Cientistas encontraram uma forma de reverter a nossa idade biológica

Um novo estudo sugeriu pela primeira vez que será possível reverter o relógio epigenético do corpo, que mede a nossa idade biológica, através de uma mistura de três medicamentos.

De acordo com a Nature, durante um ano, nove voluntários saudáveis tomaram um cocktail de três medicamentos comuns: uma hormona de crescimento e dois medicamentos para a diabetes. Além da idade biológica dos participantes ter diminuído, em média, dois anos e meio, o sistema imunitário mostrou sinais de rejuvenescimento.

“Esperava ver a desaceleração do relógio, não uma reversão. Foi algo um tanto futurista”, disse Steve Horvath, geneticista da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que conduziu a análise epigenética.

O último teste foi desenvolvido sobretudo para testar se a hormona de crescimento poderia ser usada em humanos para restaurar tecidos do timo, uma glândula localizada entre os pulmões e o esterno responsável pelo amadurecimento dos linfócitos T (glóbulos brancos que asseguram a eficiência do sistema imunitário contra infeções e cancro). Depois da puberdade, o timo começa a encolher e a ficar cada vez mais entupido de gordura.

Evidências de estudos anteriores em animais e em humanos mostram que esta hormona estimula a regeneração desta glândula. No entanto, como também causa problemas de diabetes, os cientistas decidiram então administrar dois medicamentos contra a doença: desidroepiandrosterona (DHEA) e metformina.

Os cientistas recolheram amostras de sangue dos nove participantes — homens caucasianos com idades entre os 51 e os 65 anos — durante o período de tratamento. Os testes mostraram que a contagem de células sanguíneas foi rejuvenescida em todos os participantes.

Os investigadores também recorreram a ressonâncias magnéticas para determinar a composição do timo no início e no fim do estudo. Em sete participantes, a gordura acumulada tinha sido substituída por tecido regenerado.

Horvath usou ainda quatro relógios epigenéticos diferentes para avaliar a idade biológica de cada paciente e encontrou uma reversão significativa para cada participante em todos os testes. Além disso, o efeito persistiu nos seis participantes que forneceram uma amostra final de sangue seis meses depois da interrupção do teste.

A regeneração do timo pode ser útil em pessoas que têm um sistema imunitário pouco ativo, como os idosos, pois são um alvo fácil das pneumonias e outras doenças infeciosas.

Os resultados foram surpreendentes, contudo, os investigadores do estudo, publicado na revista científica Aging Cell, alertam que esta descoberta é preliminar, uma vez que a amostra usada era pequena, pouco diversificada e não tinha um grupo de controlo.

ZAP //

PARTILHAR

13 COMENTÁRIOS

  1. Existem actualmente variadíssimas vertentes de estudo sobre por um lado o prolongamento da esperança de vida (Lifespan) e por outro o melhoramento da saúde até mais tarde na vida (Healthspan). Idealmente o objectivo sería conseguir os dois.

    Desde o combate à senescência celular, passando pela inibição dos chamados Splicing Factors (proteinas como a DAF-2, que ligam e desligam certos genes responsáveis pelo envelhecimento celular), modificação genética de células somáticas através do método de edição genética CRISP. até mesmo a estudos sobre alterações epigenéticas, como o levado a cabao por Matt Kaeberlein, David Sinclair (cujo livro sai hoje curiosamente) ou Juan Carlos Izpisua Belmonte do Salk Institute for Biological Studies… Enfim, estes estudos anti-aging estão a ser levado a cabo por diversas vertentes.

    Mas o problema é sempre o mesmo: desde controvérsias éticas sobre alterações do código genético, passando pelo regulamento de procedimentos até à aprovação de medicamentos, tudo leva por vezes a atrasos… Alguns justificáveis, outros desnecessários por excesso de formalismos e regulamentações que são porventura excessivos. Acredito que mais uns 10 anos e teremos drogas e tratamentos cá fora (que não hão-de ser muito baratas nem acessíveis).

    Sería no entanto fundamental que as pessoas se preocupassem mais em viver uma vida com um sentido, com autenticidade e orientada pela virtude e pelo altruismo… Do que simplesmente viver mais por viver mais. Vivamos 70 ou 200 anos, nunca vamos achar que é suficiente. Mas se vivermos com autenticidade e virtude, qualquer altura de partir deste plano de existência é encarada com mais serenidade.

RESPONDER

Helicóptero do INEM avariou durante missão. Vítima que ia socorrer acabou por morrer

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), localizado em Loulé, teve uma avaria a meio de uma missão de socorro, sendo obrigado a abortar a viagem que visava ajudar uma mulher de 22 …

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …