No combate às enxaquecas, efeito placebo também conta

Morguefile

-

Quando o assunto é dor, a expectativa de melhora criada pelas palavras do médico ao prescrever um medicamento pode ser tão importante para a eficácia do tratamento quanto os efeitos farmacológicos do remédio propriamente dito, segundo um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard.

A investigação avaliou a influência do efeito placebo – quando a crença na eficácia do medicamento (que pode ou não ser verdadeiro) potencia a cura – no tratamento de pessoas com enxaqueca e concluiu que uma pílula inofensiva pode ser tão eficiente quanto um medicamento a sério no alívio da dor de cabeça durante um ataque, dependendo da informação que é dada ao paciente no início sobre os efeitos do medicamento.

Pacientes que receberam mensagens positivas beneficiaram mais do tratamento do que aqueles que receberam mensagens neutras ou negativas, independentemente de estarem a tomar placebo ou medicação verdadeira.

“Fica claro que cada palavra no consultório conta”, disse Ted Kaptchuk, um dos investigadores que liderou o estudo no Beth Israel Deaconess Medical Center, em Boston. Por exemplo, o facto de um médico salientar os possíveis efeitos colaterais de um medicamento já conta para diminuir a expectativa de melhoras do paciente e, provavelmente, reduzir o potencial do tratamento.

Publicado esta quinta-feira (9) na revista “Science Translational Medicine”, o estudo apresenta “a medição mais precisa do efeito placebo feita até hoje”, segundo ele.

Vários estudos já demonstraram que o efeito placebo pode trazer benefícios clínicos reais para os pacientes. Contudo, segundo Kaptchuk, nenhum até agora tinha conseguido medir a dimensão desse efeito, separando-o dos efeitos farmacológicos diretos da medicação.

Ao sofrer um ataque de enxaqueca, os pacientes tinham de tomar uma pílula que poderia estar identificada de três formas: “placebo” (mensagem negativa, já que pensavam que não fazia efeito); “placebo ou remédio” (mensagem neutra); ou “remédio” (mensagem positiva). Os rótulos, no entanto, podiam não corresponder à realidade; por exemplo, um paciente poderia estar a tomar o medicamento verdadeiro com rótulo “placebo” ou tomar um placebo com rótulo “remédio”.

Os cientistas calculam que 50% das melhoras observadas nos pacientes, em qualquer uma das condições, foi por causa do efeito placebo.

ZAP / MA / AE / ESP

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting CP 1-0 Marítimo | Borja dispara rumo ao pódio

O Sporting sofreu, mas levou a “água ao seu moinho”. Na recepção ao um Marítimo consistente, mas pouco perigoso, o “leão” venceu por 1-0, numa partida com poucas ocasiões de golo, mas com domínio claro …

Reino Unido vai tornar públicos registos de avistamentos de OVNIs

A Força Aérea britânica vai disponibilizar todos os documentos sobre os avistamentos de OVNIs online. Até então, os registos eram mantido sob segredo. A Força Aérea Real do Reino Unido decidiu tornar públicos os registos de …

Sobreviventes a um cancro na infância têm maior probabilidade de vir a ter outro

Sobreviventes a um cancro têm uma maior probabilidade cinco vezes maior de vir a ter outro em comparação com a população em geral. O risco vai diminuindo ao longo do tempo desde o primeiro diagnóstico. Pessoas …

Lineker: "Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados"

"Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados", disse Gary Lineker, antigo internacional inglês, que agora é comentador da BBC. Em entrevista ao The Guardian, o antigo avançado da seleção …

Bater com um cutelo e espezinhar. A massagem que promete livrar de todas as dores

Santiago Terrases oferece uma massagem única, na qual calca as pessoas com os pés e bate-lhes com um cutelo. O norte-americano garante que consegue tirar todas as dores. No estado de Nevada, nos Estados Unidos, está …

"Choveram" propostas de empréstimo por Marega

O emblema portista recebeu vários proposta de empréstimo por Moussa Marega, mas acabou por as rejeitar. O FC Porto apenas abre mão do jogador caso seja paga a cláusula de rescisão. A imprensa francesa avança esta …

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …