Reino Unido, França, Alemanha e EUA condenam uso do agente neurotóxico

Tribunal Militar de Moscovo / TASS

Sergei Skripal, antigo espião russo recrutado pelos serviços secretos britânicos.

Reino Unido, França, Alemanha e EUA condenam, em conjunto, a utilização do agente neurotóxico contra Sergei Skypal e a filha e falam em “violação do direito internacional”.

Esta quinta-feira, os líderes do Reino Unido, França, Alemanha e EUA repudiaram, em conjunto, a utilização do agente neurotóxico Novichok contra Sergei Skypal e a filha como uma “violação do direito internacional” e uma “ameaça à segurança de todos”.

“Este uso de um agente neurotóxico de grau militar, de um tipo desenvolvido pela Rússia, constitui o primeiro uso ofensivo de um agente neurotóxico na Europa desde a Segunda Guerra Mundial”, consta num comunicado, divulgado esta quinta-feira.

“É um assalto à soberania do Reino Unido e qualquer utilização desse tipo por um Estado é uma clara violação da Convenção sobre Armas Químicas e uma violação do direito internacional. É uma ameaça à segurança de todos nós“, referem ainda.

Em causa está o ataque contra Sergei e Yulia Skypal a 4 de março de 2018 em Salisbury, no Reino Unido, na sequência do qual um agente de policia britânico também foi exposto à substância, permanecendo os três hospitalizados.

O Reino Unido informou os aliados de que era “altamente provável que a Rússia fosse responsável pelo ataque” e estes manifestaram a sua solidariedade.

Concordamos com a avaliação do Reino Unido de que não há nenhuma explicação alternativa plausível, e observamos que a falha da Rússia em responder ao pedido legítimo do governo britânico também contribui para a sua responsabilidade”, afirmam, reiterando o pedido a Moscovo para providenciar informação relacionada com este caso.

“A Rússia deve, em particular, fazer uma publicação total e completa do programa Novichok à Organização para a Proibição de Armas Químicas”, sublinham, apelando ainda a Moscovo para que assuma as suas responsabilidades enquanto membro do Conselho de Segurança da ONU “para defender a paz e a segurança internacionais”.

A Rússia nega qualquer a responsabilidade no ataque, que já mereceu a condenação de vários governos, incluindo o de Portugal, e de dirigentes como os presidentes norte-americano, Donald Trump, e francês, Emmanuel Macron, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Rússia pondera expulsar diplomatas britânicos

Depois de Theresa May ter anunciado a expulsão de 23 diplomatas russos, também a Rússia tenciona expulsar diplomatas britânicos.

A resposta da Rússia não irá tardar, e, enquanto não há uma decisão definitiva, o porta-voz do governo russo, Sergei Lavrov, afirma que a expulsão de diplomatas deve “definitivamente” acontecer e que está para breve.

Este comunicado do ministro dos Negócios Estrangeiros russo, avança a TSF, surge na sequência da luta política entre os dois países que se despoletou no último mês, devido ao envenenamento do antigo espião russo e da filha.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

E agora, Portugal? Depois do Grupo da Morte... Bélgica, Itália, França e Espanha no quadro

Teoricamente, desta vez a seleção nacional ficou claramente do lado mais forte na fase a eliminar do Europeu. Haverá um "escaldante" Inglaterra-Alemanha nos oitavos-de-final. Muitos adeptos portugueses ainda se lembram do golo tardio, noutro jogo, que …

Parlamento Europeu aprova novo estatuto do Provedor de Justiça

O Parlamento Europeu aprovou o novo estatuto do Provedor de Justiça Europeu que vai passar a trabalhar com novas regras, podendo avançar com os próprios inquéritos, prevendo-se também no novo regulamento medidas de proteção para …

Fernando Santos: "Estava a dizer à equipa para se chegar à frente"

Explicação do selecionador nacional, que esteve muito agitado durante os últimos minutos do Portugal-França. Uma primeira parte "excelente" e uma decisão duvidosa da equipa de arbitragem que alterou o resultado perto do intervalo. Fernando Santos começou …

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Em 2020, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), no ano passado, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados e quase 2.700 foram mortas devido à proximidade com vários conflitos existentes em todo o …

Portugal vs França: seleção empata 2-2 e está nos oitavos do Euro!

A seleção de Portugal jogou esta quarta-feira contra a França, num encontro que podia significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais cedo e sem glória. …

Rússia nega investimento em IA para criação de microchips cerebrais

A Rússia negou as alegações de que estaria a investir em Inteligência Artificial que permitiria aos humanos controlar carros, aviões e usinas nucleares através de microchips implantados nos seus cérebros. O diário Kommersant relatou na terça-feira …

Bombeiro que socorreu a princesa Diana após o acidente revela as suas últimas palavras

Quase 24 anos depois da morte da princesa Diana, o chefe dos bombeiros que esteve no local na noite do acidente em Paris, revelou as suas últimas palavras. Amada por todo o mundo, a princesa do …