CineEco. Fotógrafo e ativista Timothy Bouldry vem a Seia contar as suas histórias

O fotógrafo norte-americano Timothy Bouldry viaja pelo mundo a fotografar as lixeiras e a ‘colecionar’ histórias verdadeiramente marcantes sobre os recolectores de lixo e de ‘tesouros’ que outros escolhem deitar fora. Este ano, vem a Seia contar as suas histórias na festa do Cinema Ambiental CineEco.

A mesma cidade que há 25 anos acolhe o único Festival de Cinema Ambiental em Portugal organiza, este ano, o II Fórum Internacional de Festivais de Cinema de Ambiente, FIFCA.

A conferência acontece dia 12 de outubro, sábado, às 09h30, no mesmo dia em que  arranca também oficialmente a grande festa do Cinema Ambiental, o CineEco, na Casa da Cultura de Seia às 21h30.

As atenções centram-se todas, ao longo do dia 12, no que é um dos grandes eventos paralelos do CineEco. O Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE) será o centro do debate internacional sobre a educação territorial e ambiental através do cinema, a emergência climática e sobre o papel das novas gerações nas alterações do clima.

A cerimónia de abertura acontece às 09h30 com a presença dos representantes das entidades oficiais. Pelo CISE vão assegurar presença vários cineastas, documentaristas, diretores de Festivais de Cinema Ambiental, jornalistas, ativistas, profissionais de várias áreas da cultura à educação, estudantes e população em geral interessada.

Depois do sucesso do ano passado, “o Fórum consolida Seia como a cidade que chama até si a centralidade do debate internacional, além de acentuar a importância dos festivais de cinema ambiental na consciencialização e na educação das populações”, sublinha o diretor do CineEco, Mário Branquinho.

Este ano, destaca-se a presença do fotógrafo e ativista Timothy Bouldry. O norte-americano viaja pelo mundo a fotografar as lixeiras e a ‘colecionar’ histórias verdadeiramente marcantes sobre os recolectores de lixo e de ‘tesouros’ que outros escolhem deitar fora.

Através do Right Path Project 501c3, Bouldry tem vindo a encontrar soluções para a mudança de vida de algumas das pessoas que fotografa e com quem se cruza nas lixeiras, quer seja na “La Chureca”, Nicarágua, ou no bairro de Escuintla na Guatemala, no Uganda, na Índia, Honduras ou em campos de refugiados sírios.

Timothy Bouldry / Facebook

O fotógrafo e ativista norte-americano Timothy Bouldry

Realce ainda para o regresso a Portugal da documentarista e jornalista Bárbara Veiga. A autora do livro “7 anos, em 7 mares” já cruzou oceanos, atuou em causas socio-ambientais em mais de 80 países e visitou as mais inóspitas paragens em todo o mundo. Veiga dedica a sua vida a trabalhar em causas ambientais para Greenpeace, Sea Shepherd e Avaaz.

A conferência do dia 12 assegura igualmente presença de Kalyanee Mam, realizadora da curta-metragem “Mundo Perdido” (“Lost World”), vencedora da 6ª edição do GFN Award, anunciado em setembro na apresentação oficial do CineEco.

Filmes, exposições, workshops e Eco-Talks

O Festival inclui nesta sua edição comemorativa dos 25 anos uma Seleção Oficial de 80 filmes, de 20 países, que abordam questões inerentes ao Ambiente e à Emergência Climática, uma reflexão geral sobre o impacto da ação do Homem na Terra.

Além de exposições, instalações artísticas indoor e outdoor, um cine-concerto, workshops e oficinas de educação ambiental, residências artísticas, provas de vinho e de gastronomia local, estão asseguradas as Eco-talks, pontos de encontro e discussão para troca de experiências, oportunidades e contactos entre profissionais especializados nas áreas do “Ambiente” e do “Audiovisual”, realizadores, diretores de cinema e participantes em geral.

