Concentração de gases de efeito de estufa na atmosfera atinge novo recorde

Captain Kimo / Flickr

-

-poluição

A concentração de gases de efeito de estufa na atmosfera atingiu um novo valor recorde em 2013, devido a crescentes níveis de dióxido de carbono, anunciou esta terça-feira, em Genebra, a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

No relatório anual sobre as concentrações de gases de efeito estufa, a agência das Nações Unidas indica que a taxa de crescimento dos níveis de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera entre 2012 e 2013 representa o maior aumento anual em 30 anos.

“Nós sabemos sem sombra de dúvida que o nosso clima está a mudar e que as condições meteorológicas se estão a tornar cada vez mais extremas devido às ações humanas”, disse o secretário-geral da OMM, Michel Jarraud, dando o exemplo do uso dos combustíveis fósseis.

Neste sentido, deixou o apelo: “Temos de reverter esta tendência e cortar as emissões de C02 e outros gases de efeito estufa em toda a linha”.

“Estamos a ficar sem tempo”, alertou o mesmo responsável, em comunicado.

De acordo com o relatório hoje divulgado, as concentrações de dióxido de carbono, de metano e óxido nitroso alcançaram novos máximos em 2013.

Em 2013, a concentração de CO2 na atmosfera subiu 142% face ao que era na época pré-industrial (1750), enquanto as de metano e óxido nitroso subiram, respetivamente, 253% e 121%, segundo o documento.

O oceano absorve hoje em dia cerca de um quarto das emissões totais de CO2 e a biosfera uma fatia idêntica, limitando assim o crescimento de dióxido de carbono na atmosfera.

Porém, a absorção de CO2 pelos oceanos acarreta graves consequências, de acordo com os especialistas: “O ritmo atual de acidificação dos oceanos parece não ter precedentes em pelo menos 300 milhões de anos”. A absorção de quantidades significativas deste gás pelos mares do planeta modifica o ciclo dos carbonatos marinhos e desencadeia uma acidificação da água do mar.

Os oceanos absorvem atualmente cerca de quatro quilos de CO2 por dia e por pessoa.

“O dióxido de carbono permanece durante centenas de anos na atmosfera e ainda por um maior período de tempo no oceano. O efeito acumulado das emissões do passado, presente e futuro deste gás terá repercussões tanto no aquecimento global como na acidez dos oceanos”, advertiu Jarraud.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …