Coelhos podem ajudar a desvendar o mistério do orgasmo feminino

Cientistas acreditam que o orgasmo feminino possa ter evoluído de um mecanismo para estimular a ovulação. Como tal, os coelhos podem ajudar a oferecer uma resposta a este mistério.

O orgasmo feminino continua a ser um mistério para muitos investigadores. Enquanto nos homens o orgasmo é requerido para que haja fertilização, no caso das mulheres não é necessário haver orgasmo para que esta engravide. Ainda que as relações sexuais se tenham transformado em mais do que um meio para procriar, há muitas mulheres que ainda não experienciaram um orgasmo.

várias teorias que tentam explicar a origem do orgasmo feminino. Uma sugere que é uma forma das mulheres se conectarem com os seus parceiros; outra sugere que, como o homem e a mulher partilham uma anatomia sexual, o orgasmo feminino é um subproduto do masculino; há ainda uma outra que sugere que as contrações do orgasmo feminino ajudam na fertilização do esperma.

Um estudo publicado esta segunda-feira na revista Proceedings of the National Academy of Sciences oferece uma outra alternativa. Os investigadores acreditam que o orgasmo feminino possa ter evoluído de um mecanismo para estimular a ovulação.

A Scientific American explica que humanos e grandes macacos são conhecidos por ovular espontaneamente. Contudo, para alguns animais como coelhos e gatos, a ovulação é desencadeada pelo próprio sexo. Os cientistas acreditam que um mecanismo semelhante a este pode ter levado ao desenvolvimento do orgasmo feminino.

Para testar esta ideia, foram realizados testes com coelhos. Alguns deles foram injetados com doses diárias de um medicamento antidepressivo conhecido por causar disfunção sexual em homens e mulheres. Desta forma, a investigadora Mihaela Pavlicev conseguiu perceber que as fêmeas que receberam a medicação tinham 30% menos ovulações do que o habitual.

Isto prova que o medicamento atua no sistema central nervoso dos coelhos, afetando a ovulação. Contudo, há ainda quem se mostre reticente em relação aos resultados. Julie Bakker, especialista em neuroendocrinologia na Universidade de Liège, não participou no estudo, mas defende que uma redução de 30% é muito marginal.

“Seria muito mais convincente se não houvesse ovulação”, disse Bakker.

A cientista explicou ainda que os coelhos não têm orgasmos e que, no caso deste e de outros animais, funciona quase como um interruptor de luz, no qual a estimulação masculina ativa uma reação no cérebro que desencadeia a ovulação.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Texas vai permitir porte de armas em público sem ser necessária qualquer licença

O governador republicano do Texas assinou uma lei que permite o porte de armas em público, sem respetiva licença, a última de uma série de medidas que expandem este tipo de direitos nos estados conservadores …

Para já, Ivo Rosa escapa de um inquérito disciplinar do Conselho Superior da Magistratura

O Conselho Superior da Magistratura não vai abrir inquérito disciplinar a Ivo Rosa, pelo menos, para já. O órgão de gestão dos juízes concluiu que não há suspeitas de violação de caso julgado na decisão …

Mario Gómez: "O futebol é como a roupa, é de modas"

Comentário do antigo internacional alemão sobre as funções do ponta-de-lança atual. Mario não tem saudades dos relvados. Mario Gómez García, o homem que veio de Riedlingen, na República Federal da Alemanha, para marcar muitos golos. Figura …

A um mês dos Jogos Olímpicos, Tóquio pondera levantar estado de emergência

Os Jogos Olímpicos, que foram adiados no ano passado devido à pandemia, vão começar no dia 23 de julho. O Governo japonês está a ponderar levantar o estado de emergência em Tóquio. Tóquio está em estado …

Militares birmaneses acusados de incendiar uma aldeia

Uma aldeia foi destruída pelo Exército birmanês depois de confrontos entre militares e opositores da junta ditatorial. Dois idosos, que não conseguiram fugir, acabaram por morrer queimados. A aldeia de Kin Ma, na região de Magway, …

Ucrânia 2-1 Macedónia N. | “Synio-zhovti” relançam aspirações

A Ucrânia conquistou esta quinta-feira a sua segunda vitória em Europeus, depois de seis derrotas consecutivas, ao bater a estreante Macedónia do Norte por 2-1, em encontro disputado em Bucareste, com arbitragem pelo argentino Fernando …

Mais 1.233 casos de covid-19 em Portugal. Morreram duas pessoas

Esta quinta-feira, Portugal registou 1.233 novos casos e duas mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.233 casos e …

Proibida circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa ao fim de semana

A situação epidemiológica em Portugal é agora "mais preocupante", pelo que "dificilmente" o país deverá desconfinar na próxima semana como estava previsto, anunciou esta quinta-feira a ministra Mariana Vieira da Silva. A ministra da Presidência, Mariana …

Lisboa alarga horários de vacinação para atingir as 65 mil pessoas por semana

Já a partir da próxima segunda-feira, os centros de vacinação em Lisboa vão ter horário acrescido. O objetivo é aumentar o número de doses de vacinas administradas por semana para cerca de 65 mil. A partir …

PS diz que portugueses não esquecem que Passos cortou a dobrar no SNS

Pedro Passos Coelho acusou a esquerda de "desqualificar" o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e a deputada socialista Sónia Fertuzinhos respondeu que os portugueses não esquecem que o Governo PSD/CDS cortou o dobro no SNS …