Também a iniciativa Escolas no CineEco regressa este ano. Crianças e jovens, desde o pré-escolar até ao ensino secundário e profissional, terão a oportunidade de visualizar filmes e conversar com alguns dos mais de 30 realizadores e diretores presentes nesta 25ª edição do Festival.

CineEco Seia

II Fórum Internacional de Festivais de Cinema de Ambiente

O FIFCA conta este ano com 2 painéis de debate: o painel da manhã é moderado por Francisco Teixeira, da Agência Portuguesa do Ambiente. O segundo painel é moderado por Helena Freitas, do Centro de Ecologia Funcional, cátedra UNESCO em Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável.

Estão confirmadas as intervenções de Eleonora Izunsa, membro da direção da GFN e co-diretora do Festival de Cinema Ambiental – Cinema Planeta do México, Bruno Manique, do Centro Portugal Film Comission e Norberto Santos, coordenador do Grupo de Turismo, Património e Território – CEGOT da Universidade de Coimbra.

Também Francisco Ferreira, presidente da Associação ZERO, e Paula Sobral, presidente da Associação Portuguesa de Lixo Marinho, confirmaram já a presença.

A participação no Fórum é gratuita. Qualquer interessado deverá apenas efetuar a pré-inscrição no site oficial do CineEco.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Agregar, agregar, agregar". Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montengro

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida - o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o …

Açores são o único arquipélago do mundo com certificado de destino turístico sustentável

Os Açores são a primeira região do país certificada como destino turístico sustentável, distinção atribuída a apenas 13 regiões no mundo e entregue esta quinta-feira com a categoria de "prata" pela certificadora Earthcheck. "É com profundo …

Kendrick Lamar atua em data extra do Alive

O rapper norte-americano Kendrick Lamar vai atuar a 8 de julho, num dia extra do festival Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Esta será a terceira vez que o rapper atua em Portugal, tendo …

Hugh Grant em campanha porta a porta contra Boris Johnson e o Brexit

Hugh Grant está em campanha contra o primeiro-ministro do seu país. O ator britânico decidiu juntar-se aos trabalhistas e liberais democratas para derrotar Boris Johnson e, nos últimos dias, tem participado em ações de campanha …

Sarah previu a vitória de Trump em 2016. Agora, alerta para o perigo das redes sociais

Sarah Kendzior, que previu a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de 2016, diz que as redes sociais podem ser utilizadas como uma arma política. Quando quase todos menosprezavam a corrida eleitoral de Donald Trump …

Marcelo "afasta-se" do encontro entre Pompeo e Netanyahu

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, garantiu esta quinta-feira que o encontro, que decorre em Lisboa, entre o secretário de estado dos Estados Unidos e o primeiro ministro israelita "é uma realidade que …

Economia portuguesa cresce acima da média europeia

As economias da zona euro e da União Europeia (UE) mantiveram, no terceiro trimestre, o ritmo de crescimento do período homólogo, respetivamente 1,2% e 1,4%, com Portugal a avançar acima da média (1,9%). Segundo revelou o …

Atendimento a sem-abrigo passa a ser feito independentemente da morada

O atendimento de emergência a pessoas sem-abrigo passa a poder ser feito em qualquer centro distrital da Segurança Social, independentemente da morada em que a pessoa está registada ou da existência de um processo familiar, …

Catarina Martins presente na contra-cimeira do clima em Madrid

A coordenadora do BE integra a comitiva bloquista que, na sexta-feira, vai a Madrid para a manifestação da contra-cimeira do clima, enquanto decorre na capital espanhola a cimeira da Organização das Nações Unidas, a COP25. Em …

Bolívia. Identificadas "ações deliberadas" de manipulação eleitoral a favor de Evo Morales

A Organização de Estados Americanos (OEA) publicou o relatório final sobre as eleições de 20 de outubro na Bolívia, revelando "ações deliberadas que procuraram manipular os resultados das eleições" a favor do agora ex-Presidente Evo …