Há uma nova explicação para a dependência do álcool

De acordo com um novo estudo, a dependência do álcool tem uma relação direta com as alterações climáticas: quanto mais frio é o clima e menos sol há, mais as pessoas tendem a consumir bebidas com álcool.

O novo estudo, publicado no fim de outubro na revista Hepatology, contou uma equipa internacional de cientistas do México, Espanha e Estados Unidos.

Para a investigação, os especialistas estudaram dados de 193 países soberanos – incluindo os 50 estados e os 3.144 municípios norte-americanos – a partir de informações da Organização Mundial da Saúde e da Organização Meteorológica Mundial.

As conclusões da pesquisa sugerem que a temperatura média anual e o número anual de horas solares têm uma “correlação inversa” com o consumo de álcool anual per capita.

Tendo isto em conta, os cientistas afirmam que os problemas relacionados com o dependência do álcool – como a cirrose hepática – são mais comuns em países frios. Os especialistas acreditam que estes números podem ser causados pelo desejo das pessoas   “aquecerem” ou até mesmo de “fugir da depressão” causada pela falta de dias de sol.

O álcool é um vasodilatador, ou seja, é uma substância que aumenta o fluxo de sangue quente para a pele, que é repleta de sensores de temperatura. Por este mesmo motivo, consumir álcool pode aumentar a sensação de calor.

“É algo que toda a gente já assume há décadas, mas ninguém o demonstrou cientificamente. Por que bebem tanto as pessoas que vivem na Rússia? Em Wisconsin? Toda a gente acredita que é porque faz frio”, disse Ramon Bataller, autor do estudo.

Não obstante, notam os cientistas, o alcoolismo está, em termos globais, em declínio.

ZAP // RT

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Que mentira!!! Portugal é um dos países onde se consome mais álcool, se não for o primeiro, e é um país muito solarengo. E os portugueses não bebem porque têm frio ou estão deprimidos pela falta de calor, bebem porque são uma cambada de bêbados. O fato de haver mais cirrose em países mais frios não justifica serem mais consumidores de álcool, se calhar a justificação é outra, se calhar têm menos resistência ao álcool e por isso adoecem mais frequentemente. Se calhar nos países mais quentes, o calor faz evaporar o álcool mais facilmente do sistema. É uma justificação tão estúpida e válida como outra qualquer.

    • O mal está na desinformação. Por viciar rapidamente e ser tão perigoso é que o álcool é considerada droga pesada, e alguns especialistas consideram-na ainda pior que a heroína ou o crack.
      Verdadeira porta de entrada para outras drogas (gateway drug) E é legal!… Agora pensa.

  2. Quando eu era criança eu tinha medo dos bebados por que mamãe dizia que eles eram malvados… Hoje eu vejo que somos uns caras legais e mal compreendidos…. kkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Que dados fidignos analisaste? Deves ser uma autoridade sobre a cambada de bêbados? Tal como a cambada de gente que sabe tudo apesar de não estudarem os assuntos. Opiniões estúpidas e sem valor. Como sabes que em Portugal é um dos que bebe mais? Já ouviste dizer? Os outros é que têm o fígado fraco. Viva o fígado português! Mas o que dizer do cérebro?
    Mêrda já comecei o dia a perder tempo com porcaria.

  4. Será que nos países quentes há mais multas por excesso de álcool no Inverno? Sabendo a resposta talvez ajudasse a confirmar o estudo.

  5. eheeheheheh vivaa PINGA. Ja se bebe de tudo e toma-se de tudo, fuma-se de tudo etc etc a PINGA entao carago e engolilo GOELA ABAIXO iiiiiiii ca vai mais UM COPITO iiii rrro golgologolo caramba que RICA PINGA ou MARIA ahahahque rica PINGA ou MANELahahahazzzupsssssiiiiii
    agp

RESPONDER

Fogos na Sertã dominados. Chamas ainda descontroladas em Vila de Rei e Mação

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …

Consumo de proteínas e laticínios pode ajudar a reduzir risco de diabetes

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes. A diabetes é um problema de saúde …

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …