Tratamento de enzima reverteu completamente Alzheimer em cobaias

Um novo tratamento experimental conseguiu reverter completamente a doença de Alzheimer em cobaias, apenas com a redução dos níveis de uma enzima no cérebro dos animais.

Os resultados foram publicados esta quarta-feira no Journal of Experimental Medicine e reforçam a teoria de que as placas amilóides estão na raiz da misteriosa doença cerebral. O grupo de cientistas que fez o estudo sinaliza que tratar estas placas poderia levar a uma eventual cura para a doença.

O estudo descobriu que a redução lenta dos níveis da enzima BACE1 em cobaias, à medida em que envelheciam, impediu ou reverteu a formação de placas amilóides no cérebro. As placas amilóides, formadas quando pedaços de proteína se acumulam no cérebro, são encontradas em quantidades elevadas em pacientes com Alzheimer.

A BACE1 é uma proteína que se forma naturalmente no cérebro e ajuda a produzir péptido beta-amilóide, uma proteína também envolvida na formação de placa cerebral.

Segundo defendem os cientistas da Cleveland Clinic, reduzir a BACE1 no cérebro teria um efeito de destilação, reduzindo a formação da placa. Na experiência, os cientistas examinaram os ratos criados para desenvolver a doença de Alzheimer.

Gradualmente , os ratos produziram menos enzimas BACE1 à medida que envelheciam, a última através da remoção de um gene crucial. Esses ratos deveriam ter desenvolvido a doença de Alzheimer, mas sem a BACE1, isso não aconteceu. Os ratos acabaram por se desenvolver normalmente e permaneceram saudáveis até chegarem a uma idade avançada.

Os investigadores observaram que reduzir os níveis de BACE1 não só impediu a doença de Alzheimer em cobaias, mas também reverteu a doença em animais que começavam a mostrar os primeiros sinais.

O Dr. Daniel Franc, neurologista em Santa Monica, na Califórnia, disse que, independentemente de essa descoberta exata ter sucesso para os seres humanos, os resultados continuam a ser importantes. “Eu diria que esta é uma descoberta incremental. Não é revolucionária, mas agrega mais apoio às atuais abordagens contínuas”, disse Franc.

A pesquisa dá esperança de que a ciência esteja no caminho certo para encontrar um tratamento viável. “Acho que este foi o momento ideal para pensar que teremos intervenções para a doença de Alzheimer”.

O Dr. Richard Isaacson sustenta que os resultados são promissores e acrescentaram mais provas de que o inibidor de BACE1 poderia ser um tratamento efetivo contra o Alzheimer. Mas advertiu que ainda é muito cedo para celebrar.

Os ratos são muito diferentes dos seres humanos para que possamos ter em conta estes resultados. “O outro lado da moeda é que 99% de todos os ensaios de medicamentos clínicos para a doença de Alzheimer falharam e não sabemos porquê“, disse Isaacson, que não estava envolvido no novo estudo. “Talvez o amilóide não seja o alvo certo”.

Mesmo que os amilóides sejam o alvo certo, Isaacson explicou que ainda teríamos que esperar um mínimo de cinco a sete anos antes de saber se a mesma abordagem é útil nos seres humanos.

PARTILHAR

RESPONDER

Vídeo mostra orcas a perseguirem tubarões-brancos na África do Sul

O tubarão-branco é visto como o maior predador dos oceanos. Mas um novo vídeo mostra que nem este animal está assim tão seguro, sendo na verdade uma presa para outras espécies. De acordo com o Science …

Descoberta a primeira vespa polinizadora da época dos dinossauros

Uma equipa de cientistas encontrou a primeira vespa polinizadora (prosphex anthophilos), que conviveu com dinossauros há cerca de 100 milhões de anos. O animal foi encontrado num fragmento de resina fossilizada em Mianmar, na Birmânia, segundo …

China está a vender drones assassinos ao Médio Oriente

A China está a vender drones capazes de matar automaticamente, sem necessidade de controlo humano. Os seus principais clientes serão a Arábia Saudita e o Paquistão. Segundo o site Defense One, uma empresa chamada Ziyan está …

Aumento da temperatura pode vir a matar 1,5 milhões de indianos por ano

Se as emissões globais de gases de efeito de estufa não forem interrompidas, cerca de 1,5 milhões de indianos podem vir a morrer anualmente até 2100 devido ao aumento das temperaturas. Os números contam de …

O vencedor do Tour de France, Egan Bernal, pode ter beneficiado de uma vantagem genética

O ponto de viragem da Tour de France deste verão ocorreu no alto de uma montanha nos Alpes franceses. Foi o resultado de anos de treinamento e, de acordo com um estudo divulgado na segunda-feira, …

Mina Chang utilizou uma capa falsa da Time no CV e conseguiu chegar ao Governo de Trump

Mina Chang, vice-secretária adjunta do Gabinete de Operações de Conflitos e Estabilização do Departamento de Estado dos Estados Unidos, mentiu no seu currículo para conseguir alcançar um lugar no Governo de Donald Trump. De acordo com …

Jovem norueguesa controla 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

Uma norueguesa de 22 controla 450 perfis privados no Instagram para tentar evitar suicídios, conta a emissora britânica BBC, revelando ainda que a jovem recebeu já o apelido de "salva-vidas" devido ao trabalho que leva …

Espanha vai tentar exumar 31 corpos que se encontram no Vale dos Caídos

As autoridades espanholas vão tentar exumar 31 dos milhares de corpos de pessoas enterradas no Vale dos Caídos, um grande mausoléu onde esteve enterrado o ditador Francisco Franco até ao mês passado. Segundo a agência Associated …

Holanda reduz velocidade máxima nas autoestradas em prol da qualidade do ar (e deixa o primeiro-ministro "muito infeliz")

O Governo holandês vai baixar os limites de velocidade nas autoestradas do país para travar as emissões de monóxido de nitrogénio, que contribui para a degradação da camada de ozono. O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou …

Facebook para iOS utiliza câmara do iPhone sem que o utilizador note

Há um erro na aplicação do Facebook para iOS - sistema operativo do iPhone - que liga a câmara do telemóvel sem que o utilizador se aperceba quando este faz scrool no feed de …