Afinal, comer muitos ovos não aumenta o colesterol e não faz mal ao coração

O consumo de ovos não está, afinal, relacionado com o aumento do risco cardiovascular, nem tão pouco contribui para o aumento do chamado “mau” colesterol. É a conclusão de uma nova investigação que contraria as recomendações para o consumo moderado de ovos que são feitas um pouco globalmente.

A investigação realizada por cientistas da Universidade de Sidney, na Austrália, conclui que comer até 12 ovos por semana não aumenta os riscos cardiovasculares em pessoas com pré-diabetes ou diabetes tipo 2.

Na pesquisa, que foi publicada no American Journal of Clinical Nutrition, analisaram-se os efeitos para a saúde do consumo de 12 ovos por semana durante um ano, alargando o período de outra investigação que tinha tido as mesmas conclusões e que se tinha desenrolado durante três meses.

No primeiro estudo, os participantes foram divididos em dois grupos, um consumindo 12 ovos por semana e outro consumindo menos de dois ovos por semana, e todos com a missão de manterem o mesmo peso corporal. Os investigadores não detectaram alterações nos respectivos marcadores de risco cardiovascular ao fim de três meses.

Esses mesmos participantes foram depois desafiados a enveredarem por uma dieta para perda de peso durante mais três meses, mantendo o mesmo consumo de ovos. Durante mais seis meses, completando um ano de investigação, os participantes mantiveram a dieta de alto ou baixo consumo de ovos, sendo acompanhados pelos investigadores.

Nenhum dos grupos revelou, em qualquer momento, mudanças em termos de riscos cardiovasculares, conseguindo perdas de peso equivalentes, independentemente de consumirem mais ou menos ovos.

A investigação teve em conta dados como o colesterol, os níveis de açúcar e a pressão arterial, não notando diferenças significativas entre o elevado ou o menor consumo de ovos.

“Apesar dos diferentes conselhos em torno dos níveis de segurança do consumo de ovos para as pessoas com pré-diabetes e diabetes tipo 2, a nossa pesquisa indica que as pessoas não precisam de se abster de comer ovos se estes forem parte de uma dieta saudável”, constata o investigador Nick Fuller, que liderou o estudo, em declarações ao Live Science.

Fuller destaca que uma “dieta saudável” recomenda “a substituição de gorduras saturadas (como a manteiga) por gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas (tais como o abacate e o azeite)”.

“Enquanto os ovos são eles próprios ricos em colesterol dietético – e as pessoas com diabetes tipo 2 tendem a ter níveis superiores do colesterol “mau” da lipoproteína de baixa densidade (LDL) -, este estudo suporta pesquisas já existentes que mostram que o consumo de ovos tem poucos efeitos nos níveis do colesterol no sangue das pessoas que os consomem”, afiança ainda o investigador.

Fuller realça que os resultados da pesquisa são relevantes porque os ovos podem contribuir até para a saúde das pessoas.

“Os ovos são uma fonte de proteínas e de micro-nutrientes que podem apoiar uma série de factores dietéticos e de saúde, incluindo ajudar a regular a ingestão de gordura e de hidratos de carbono, a saúde dos olhos e do coração, vasos sanguíneos saudáveis e gravidezes saudáveis”, conclui o cientista da Universidade de Sidney.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Há sempre algum inteligente a descobrir a pólvora. A vir desdizer o que todos andam a dizer há décadas. Sobretudo com estudos de 3 meses!.. Não.. Não faz mal ao coração. Só estoira com o figadeira.

  2. Shocking (not). Já se sabia há muito isto, os vegetarianos estao a prejudicar a propria saude e mais grave a saude dos filhos ao imporem-lhes uma nutricao desiquilibrada e insuficiente, pior que isso com o apoio do BE nas cantinas das escolas

  3. E claro, os especialistas que andaram anos e anos a alertar para o perigo do ovo, a prejudicar e a enganar as pessoas, desaconselhando um alimento altamente nutritivo, por ignorância ou até por malícia, não lhes vai acontecer nada, vão continuar com os seus curriculozinhos intocáveis.

  4. A classe médica e muitos doutorados em cultura de vida servem pequenas doses de informação, e portanto se eu quiser ter ovos no supermercado irei gritar bem alto aos canais de informação e a todos que eles (os ovos) não fazem muito bem a saúde, coisa e tal, e assim elimino logo metade da concorrência e o preço mantem-se por baixo. Felizmente a inteligência não foi distribuída igual por todos, e ainda bem, senão a formiga já tinha extinto o bicho Homem.

  5. lol 1 estudo que diz o que vocês gostam de ouvir e vocês ficam todos contentes =P Não sejam crentes. Primeiro, o que o estudo diz é que um grupo não é pior do que outro, isso não quer dizer que sejam ambos bons. Têm que ler nas entrelinhas ;] E segundo por o pessoal em dieta de perda de peso se calhar teve mais impacto do que os ovos. Onde está o grupo de controlo? Leiam o estudo e nao se aventurem demais com 1 notícia

  6. Afinal este estudo foi financiado pela Australian Egg Corporation Heheh Vejam o estudo completo (DOI 10.1093) e leiam logo na primeira página. Não sejam fantoches das industrias, pensem por vocês mesmos.

RESPONDER

Douro. Poluição regressa a valores anteriores ao estado de emergência

Os valores de contaminação do estuário do rio Douro, que durante o estado de emergência baixaram a níveis só vistos há mais de 30 anos, já regressaram aos valores pré-pandemia. As boas notícias "rapidamente se esfumaram". …

Reino Unido deixa cair pontes aéreas e prepara levantamento da quarentena para dezenas de países

O Reino Unido vai deixar cair o plano para a criação de pontes aéreas e prepara-se para substituir a medida pela isenção de quarentena para dezenas de países. Dezenas de países vão ficar isentos de restrições …

Medina clarifica críticas em público: eram para chefias regionais (e não para Temido)

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Media, veio esta quarta-feira a público esclarecer as duras críticas que vez relativamente à atuação das autoridades de saúde no combate à pandemia de covid-19. No seu habitual espaço …

Fraude nas viagens entre ilhas e continente. PJ desmantela mais uma rede criminosa

Esta quarta-feira, foi desmantelada mais uma rede criminosa que se aproveitava de forma fraudulenta do subsídio que financia as deslocações dos habitantes dos Açores e da Madeira ao continente. Existem fraudes nos subsídios das viagens entre …

Nova reviravolta. Livro polémico da sobrinha de Trump com luz verde para publicação

Um juiz do Tribunal de Recurso de Nova Iorque levantou na noite de quarta-feira uma proibição temporária de publicação de um livro escrito pela sobrinha do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, contendo revelações polémicas. Segundo …

Epidemiologista chefe da DGS abandona cargo. Saída foi "programada"

A chefe da divisão de Epidemiologia e Estatística da Direção-Geral da Saúde, Rita Sá Machado, vai integrar a equipa da Missão Permanente de Portugal junto dos Organismos e Organizações Internacionais das Nações Unidas, em Genebra. A …

"É com Vieira que o FC Porto consegue tirar a final da Taça do Jamor"

Rui Gomes da Silva, candidato à presidência do Benfica, apontou baterias ao atual presidente das águias, Luís Filipe Vieira, poucas horas depois de a Federação Portuguesa de Futebol ter anunciado que a final da Taça …

Rui Rio propôs fim dos debates quinzenais sem consultar deputados

A bancada do PSD só recebeu as propostas do partido para alterar o regimento da Assembleia da República mais de 24 horas depois do anúncio feito por Rui Rio, na terça-feira, no Porto. Rui Rio, líder …

TAP escapa à nacionalização. Estado assume controlo com 72,5% da companhia

O Estado e os acionistas privados da TAP estão perto de chegar a acordo, devendo a companhia aérea escapar à nacionalização. Ainda não há fumo branco, mas o acordo sobre o futuro da TAP deverá …

Encontradas 115 crianças enterradas com moedas na boca na Polónia

Trabalhadores que construíam uma nova estrada na Polónia encontraram os restos de 115 corpos de crianças enterras com moedas na boca. Durante os trabalhos de construção de uma autoestrada em Jezowe, na Polónia, trabalhadores descobriram restos …