Nova tecnologia pode ajudar a “domar” relâmpagos

Uma equipa de cientistas usou lasers de baixa potência para estimular e direcionar uma descarga elétrica, uma tecnologia que pode ajudar a prevenir incêndios florestais.

Uma equipa de cientistas, liderada por Andrey Miroshnichenko da Universidade de Nova Gales do Sul em Camberra, na Austrália, descobriu como usar um raio laser para guiar descargas elétricas.

No fundo, os especialistas estão a desenvolver uma tecnologia de raio trator a laser para controlar o caminho e a direção dos raios. Esta tecnologia pode permitir que os cientistas controlem um raio, reduzindo o risco de incêndios florestais, destaca o Tech Explorist.

Resultados semelhantes foram obtidos no passado com lasers de alta potência, o que tornava o processo caro e perigoso. Agora, segundo Miroshnichenko, “descobrimos que, para direcionar partículas, não precisamos de lasers de grande intensidade, mas apenas de um dispositivo de baixa intensidade como um laser pointer”.

A tecnologia, que ainda não foi testada fora dos laboratórios, pode ser usada para controlar raios secos não associados a chuvas, que foram responsáveis por causar os incêndios florestais de larga escala na Austrália e no oeste dos Estados Unidos este ano.

“Podemos imaginar um futuro onde esta tecnologia poderá induzir uma descarga elétrica de nuvens passantes, ajudando a direcioná-la a alvos seguros e reduzindo o risco de incêndios catastróficos”, comentou o cientista Vladlen Shvedov.

A experiência foi realizada no interior de uma câmara fechada, onde foi dispersa uma nuvem de micropartículas de grafeno. Ao ser disparado, o feixe de laser aqueceu as micropartículas, criando um “caminho” condutor que guiou a descarga elétrica.

Para já, a equipa ainda não tem um plano definido para dispersar as partículas de grafeno na atmosfera no ambiente agitado de uma tempestade, por exemplo. Ainda assim, o raio trator a laser poderá ter aplicações no controlo das descargas elétricas em microescala, com aplicações em medicina ou em processos de soldagem na indústria.

A equipa realça que ainda há muito trabalho pela frente antes de o “raio trator de raios” poder ser usado em condições ambientais reais. O artigo científico foi recentemente publicado na Nature Communications.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Uma pergunta que pode parecer parva, mas não seria possível converter essa descarga em energia limpa e carregar-la na rede de energia?

    • Uma pergunta inteligente, Sr. Paulo, mas penso que isso ainda está longe de ser possível. Creio que, no entanto, um dia isso vai ser viável.

RESPONDER

Polícia Judiciária faz buscas na Câmara de Vila Verde

A Polícia Judiciária está a fazer buscas na Câmara de Vila Verde, no distrito de Braga, relacionadas com "adjudicações a juntas de freguesia", confirmou esta quarta-feira à Lusa fonte daquela força policial. Segundo a mesma fonte, …

Reino Unido começa a vacinar já na próxima semana

O Reino Unido vai começar a vacinar a sua população contra a covid-19 na próxima semana. Depois da aprovação do uso da vacina da Pfizer, os primeiros a receber a vacina serão os trabalhadores e …

Governo já garantiu 370 camas no setor privado

O Governo já garantiu 370 camas no setor privado, sendo que quase metade, 164, são para doentes covid. Há atualmente 3.338 pacientes infetados com o novo coronavírus internados em hospitais. A informação foi confirmada por fonte …

Covid-19 pode ter chegado aos EUA em dezembro de 2019. País prepara-se para o pior inverno da história

Depois de ter sido confirmado que o novo coronavírus já circulava em Itália desde setembro de 2019, agora surge um relatório que refere que a covid-19 pode ter infetado um pequeno número de pessoas nos …

Maior parte dos médicos aposentados que voltam ao SNS prefere trabalhar em tempo reduzido

A maior parte dos médicos aposentados que regressa ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) opta por trabalhar em tempo reduzido, adianta o Jornal de Notícias. De acordo com o Jornal de Notícias, do total de 216 …

Bruxelas ameaça avançar com Fundo de Recuperação sem Hungria e Polónia

A Comissão Europeia (CE) está a perder a paciência e, caso não haja progressos nas negociações, ameaça avançar com o Fundo de Recuperação europeu sem a 'luz verde' da Hungria e da Polónia. O ultimato foi …

Empresas que reforcem lay-off não podem fechar portas, mas podem reduzir horários a 100%

O chamado “apoio à retoma progressiva” vai permitir que em dezembro as empresas saltem para o escalão seguinte, que garante mais financiamento, mas o Governo exige que mantenham atividade. Contudo, garante que tal não condiciona …

Reunião no Infarmed. Pico foi atingido em 25 de novembro, peritos pedem que não haja medo das vacinas

Especialistas, dirigentes dos partidos políticos e parceiros sociais voltaram esta quinta-feira a reunir-se para analisar a situação epidemiológica da covid-19, em vésperas de nova renovação do estado de emergência e da decisão sobre as medidas …

Governo tem algumas soluções para o Novo Banco (que dispensam o Retificativo)

Apesar do chumbo da transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o Novo Banco, o Governo garante que existem algumas soluções para que o contrato seja cumprido. Uma das hipóteses é a …

Giroud entra para a história da Champions ao marcar póquer ao Sevilha

Olivier Giroud tornou-se o jogador mais velho de sempre a marcar um póquer na Liga dos Campeões. É também o único atleta do Chelsea a fazê-lo. O Chelsea venceu o Sevilha, por 4-0, numa partida da …