Cientistas encontram algo “inexplicável” em Marte: gelo

Goddard Space Center / NASA

Cientistas descobriram em Marte algo praticamente impossível de existir: água em estado sólido perto da linha do equador de Marte.

Ao analisar imagens de arquivo de Marte da NASA, uma equipa de cientistas liderada por Jack Wilson, da Universidade Johns Hopkins (EUA), descobriu indícios de hidratação significativa – possivelmente, de água em estado sólido – perto da linha do equador do Planeta Vermelho. Segundo estimativa da NASA, não deveria existir água nessa região.

Na análise, os investigadores decidiram processar novamente os dados recolhidos entre 2002 e 2009 pelo espectrómetro de neutrões instalado a bordo da sonda espacial Mars Odyssey.

A equipa melhorou consideravelmente a qualidade das imagens, reduzindo as partes opacas e obtendo imagens mais nítidas da superfície de Marte.

A equipa descobriu inesperadamente grandes quantidades de hidrogénio, que em altas latitudes é sinal de gelo enterrado, na zona de formação Medusae Fossae. Mas a ciência não consegue explicar como água congelada poderia ser preservada nessa zona.

A teoria principal é que a mescla de gelo e pó, provenientes de áreas polares, pode ter realizado um ciclo através da atmosfera quando a inclinação axial de Marte era maior do que a atual.

NASA / JPL - Cal Tech / Univ. de Arizona

“Hidrogénio equivalente à água” (azul escuro) em algumas partes da região da linha do equador de Marte

Ao mesmo tempo, Wilson destaca que isso deveria ter ocorrido há milhões de anos e que qualquer fração de gelo depositada na zona deveria ter desaparecido há muito tempo.

“Isso continua um mistério digno de estudo adicional, e Marte continua a surpreender-nos”, concluiu Wilson.

A NASA destaca que a presença de água em estado sólido perto da linha do equador de Marte representa grande interesse para as expedições futuras a Marte, pois astronautas poderiam utilizá-la como fonte de água ou para a produção de combustível de hidrogénio.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Ponte colapsa em Toulouse. Há pelo menos um morto

Uma ponte colapsou, esta segunda-feira de manhã em Toulouse, em França, provocando a morte de pelo menos uma pessoa. A ponte suspensa sobre o rio Tarn, na cidade de Mirepoix-sur-Tarn, caiu esta manhã. Um carro e …

ADN revelou quem teve casos extraconjungais nos últimos 500 anos

Os cientistas revelaram que membros da sociedade tinham mais probabilidade de ter filhos fora do casamento ao estudar o ADN de pessoas da Europa ocidental nos últimos 500 anos. A densidade populacional do local onde uma …

O Ártico pode ficar sem gelo no verão de 2044

As mudanças climáticas provocadas pelo Homem estão muito perto de tornar o Ártico livre de gelo, já a partir do verão de 2044. Um artigo científico, publicado recentemente na Nature Climate Change por investigadores da Universidade …

Estamos sozinhos no Universo? Cientistas detalham que exoplanetas poderiam albergar vida

Através da modelagem climática, uma equipa de cientistas da Universidade de Northwestern, nos Estados Unidos, apontou que tipo de planetas têm maior probabilidade de serem habitáveis. A descoberta pode ajudar os astrónomos a selecionar áreas …

Viagens ao Espaço têm um novo perigo desconhecido para os astronautas

Há um perigo inerente às longas viagens espaciais dos astronautas desconhecido até aos dias de hoje. Um novo estudo aponta que os cosmonautas podem ver o seu fluxo sanguíneo revertido na parte superior do corpo. A …

Macrocilix maia, a misteriosa traça que tem moscas a comer fezes nas suas asas

Macrocilix maia é uma espécie de traça que se destaca pela forma como se camufla dos seus predadores. Nas suas asas vê-se duas moscas a comer excrementos de pássaro. A natureza nunca falha em surpreender-nos e …

Há provas que ligam misteriosa doença que paralisa crianças a vírus raro

Pela primeira vez, foram encontradas provas da associação do Enterovírus D68, um vírus raro até há algum tempo, à Mielite Flácida Aguda, uma doença semelhante à poliomielite que tem afectado centenas de crianças, provocando a …

Antigos egípcios podem ter encurralado milhões de pássaros só para os mumificar

Novas evidências de ADN sugerem que os antigos Egípcios capturavam pássaros selvagens para sacrifícios ritualísticos (e para os poderem mumificar depois). As catacumbas egípcias contêm milhares de pássaros mumificados, especificamente íbis-sagrados (Threskiornis aethiopicus), empilhados uns sobre …

Estudo mostra que sondagens tendenciosas enviesam eleições políticas

Através de experiências práticas, uma investigação recente sugere que as sondagens tendenciosas podem influenciar e enviesar as eleições políticas, até mesmo nas grandes democracias. Enquanto uma eleição se aproxima no Reino Unido e uma votação presidencial …

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …