Cientistas podem ter desvendado um dos mistérios mais antigos sobre o Sol

SDO / NASA

Imagem de uma explosão solar classe X2.0 captada a 27 de outubro de 2014

Até hoje, ninguém conseguiu explicar porque é que a atmosfera do Sol é cerca de 200 a 500 vezes mais quente do que a sua superfície. Mas um grupo de cientistas norte-americanos está, agora, mais perto de desvendar o mistério sobre a coroa solar.

Através da missão IRIS – um satélite da NASA que está a recolher informações sobre o Sol – os especialistas dizem que a coroa solar é parcialmente aquecida por “bombas de calor”, causadas por explosões de energia provenientes de campos magnéticos que se cruzam e se realinham na região.

Com o estudo, publicado no Astrophysical Journal, os cientistas esperam conseguir descobrir se a atmosfera do Sol está a ser aquecida de uma maneira uniforme ou em “bolsas quentes” separadas que se espalham pela atmosfera superior.

A IRIS faz com que a análise seja mais fácil, pois é capaz de verificar a região de transição solar, a área entre a superfície do Sol e a coroa, e pode medir o movimento do gás quente ao pormenor.

“Como a IRIS pode identificar a região de transição 10 vezes melhor do que os instrumentos anteriores, pudemos ver material quente entre os campos magnéticos”, explica a investigadora Paola Testa, do Centro de Astrofísica Smithsonian de Harvard, citada pelo Science Alert.

“Esta teoria é compatível com modelos da Universidade de Oslo, em que a conexão magnética desencadeia bombas de calor na coroa”, destaca.

Essa conexão magnética, onde o calor e a energia são libertados, é também responsável por outros fenómenos, como as chamas solares.

Desde o seu lançamento em 2013, a IRIS, que funciona como uma espécie de lupa para estudar as bordas da atmosfera do Sol, e tem fornecido aos cientistas detalhes sobre a atividade solar.

Anteriormente, os cientistas usaram imagens da IRIS para encontrar provas de pequenas chamas solares chamadas nanoflares, através das quais o Sol liberta energia.

As observações das nanoflares foram apoiadas por dados enviados por outro satélite da NASA, EUNIS (ou Espectrograma de Incidência Normal Ultravioleta Extrema).

De acordo com os especialistas, a nova descoberta pode ajudar a prever quando é que as tempestades solares podem atingir a Terra, visto que são acontecimentos capazes de causar danos sérios ao nosso planeta.

E, se os cientistas pretendem desenvolver esta incrível fonte de energia limpa, segura e quase ilimitada, então é necessário descobrir saber mais sobre as reacções químicas que ocorrem em torno do Sol.

BZR, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Trump promove falsa teoria de que Kamala Harris não nasceu nos EUA (e que não será elegível para vice)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ouviu que Kamala Harris, candidata democrata à vice-presidência da Casa Branca, não era elegível para o cargo, com base num boato que sugeria que pode não …

"Avante!". Pede-se máscara obrigatória, mas PCP só dá ouvidos à DGS

Vários peritos pedem o uso obrigatório de máscara na Festa do Avante!, mas o PCP só atende às recomendações feitas pela Direção-Geral da Saúde. Depois de muita contestação, a Festa do Avante! vai mesmo realizar-se, entre …

Coreia do Sul com maior número de casos desde março. Seul reforça medidas restritivas

A Coreia do Sul endureceu este sábado as medidas restritivas para conter a pandemia de covid-19 em Seul e arredores após registar o número mais elevado de novos casos diários em cinco meses. As regras, que …

Cavani tem viagem marcada para fechar acordo com o Benfica

Vários órgãos de informação avançam que Edinson Cavani tem viagem marcada para a Europa, onde deverá assinar com o SL Benfica dentro dos próximos dias. Depois de várias semanas de negociações, Edinson Cavani está praticamente garantido …

Novo Banco. Gama Life garante não ter relação com Greg Lindberg (mas GNB mudou-se para a sua morada)

O fundo da Apax Partners que assumiu o controlo da GNB Vida depois da compra ao Novo Banco “mudou-se” para a mesma morada de empresas do multimilionário Greg Lindberg em Londres, apesar da seguradora garantir …

Ministra admite que não leu relatório sobre Reguengos (e desvaloriza surtos em lares)

A ministra da Segurança Social admitiu, em entrevista ao semanário Expresso, que não leu o relatório sobre Reguengos de Monsaraz, mas considerou que a dimensão dos surtos de covid-19 em lares “não é demasiado grande …

Calvário no Barcelona. Setién de saída, Messi faz ultimato e Piqué fala em "vergonha"

O Barcelona foi esmagado (8-2) pelo Bayern Munique, nos quartos de final da Liga dos Campeões. Setién está de saída, Messi fez um ultimato e Piqué falou em "vergonha". Foi a noite mais negra de sempre …

Antonoaldo Neves quer receber mais para sair da TAP (mas Governo não paga "nem mais um cêntimo")

Quando foi anunciado o acordo de saída de David Neeleman da TAP, o Governo anunciou também que Antonoaldo Neves, CEO da companhia, seria substituído. No entanto, ainda não se chegou um acordo para a saída. …

Explosão em Beirute terá sido causada por trabalhos de manutenção

A explosão no porto de Beirute, no Líbano, que matou 171 pessoas, feriu mais de 6 mil e deixou um rasto de destruição na cidade, poderá ter sido causada por trabalhos de manutenção num armazém. …

"Crocodilo do terror" tinha dentes do tamanho de bananas e comia dinossauros

Um novo estudo descobriu um grupo de crocodilos antigos que tinham cerca de 10 metros de comprimento e dentes "do tamanho de bananas", que lhes permitiam derrubar até os maiores dinossauros do seu ecossistema. De acordo com …