Afinal, comer muitos ovos não aumenta o colesterol e não faz mal ao coração

O consumo de ovos não está, afinal, relacionado com o aumento do risco cardiovascular, nem tão pouco contribui para o aumento do chamado “mau” colesterol. É a conclusão de uma nova investigação que contraria as recomendações para o consumo moderado de ovos que são feitas um pouco globalmente.

A investigação realizada por cientistas da Universidade de Sidney, na Austrália, conclui que comer até 12 ovos por semana não aumenta os riscos cardiovasculares em pessoas com pré-diabetes ou diabetes tipo 2.

Na pesquisa, que foi publicada no American Journal of Clinical Nutrition, analisaram-se os efeitos para a saúde do consumo de 12 ovos por semana durante um ano, alargando o período de outra investigação que tinha tido as mesmas conclusões e que se tinha desenrolado durante três meses.



No primeiro estudo, os participantes foram divididos em dois grupos, um consumindo 12 ovos por semana e outro consumindo menos de dois ovos por semana, e todos com a missão de manterem o mesmo peso corporal. Os investigadores não detectaram alterações nos respectivos marcadores de risco cardiovascular ao fim de três meses.

Esses mesmos participantes foram depois desafiados a enveredarem por uma dieta para perda de peso durante mais três meses, mantendo o mesmo consumo de ovos. Durante mais seis meses, completando um ano de investigação, os participantes mantiveram a dieta de alto ou baixo consumo de ovos, sendo acompanhados pelos investigadores.

Nenhum dos grupos revelou, em qualquer momento, mudanças em termos de riscos cardiovasculares, conseguindo perdas de peso equivalentes, independentemente de consumirem mais ou menos ovos.

A investigação teve em conta dados como o colesterol, os níveis de açúcar e a pressão arterial, não notando diferenças significativas entre o elevado ou o menor consumo de ovos.

“Apesar dos diferentes conselhos em torno dos níveis de segurança do consumo de ovos para as pessoas com pré-diabetes e diabetes tipo 2, a nossa pesquisa indica que as pessoas não precisam de se abster de comer ovos se estes forem parte de uma dieta saudável”, constata o investigador Nick Fuller, que liderou o estudo, em declarações ao Live Science.

Fuller destaca que uma “dieta saudável” recomenda “a substituição de gorduras saturadas (como a manteiga) por gorduras monoinsaturadas e polinsaturadas (tais como o abacate e o azeite)”.

“Enquanto os ovos são eles próprios ricos em colesterol dietético – e as pessoas com diabetes tipo 2 tendem a ter níveis superiores do colesterol “mau” da lipoproteína de baixa densidade (LDL) -, este estudo suporta pesquisas já existentes que mostram que o consumo de ovos tem poucos efeitos nos níveis do colesterol no sangue das pessoas que os consomem”, afiança ainda o investigador.

Fuller realça que os resultados da pesquisa são relevantes porque os ovos podem contribuir até para a saúde das pessoas.

“Os ovos são uma fonte de proteínas e de micro-nutrientes que podem apoiar uma série de factores dietéticos e de saúde, incluindo ajudar a regular a ingestão de gordura e de hidratos de carbono, a saúde dos olhos e do coração, vasos sanguíneos saudáveis e gravidezes saudáveis”, conclui o cientista da Universidade de Sidney.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Há sempre algum inteligente a descobrir a pólvora. A vir desdizer o que todos andam a dizer há décadas. Sobretudo com estudos de 3 meses!.. Não.. Não faz mal ao coração. Só estoira com o figadeira.

  2. Shocking (not). Já se sabia há muito isto, os vegetarianos estao a prejudicar a propria saude e mais grave a saude dos filhos ao imporem-lhes uma nutricao desiquilibrada e insuficiente, pior que isso com o apoio do BE nas cantinas das escolas

  3. E claro, os especialistas que andaram anos e anos a alertar para o perigo do ovo, a prejudicar e a enganar as pessoas, desaconselhando um alimento altamente nutritivo, por ignorância ou até por malícia, não lhes vai acontecer nada, vão continuar com os seus curriculozinhos intocáveis.

  4. A classe médica e muitos doutorados em cultura de vida servem pequenas doses de informação, e portanto se eu quiser ter ovos no supermercado irei gritar bem alto aos canais de informação e a todos que eles (os ovos) não fazem muito bem a saúde, coisa e tal, e assim elimino logo metade da concorrência e o preço mantem-se por baixo. Felizmente a inteligência não foi distribuída igual por todos, e ainda bem, senão a formiga já tinha extinto o bicho Homem.

  5. lol 1 estudo que diz o que vocês gostam de ouvir e vocês ficam todos contentes =P Não sejam crentes. Primeiro, o que o estudo diz é que um grupo não é pior do que outro, isso não quer dizer que sejam ambos bons. Têm que ler nas entrelinhas ;] E segundo por o pessoal em dieta de perda de peso se calhar teve mais impacto do que os ovos. Onde está o grupo de controlo? Leiam o estudo e nao se aventurem demais com 1 notícia

  6. Afinal este estudo foi financiado pela Australian Egg Corporation Heheh Vejam o estudo completo (DOI 10.1093) e leiam logo na primeira página. Não sejam fantoches das industrias, pensem por vocês mesmos.

RESPONDER

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …