Cientistas criaram uma “Internet” que vive dentro do nosso corpo

Numa era marcada por problemas de cibersegurança, com os piratas informáticos a encontrarem técnicas de ataque cada vez mais sofisticadas, uma equipa de cientistas conseguiu criar uma solução para manter dispositivos médicos implantáveis, como bombas de insulina e pacemakers, protegidos de hackers.

Ataques informáticos a dispositivos médicos, feitos através de ligações wireless, podem permitir a hackers aceder a sinais vitais de pacientes ou abrir a porta a eventuais acções prejudiciais para a saúde das pessoas visadas.

Este cenário assustador não terá ainda ocorrido, mas é plausível, como explica o professor Shreyas Sen, especializado em sistemas de comunicação e de detecção e um dos investigadores da Universidade Purdue, nos EUA, que se dedicou à pesquisa de alternativas para tornar os dispositivos médicos wearable mais seguros.

“Estamos a ligar cada vez mais e mais dispositivos à rede do corpo humano, desde relógios inteligentes e rastreadores de fitness até monitores de realidade virtual montados na cabeça”, constata Shreyas Sen num comunicado da Universidade sobre a investigação que foi publicada no jornal Scientific Reports.

“O desafio tem sido não apenas manter esta comunicação dentro do corpo para que ninguém a possa interceptar, mas também obter maior largura de banda e menor consumo de bateria”, constata ainda Sen.

Foi a partir desta problemática que engenheiros informáticos da Universidade Purdue, com Sen na equipa, se dedicaram a procurar uma forma de tornar mais seguros os aparelhos médicos que combinam tecnologias wearable e Bluetooth com uma rede de área corporal (habitualmente referida como BAN, a sigla de body area network).

“Os fluidos corporais transportam sinais eléctricos bastante bem. Até agora, a chamada “rede de área corporal” tem usado tecnologia Bluetooth, enviando sinais para e em redor do corpo”, constata Sen, frisando, contudo, que “estas ondas electromagnéticas podem ser apanhadas dentro de, pelo menos, um raio de 10 metros de uma pessoa“. Isto deixa campo aberto para a entrada em jogo de hackers habilidosos.

Para contrariar essa possibilidade, os investigadores desenvolveram um dispositivo que conecta sinais na “faixa electro-quase-estática, que é muito menor no espectro electromagnético”, como apontam.

Com recurso a um protótipo de relógio inteligente, conseguiram transmitir comandos através de uma BAN limitada – uma pessoa pode receber um sinal de qualquer parte do corpo, com o dispositivo a manter essa comunicação dentro do corpo de forma a que não seja acessível a piratas informáticos.

Desta forma, os sinais de comunicação criados não saltaram sequer um centímetro para lá da pele, o que os torna inalcançáveis para hackers.

“Mostramos, pela primeira vez, uma compreensão física das propriedades de segurança da comunicação do corpo humano para permitir uma rede secreta de área corporal, para que ninguém possa bisbilhotar informações importantes”, constata Sen.

Além disso, este tipo de comunicação utiliza 100 vezes menos energia do que as comunicações Bluetooth tradicionais.

Os cientistas estão agora a trabalhar com o Governo norte-americano e com a indústria para incorporar este aparelho num circuito integrado do tamanho de um grão de areia.

Além da protecção contra piratas informáticos, a tecnologia pode vir a ser usada na reprogramação de aparelhos médicos sem a necessidade de realizar cirurgias invasivas.

Pode também despoletar uma era que Sen denomina como “medicina bio-electrónica em circuito fechado”, com os aparelhos médicos implantáveis a funcionarem como medicamentos, mas sem os efeitos secundários.

O professor admite ainda que o dispositivo pode promover o uso de imagiologia cerebral de alta velocidade para aplicações em neurociência.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Com 13 anos, herdeira da Coroa de Espanha discursa pela primeira vez

O rei Filipe VI transmitiu esta sexta-feira à princesa Leonor o compromisso "pessoal e institucional" que possui como herdeira da Coroa na entrega dos Prémios Princesa de Astúrias 2019, cerimónia acompanhada no exterior por uma …

"El Mencho" quer ser o próximo "El Chapo" (e está a matar polícias para o conseguir)

"El Mencho", líder de um dos cartéis mais influentes do México, foi responsável pelo massacre de 14 polícias. O barão da droga quer ser o próximo "El Chapo". No México, Nemesio Oseguera Cervantes, conhecido como "El …

Marcelo promulga regime de acolhimento residencial para crianças e jovens em perigo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta sexta-feira o diploma governamental que estabelece o regime de execução do acolhimento residencial, medida de promoção dos direitos e de proteção das crianças e jovens …

Lenny Kravitz regressa a Lisboa para um concerto em 2020

Lenny Kravitz regressa a Portugal em 2020. O músico irá atuar na Altice Arena, em Lisboa, no dia 25 de julho do próximo ano. Este concerto faz parte da digressão "Here to Love", de apoio ao …

Conspirador condenado a pagar 450.000 dólares por negar massacre de Sandy Hook

Um tribunal de Wisconsin, nos Estados Unidos, condenou um conspirador a indemnizar o pai de uma das crianças que morreu no tiroteio de Sandy Hook, em 2012, com 450.000 dólares depois de este afirmar que …

Adepto do Nápoles acusado da morte de apoiante do Inter

  O adepto do Nápoles tem antecedentes criminais e, segundo a investigação, poderá estar ligado à camorra, uma organização criminosa italiana. Um adepto radical do Nápoles foi esta sexta-feira detido sob a acusação de homicídio de um …

As temperaturas no Qatar estão tão altas que já há ar condicionado nas ruas

As temperaturas no Qatar, um dos lugares mais quentes do planeta, aumentaram tanto que as autoridades estão a instalar equipamentos de ar condicionado no exterior dos edifícios, nas ruas e nos mercados. O país, onde as …

Quadro de Nicolas de Staël vendido em Paris por valor recorde de 20 milhões de euros

Um quadro do pintor francês, de origem russa, Nicolas de Staël, foi vendido por 20 milhões de euros, um recorde para o artista, num leilão que decorreu em Paris e que foi organizado pela casa …

Duterte encoraja polícia a “matar todos” os suspeitos de tráfico de droga

O presidente das Filipinas encorajou o novo chefe da polícia da cidade de Bacolod, no centro do país, a matar todos os suspeitos de tráfico de droga. “Tens permissão para matar todos”, disse esta quinta-feira Rodrigo …

Prisão preventiva para um dos 23 arguidos da Operação Rota do Cabo

A operação Rota do Cabo, que investiga uma rede criminosa de auxílio à imigração ilegal, contava com a participação de funcionários do Fisco, da Segurança Social e do SEF. Um dos 23 arguidos da operação Rota …