretrizes para controlar a covid-19.

Andrews explicou ainda que “um número significativo” de casos no norte de Melbourne foi atribuído, via sequenciamento genómico, a funcionários de hotéis nos quais os protocolos de quarentena e controlo de infeção foram violados.

O governo de Victoria também pedirá ao primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, que os voos internacionais não aterrem em Melbourne nas próximas duas semanas, para reduzir o número de pessoas alojadas em hotéis de confinamento obrigatório, embora os voos domésticos devam ser mantidos.

As autoridades do mesmo Estado, que impuseram as restrições mais estritas do país no início da pandemia, realizaram cerca de 93.000 testes para detetar o novo coronavírus entre seus habitantes nos últimos cinco dias, quando redobrou o seu plano de deteção da covid-19, que inclui visitas de casa em casa.

O governo de Victoria, que solicitou reforços do executivo central e de outros estados para lidar com a crise, notificou 71 novos casos desde segunda-feira, grande parte deles ligada ao surto, elevando o número total de infeções desde o início da pandemia a 2.099.

A Austrália, que conseguiu controlar a covid-19 – doença causada pelo novo coronavírus – e retomou grande parte das suas atividades económicas, registou mais de 7.760 casos desde o início do ano, incluindo 104 mortes, e ainda mais de 7.000 pessoas se recuperaram.

Atualmente, com exceção de Melbourne, a maioria dos casos novos da covid-19 corresponde às poucas pessoas que vêm do estrangeiro, já que o país mantém as suas fronteiras encerradas.

Também nesta terça-feira, a primeira-ministra da Nova Zelândia recusa abrir as fronteiras do país e considera “perigoso” os pedidos feitos nesse sentido, escreve o Expresso. Aos que a criticam, Jacinda Ardern lembra que o país permanece livre de covid-19 enquanto o vírus se espalha no exterior, considerando que ainda não é altura de abrir o país ao exterior.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O RRS David Attenborough, navio virgem dos reinos polares, já saiu do estaleiro

O navio RRS Sir David Attenborough saiu finalmente do seu estaleiro. O já lendário navio vai agora ser sujeito a alguns testes antes de ser oficialmente entregue ao serviço, em novembro deste ano. A construção do …

Vulcões ativos produzem 30 a 50% da atmosfera de Io

Novas imagens rádio obtidas pelo ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) mostram, pela primeira vez, o efeito direto da atividade vulcânica na atmosfera da lua de Júpiter, Io. Io é a lua mais vulcanicamente ativa do nosso …

Descobertas pegadas fossilizadas com mais de 10 mil anos. São a trilha pré-histórica de uma mãe com um bebé ao colo

Uma equipa de investigadores internacional descobriu o trilho pré-histórico mais comprido do mundo no Novo México, nos Estados Unidos. O novo estudo conta a historia de uma mulher que carregou um bebé nos braços durante …

Pure Skies. Empresa desenha cabines dos aviões do pós-pandemia

Desde o início da pandemia, os especialistas têm testado diferentes maneiras de alcançar o distanciamento social em aviões, embora com pouco sucesso. Agora, há uma empresa que está a levar esta ideia até ao próximo …

OE2021. Bloco de Esquerda vota contra na generalidade

O Bloco de Esquerda vai votar contra a proposta do Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, anunciou a coordenadora do partido, Catarina Martins. Em declarações aos jornalistas, a bloquista confirmou este domingo que o …

PS ganha eleições nos Açores sem garantia de maioria absoluta

O PS voltou a ganhar as eleições regionais dos Açores, obtendo entre 37% e 41%, o que não garante a maioria absoluta, segundo a projeção à boca das urnas realizada este domingo pela Universidade Católica …

Extinção da fauna em Madagáscar pode dever-se à presença humana (e a mudanças climáticas)

Grande parte da fauna de Madagáscar e das ilhas Mascarenhas foi eliminada durante o último milénio. Neste sentido, uma equipa de cientistas analisou um registo do clima nos últimos 8000 anos nas ilhas. O resultado …

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real. Com a abstenção dos três …

O passado tóxico fica para trás. Asbestos, a cidade "amianto", mudou de nome

A cidade canadiana Asbestos (que significa amianto) ganhou um novo nome, quase 11 meses após o anúncio da votação. Wuase metade dos cerca de 6 mil residentes da cidade canadiana marcaram presença numa votação organizada num …

Menino de 12 anos encontra fóssil de dinossauro com 69 milhões de anos

Nathan Hrushkin, aspirante a paleontólogo de 12 anos, encontrou o fóssil de um dinossauro enquanto passeava com o pai em Alberta, no Canadá. Depois de enviarem uma fotografia ao Museu Royal Tyrrell, ficaram a saber …