Cientistas encontram “atalho” para curar a cegueira com células estaminais

O potencial das terapias com células estaminais é extraordinário. No entanto, há ainda um obstáculo que os cientistas estão a tentar superar: certificarem-se de que as células sobrevivam no corpo humano tempo suficiente para que funcionem.

Cientistas do Buck Institute, nos EUA, poderão agora ter encontrado precisamente uma forma de o fazer acontecer.

Num novo estudo publicado na revista Cell Stem Cell, os investigadores conseguiram registar demonstrações de restauração da visão de longo prazo através de transplantes de foto-receptores usando células estaminais humanas.

Os investigadores conseguiram evitar a rejeição do sistema imunológico das células estaminais, bloqueando as respostas imunes habituais que desencadeiam a sua rejeição pelo corpo do receptor.

Originalmente, não era claro se os foto-receptores transplantados simplesmente morriam antes de serem eficazes ou se eram desligados pelo sistema imunológico do organismo.

Deepak Lamba, autor do novo estudo, explica que os cientistas pensavam que o olho e o cérebro estavam isentos de monitorização pelas células do sistema imunológico.

Para descobrir isso, a equipe estudou uma estirpe específica de ratos, saudável, mas que não tinha um receptor de células imunes específico chamado IL2rγ. Estes ratinhos imunodeficientes sem receptores IL2 são incapazes de rejeitar células estranhas transplantadas.

Os ratos mostraram um aumento de dez vezes nas células retinais dadoras derivadas de células estaminais embrionárias humanas vivas. As células retinianas transplantadas amadureceram e integraram-se com sucesso nas retinas dos ratos.

“Isso transformou-se numa bela história de restauração de longo prazo da visão em ratos completamente cegos”, diz Lamba. “Nós mostrámos que estes ratos agora podem perceber a luz mesmo 9 meses após a injecção das células”.

Ao constatar que os transplantes nos ratinhos conseguiram sobreviver, os investigadores precisavam depois de testar se funcionavam de facto. Os foto-receptores derivados de células estaminais foram inseridos numa estirpe de ratinhos com cegueira congénita.

Medindo a resposta das suas cobaias à luz e aos centros de resposta visual dos seus cérebros, para verificar se os sinais do olho estavam a atingir as áreas cerebrais apropriadas, os investigadores observaram que os ratos podiam ver.

“Esta descoberta dá-nos muita esperança de que poderemos criar algum tipo de vantagem com as terapias de células estaminais, para que esta não seja apenas uma resposta temporária, na altura em que as células são colocadas – mas antes uma visão sustentada a longo prazo”, explica Lamba.

PARTILHAR

RESPONDER

Crédito ao consumo atingiu recorde de 7,6 mil milhões em 2019

O montante dos novos créditos ao consumo aumentou 7,1% em dezembro do ano passado, face ao mesmo mês do ano anterior, para 667,954 milhões de euros. De acordo com o os dados divulgados pelo Banco de …

Hamas engana soldados israelitas com fotografias de mulheres

Dezenas de soldados israelitas foram alvo de um ataque informático do Hamas, que usou fotografias de mulheres para infetar os seus telemóveis. De acordo com a BBC, o tenente-coronel Jonathan Conricus afirmou que os soldados receberam …

"Navio fantasma" dá à costa na Irlanda depois de mais de um ano à deriva

Um "navio fantasma" abandonado, que esteve mais de um ano à deriva, apareceu agora na costa de Ballycotton, uma vila costeira no condado de Cork, na Irlanda. Segundo o Irish Post, o navio MV Alta, de 77 metros …

12.º caso suspeito de coronavírus em Portugal deu negativo

O mais recente caso suspeito de coronavírus deu negativo, anunciou, esta terça-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com a Direção-Geral da Saúde, citada pelo jornal online Observador, a criança regressada da China que foi …

Vinte governadores brasileiros assinam carta com críticas a Bolsonaro

Vinte dos 27 governadores do Brasil subscreveram esta terça-feira uma carta dirigida ao Presidente do país, Jair Bolsonaro, que acusam de falta de diálogo, criticando também algumas das suas declarações públicas. "Recentes declarações de Jair Bolsonaro …

Super Bock e Sagres aliam-se em campanha contra o racismo

As duas marcas de cerveja aliaram-se numa campanha contra o racismo, depois do episódio ocorrido, no passado domingo, com Moussa Marega, no Estádio D. Afonso Henriques. "Contra o racismo, não há rivais" é o mote da …

Conselho de Disciplina abre processo disciplinar ao Vitória de Guimarães

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta terça-feira, a abertura de um processo disciplinar ao Vitória de Guimarães, devido aos insultos racistas a Moussa Marega. O avançado do FC Porto recusou-se …

Pinto da Costa confirma fim da carreira de Casillas. E diz que episódio com Marega é um caso de polícia

O presidente do FC Porto confirmou, esta terça-feira, o fim da carreira do guarda-redes espanhol, que anunciou a intenção de se candidatar à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). O dirigente portista falou aos …

Águias-de-Bonelli encontradas mortas no Douro Internacional

Duas águias-de-Bonelli jovens foram encontrados mortas no Douro Internacional, após terem sido marcadas com emissores GPS em 2018 e 2019, anunciaram na segunda-feira técnicos ligados a um projeto ibérico de salvaguarda destas aves. "O facto de …

Governo ficou perto da promessa de contratar 5000 doutorados

A anterior legislatura ficou a apenas 49 contratos de cumprir a meta estabelecida pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Educação Superior. De acordo com o jornal Público, a promessa do ministro da Ciência, Manuel Heitor, de …