Comboio humanitário retirou-se de Ghouta sem ter entregue toda a ajuda

(dv) Syrian Arab Red Crescent / EPA

Comboio humanitário entra em Ghouta

O comboio de ajuda humanitária que entrou esta segunda-feira no feudo rebelde de Ghouta oriental, perto de Damasco, capital da Síria, retirou-se ao início da noite sem ter entregue toda a carga, distribuída “no meio de bombardeios”, informou a ONU.

“Está a acontecer agora. O comboio humanitário com destino a Goutha oriental está a retirar-se de Douma quase nove horas depois. Entregámos o máximo de ajuda possível no meio dos bombardeios”, escreveu na rede social Twitter Sajjad Malik, representante da Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). O responsável acrescentou que os civis estão a ser “mantidos reféns de uma situação trágica”.

Os 46 camiões com ajuda médica e alimentos para cerca de 27.500 pessoas, segundo o Departamento de Coordenação dos Assuntos Humanitários da ONU (OCHA), foram o primeiro comboio humanitário a entrar no enclave desde o lançamento, a 18 de fevereiro, da operação militar do regime que já matou mais de 700 civis, de acordo com uma organização não-governamental.

“O comboio humanitário teve que abreviar sua missão, quando nove camiões ainda não tinham sido descarregados”, disse à agência France Press um funcionário local da Duma. De acordo com Linda Tom, do escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA) em Damasco, os confrontos e os bombardeios continuaram durante o descarregamento da ajuda.

Um ataque aéreo atingiu Douma enquanto o comboio ainda estava na cidade, assegurou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A ONU recebeu as autorizações necessárias para distribuir ajuda para “70.000 pessoas” e um segundo comboio humanitário está previsto para quinta-feira.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Plano de vacinação arranca em janeiro com três fases. 950 mil pessoas no primeiro grupo prioritário

Pessoas com mais de 50 anos com uma patologia frequente nos casos graves de covid-19, residentes e/ou internados em lares e profissionais de saúde integram o primeiro grupo prioritário para a administração da vacina de …

Segunda vaga de moratórias autorizada pela Autoridade Bancária Europeia

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) autorizou a reabertura de moratórias de crédito, com efeitos a partir de 01 de outubro até 31 de março de 2021, dois meses após ter suspendido novas adesões. Num comunicado publicado …

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …

Medidas estão a dar resultados. Novas regras apresentadas sábado vão vigorar até 7 de janeiro

O primeiro-ministro afirmou que as medidas adotadas estão a produzir resultados, havendo uma trajetória descendente de novos casos de covid-19, mas advertiu que janeiro é mês de risco e as restrições não podem ser aliviadas. Esta …

Interpol alerta para ameaça do crime organizado ligado às vacinas. Falsificações podem ser fatais

A Interpol emitiu um alerta global aos perigos de burlas à volta da nova vacina para a covid-19. As falsificações podem ser lucrativas para os criminosos e fatais para quem as usar. A Interpol emitiu um …

Alguns distritos de Portugal continental e Madeira com avisos meteorológicos até domingo

Alguns distritos de Portugal continental e o arquipélago da Madeira vão estar a partir de hoje e pelo menos até domingo com vários avisos meteorológicos devido à agitação marítima, vento e queda de neve, de …