Cientistas inventam óleo alimentar que pode ser usado 80 vezes

Universidade Putra Malaysia

A professora Suhaila Mohamed e a sua equipa com o óleo alimentar AFDHAIL

A professora Suhaila Mohamed e a sua equipa com o óleo alimentar AFDHAIL

Uma equipa de investigadores indianos desenvolveu uma nova fórmula de óleo alimentar que pode ser usado 80 vezes.

Depois de sete anos de investigação, uma equipa de cientistas da Universidade Putra Malaysia desenvolveu uma nova forma de óleo alimentar que tem uma durabilidade muito maior do que os convencionais, conta o The Star Online.

Desenvolvido por Suhaila Mohamed, professora no Instituto de Biociências da universidade, este óleo, para além de poder ser usado 80 vezes antes de ser deitado fora, “é 85% menos absorvido pelos alimentos e é mais saudável pois não contribui tanto, como os outros óleos, no desenvolvimento de doenças cardíacas e cancerígenas”, declara a página.

Na sua composição está um extrato da rutácea, uma erva com composição anti-oxidante, anti-bacteriana, com propriedades anti-histamínicas e que, para juntar o útil ao agradável, “melhora o sabor e torna os alimentos mais crocantes”.

Esta podia ser uma revolução na indústria alimentar, não fosse este óleo ter uma grande desvantagem.

O produto usa como base o óleo de palma, muito discutido por causa da sua insustentabilidade para a indústria.

AFDHAL foi o nome escolhido para o produto e significa “Antioxidant Free Decrease Have Anti Lengthen”, o que decompondo a palavra se traduz por “Antioxidant” (com extratos naturais de uma erva), “Free” (livre de gorduras, substâncias sintéticas e colesterol), “Decrease” (sem desperdício, deterioração e alergia), “Have” (com benefícios para a saúde), “Anti” (quase nenhum óleo absorvido pelos alimentos) e “Lengthen” (com uma vida e uso útil).

A responsável por esta descoberta diz que este óleo pode ser adicionado aos óleos de cozinha habituais,  em pequena quantidade, para provocar os benefícios mencionados.

“O óleo AFDHAL pode ser usado com todos os tipos de óleos alimentares, misturando uma quantidade de 15ml, uma colherada de 150ml ou metade de uma caneca num óleo de cozinha convencional”, pode ler-se no comunicado publicado pelo Science Daily.

 Suhaila afirma que, nas prateleiras dos supermercados, os óleos mais saudáveis são os azeites virgem extra mas que estes, para além de caros, não são uma boa opção para fritar.

Com este produto, a investigadora espera que os consumidores sejam capazes de reduzir custos e, ao mesmo tempo, serem mais conscientes.Apesar da intenção em expandir o produto, o contacto com alguns mercados locais não prosperaram.

A professora considera que a população ainda “não está 100% confiante no produto malaio” mas sente-se otimista.

Temos planos para exportar o produto, sobretudo para a China”, acrescentou.

Para já, o óleo AFDHAL está a ser comercializado no Lazada, um dos maiores sites asiáticos de compra e venda de todo o tipo de produtos.

FM, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Rulotes vão ser proibidas de vender álcool em zonas do Porto, Lisboa e Albufeira

O Governo anunciou, esta sexta-feira, que está a articular com as câmaras de Lisboa e Albufeira a proibição de vendas alcoólicas por rulotes "nas zonas de diversão noturna identificadas como problemáticas pelas forças de segurança". A …

Condenada a mais oito. Ex-Presidente Park arrisca agora 32 anos de prisão

Esta sexta-feira, o Tribunal Distrital de Seul condenou a ex-Presidente sul-coreana Park Geun-hye a mais oito anos de prisão. Park Geun-hye, ex-Presidente da Coreia do Sul, já tinha sido condenada a 24 anos de prisão por …

Viagem de deputados contra supressão de comboios cancelada (porque o comboio foi suprimido)

Uma comitiva de deputados e autarcas que pretendia viajar de comboio entre as Caldas da Rainha e Lisboa, para exigir soluções para a Linha do Oeste, ficou apeada e foi obrigada a fazer o percurso …

12 feridos em ataque com arma branca em autocarro na Alemanha

12 pessoas ficaram feridas, duas delas em estado grave, no ataque perpetrado por um homem, armado com arma branca, no interior de um autocarro na cidade alemã de Lübeck, norte do país, segundo a televisão …

É um "emprego de sono". 1000 euros para dormir 8 horas por dia

Um salário de 1000 euros ao fim do mês para dormir oito horas por dia. Eis a oferta de emprego da marca portuguesa Desonno, especializada em colchões e almofadas, que é, acima de tudo, uma …

Marinha Portuguesa vai receber 7 novos navios (para cumprir acordo com a NATO)

O primeiro-ministro anunciou, esta sexta-feira, a construção, nos próximos seis a oito anos, de sete novos navios para a Marinha portuguesa, no âmbito da revisão da Lei de Programação Militar (LPM). António Costa falava nos estaleiros …

Por dia, são assassinadas pelo menos 3 crianças no México

Pelo menos três crianças são assassinadas todos os dias no México, país que fechou o ano passado com o número mais elevado de homicídios das últimas duas décadas, lamentaram esta quinta-feira as autoridades do país. “Temos …

Macron despede colaborador que agrediu manifestante

O Presidente francês viu-se obrigado a despedir o colaborador que tinha sido filmado a agredir um manifestaste no 1º de maio, alegando terem surgido "dados novos" sobre o caso. Segundo o Público, o colaborador de Emmanuel Macron que foi …

Há uma empresa neozelandesa em que se trabalha 4 dias por semana (e ganha-se o mesmo)

Os trabalhadores da Perpetual Guardian trabalham apenas quatro dias por semana e recebem o mesmo salário. A empresa neozelandesa decidiu fazer a experiência e os resultados não poderiam ser melhores. Mantendo o mesmo salário e sem …

Enorme sarcófago negro tinha 3 múmias (e nenhuma maldição)

O enorme sarcófago negro encontrado em Alexandria foi finalmente aberto e o mistério foi desvendado. Nem maldição nem restos mortais de Alexandre, o Grande. Na verdade, o túmulo tinha 3 múmias e água de esgoto. O …