Cirurgia pioneira salvou bebé com cérebro fora do crânio

Equipa de neurocirurgiões usou uma impressora 3D para conseguir criar um modelo ajustado ao cérebro do bebé.

Quando Sierra Yoder estava grávida de cinco meses, os médicos da pequena cidade onde vivia no estado de Ohio, nos Estados Unidos, disseram-lhe que o seu filho tinha uma doença muito rara.

Conhecida como encefalocele, a doença faz com que o cérebro do bebé comece a crescer para fora do crânio. Tal como seria de esperar, as esperanças eram muito poucas ou praticamente nenhumas.

“Disseram-nos que o nosso filho não iria sobreviver. Não nos deram nenhuma esperança”, explicou a norte-americana, em declarações à BBC.

Perante os prognósticos dados pelos médicos, Sierra e o marido, Dustin Yoder, chegaram mesmo a pensar interromper a gravidez mas, à última hora, quiseram seguir em frente.

E, apesar de todas as previsões negativas, Bentley nasceu, em outubro de 2015, depois de uma gestação normal e com saúde.

“Quando ele nasceu, achávamos que não ia chorar, que não se ia mexer. Pensávamos mesmo que nem íamos conseguir perceber quando estivesse com fome”, conta o pai.

Porém, o bebé veio ao mundo como todos os outros, a chorar, e recebeu alta hospitalar. O processo não foi fácil mas os pais não quiseram desistir e procuraram uma segunda opinião.

Foi então que pediram ajuda numa clínica em Cleveland e entraram em contacto com especialistas do Hospital Infantil de Boston, que lhes disseram que havia uma cirurgia que podia ajudar Bentley.

Responsáveis pelo caso, os neurocirurgiões John Meara e Mark Proctor realizaram a cirurgia no passado mês de maio. A operação foi um sucesso.

Um caso raro

Não era a primeira vez que os médicos faziam esse tipo de cirurgia, por isso é que os pais de Bentley tentaram recorrer a este hospital.

Os neurocirurgiões utilizaram uma impressora 3D para criar modelos do crânio do bebé e do posicionamento da sua massa encefálica.

“A encefalocele é uma doença rara que afeta um bebé em milhões. Mas o caso de Bentley era ainda mais particular porque ele tinha uma grande parte do cérebro ativa“, explicou Proctor.

De acordo com os especialistas, não há como saber exatamente a percentagem de cérebro que está ativa. Porém, estimam que chegue provavelmente aos 90%.

Relativamente ao desenvolvimento do bebé nos próximos anos, os médicos consideram que é uma pergunta difícil de responder.

“É uma pergunta difícil de responder. Provavelmente vai demorar um pouco mais para desenvolver a fala, mas esperamos que possa ter uma vida normal. Ainda é complicado saber como vai evoluir”, afirmou o médico.

ZAP / BBC / Hypescience

PARTILHAR

RESPONDER

NASA vai procurar aquíferos nos desertos com tecnologia já usada em Marte

Uma parceria entre a NASA e a Fundação Qatar tem como objetivo procurar as cada vez mais escassas águas que estão enterradas nos desertos do Saara e da Península Arábica. Este processo deverá ser desenvolvido …

Os aeroportos mudam o nome das pistas (e a culpa é dos pólos magnéticos da Terra)

O pólo norte magnético pode mover-se até 64 quilómetros por ano. Isto pode ser um problema para os pilotos de aviões. A pista 17L/35R, no Aeroporto Internacional de Austin-Bergstrom, no estado norte-americano do Texas, não terá …

Rússia quer ultrapassar Tom Cruise e ser a primeira a gravar um filme no Espaço

O ator Tom Cruise quer rodar um filme no Espaço, mas a Rússia quer ser a primeira, de acordo com um comunicado da agência espacial Roscosmos. Os Estados Unidos e a Rússia são, novamente, os protagonistas …

Os animais perdem o medo dos predadores depois de contactarem com o Homem

Uma nova investigação concluiu que os animais selvagens perdem rapidamente o medo dos seus predadores depois de entrarem em contacto com o Homem. A maioria dos animais selvagens, como é o caso dos leões, exibe …

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …

Negros norte-americanos estão a comprar armas em valores recorde

O número de afro-americanos a comprar armas aumentou drasticamente. Em causa, estará uma resposta ao agravar das tensões sociais no país devido ao movimento Black Lives Matter. Nos Estados Unidos, os protestos do movimento Black Lives …

Sporting paga 5 milhões e "rouba" Bruno Tabata ao Braga

O Sporting conseguiu 'roubar' Bruno Tabata ao Sporting de Braga. O extremo do Portimonense assina pelos 'leões' num contrato válido por cinco temporadas. Bruno Tabata está a caminho do Sporting CP, avança este sábado o jornal …

Há (pelo menos) 16 escolas com casos de covid-19, mas não há dados oficiais

Nem o Ministério da Educação, nem a Direcção Geral de Saúde (DGS) revelam o número de casos de covid-19 nas escolas, depois da reabertura do ano lectivo. Mesmo sem dados oficiais, é possível contabilizar, pelo …

Deixar Bilbau não dá bom resultado (lembra-se da grande equipa de Bielsa?)

Javi Martínez tenta contrariar a tendência dos seus antigos companheiros de equipa no famoso Atlético de Bilbau, que só aceita no seu plantel futebolistas nascidos no País Basco ou com ascendência familiar basca. Javi Martínez, herói …

Tatuagens racistas, saias curtas, cabelos e bigodes estranhos proibidos na PSP

Os polícias que tenham tatuagens com símbolos, palavras ou desenhos de natureza partidária, extremista, racista ou que incentivem à violência têm seis meses para as remover, de acordo com novas normas da PSP que também …