Cientistas inventam óleo alimentar que pode ser usado 80 vezes

Universidade Putra Malaysia

A professora Suhaila Mohamed e a sua equipa com o óleo alimentar AFDHAIL

A professora Suhaila Mohamed e a sua equipa com o óleo alimentar AFDHAIL

Uma equipa de investigadores indianos desenvolveu uma nova fórmula de óleo alimentar que pode ser usado 80 vezes.

Depois de sete anos de investigação, uma equipa de cientistas da Universidade Putra Malaysia desenvolveu uma nova forma de óleo alimentar que tem uma durabilidade muito maior do que os convencionais, conta o The Star Online.

Desenvolvido por Suhaila Mohamed, professora no Instituto de Biociências da universidade, este óleo, para além de poder ser usado 80 vezes antes de ser deitado fora, “é 85% menos absorvido pelos alimentos e é mais saudável pois não contribui tanto, como os outros óleos, no desenvolvimento de doenças cardíacas e cancerígenas”, declara a página.

Na sua composição está um extrato da rutácea, uma erva com composição anti-oxidante, anti-bacteriana, com propriedades anti-histamínicas e que, para juntar o útil ao agradável, “melhora o sabor e torna os alimentos mais crocantes”.

Esta podia ser uma revolução na indústria alimentar, não fosse este óleo ter uma grande desvantagem.

O produto usa como base o óleo de palma, muito discutido por causa da sua insustentabilidade para a indústria.

AFDHAL foi o nome escolhido para o produto e significa “Antioxidant Free Decrease Have Anti Lengthen”, o que decompondo a palavra se traduz por “Antioxidant” (com extratos naturais de uma erva), “Free” (livre de gorduras, substâncias sintéticas e colesterol), “Decrease” (sem desperdício, deterioração e alergia), “Have” (com benefícios para a saúde), “Anti” (quase nenhum óleo absorvido pelos alimentos) e “Lengthen” (com uma vida e uso útil).

A responsável por esta descoberta diz que este óleo pode ser adicionado aos óleos de cozinha habituais,  em pequena quantidade, para provocar os benefícios mencionados.

“O óleo AFDHAL pode ser usado com todos os tipos de óleos alimentares, misturando uma quantidade de 15ml, uma colherada de 150ml ou metade de uma caneca num óleo de cozinha convencional”, pode ler-se no comunicado publicado pelo Science Daily.

 Suhaila afirma que, nas prateleiras dos supermercados, os óleos mais saudáveis são os azeites virgem extra mas que estes, para além de caros, não são uma boa opção para fritar.

Com este produto, a investigadora espera que os consumidores sejam capazes de reduzir custos e, ao mesmo tempo, serem mais conscientes.Apesar da intenção em expandir o produto, o contacto com alguns mercados locais não prosperaram.

A professora considera que a população ainda “não está 100% confiante no produto malaio” mas sente-se otimista.

Temos planos para exportar o produto, sobretudo para a China”, acrescentou.

Para já, o óleo AFDHAL está a ser comercializado no Lazada, um dos maiores sites asiáticos de compra e venda de todo o tipo de produtos.

FM, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Tondela vs Benfica | Pizzão em goleada na Beira Alta

O Benfica conseguiu a maior goleada da sua temporada fora de casa. Na deslocação a Tondela, os “encarnados” venceram por claros 5-1, numa noite de grande inspiração de Pizzi – estreou-se a marcar esta época …

Turquia quer abrir embaixada na parte oriental de Jerusalém como capital palestiniana

O presidente da Turquia disse, este domingo, que o país planeia abrir uma embaixada em Jerusalém Oriental como capital de um futuro Estado palestiniano, depois dos EUA terem reconhecido Jerusalém como capital de Israel. “Já declarámos …

Sporting vs Portimonense | Leão sereno soma e segue

O Sporting subiu ao primeiro lugar da tabela na Liga NOS, de forma provisória, ao vencer, por 2-0, o Portimonense, em Alvalade. A equipa liderada por Jorge Jesus soube contrariar as adversidades impostas por um Portimonense …

Isabel dos Santos usou dinheiro da Unitel para controlar a Zon e criar a NOS

A empresária angolana utilizou dinheiro da maior operadora móvel do país para comprar ações da Zon e realizar a fusão entre a Zon e a Optimus, criando a NOS.  Segundo o Público, entre maio de 2012 …

Empresas de autocarro e comboio de acidente em França com versões contraditórias

A condutora do autocarro que, na quinta-feira, colidiu com um comboio, no sudoeste de França, diz que as cancelas da passagem de nível estavam levantadas quando atravessou a linha, mas a companhia ferroviária afirma o …

Santana Lopes "está a fazer as mesmas trapalhadas que fazia em 2004"

O antigo presidente da Câmara do Porto diz que, relativamente à questão dos debates na televisão, o rival à liderança do PSD só está a mostrar que continua "a fazer exatamente as mesmas trapalhadas que …

Equipa de Trump acusa Mueller de ter obtido milhares de emails ilegalmente

O Procurador Especial que investiga a interferência russa nas eleições presidenciais dos EUA em 2016 obteve de forma ilegal "dezenas de milhares de emails", segundo um advogado da equipa de transição de Donald Trump. Numa carta …

6 meses depois, ainda há quem pergunte pela "estrada da morte"

O chamado "turismo da desgraça" ainda persiste pela zona de Pedrógão Grande, mas com muito menos frequência do que nas primeiras semanas e meses após o incêndio de 17 de junho. Na estrada 236-1, seis meses …

Atentado contra igreja no Paquistão faz pelo menos 8 mortos e 30 feridos

Pelo menos oito pessoas morreram e 30 ficaram feridas, este domingo, durante um ataque suicida contra uma igreja no sudoeste do Paquistão a poucos dias do Natal, anunciou a polícia. O ataque foi perpetrado por dois …

Gravuras rupestres mostram que os cães ajudaram o Homem a sobreviver

Foram descobertas na Arábia Saudita gravuras rupestres que mostram que o Homem já caçava com cães há oito mil anos. Os cientistas continuam a tentar perceber quando e como é que começou a relação entre humanos …