Cientista cria teste inédito que detecta VIH logo após a infecção

(dr) Joan Costa / CSIC

A cientista brasileira Priscila Kosaka

A cientista brasileira Priscila Kosaka

Uma cientista brasileira criou um teste revolucionário, que pode dizer se uma pessoa está contaminada logo na primeira semana em que se infectou.

A cientista Priscila Kosaka faz parte de uma equipa de cientistas do Conselho Nacional de Investigação da Espanha (CSIC), que desenvolveu um biossensor rápido para diagnosticar a infecção pelo VIH.

O exame que existe atualmente só deve ser feito após um mês de exposição a alguma situação de risco, como sexo sem preservativo ou partilha de agulhas – período em que o corpo ainda não produziu anticorpos suficientes para serem encontrados.

Há duas maneiras de se detectar o VIH no sangue. A primeira é a partir da identificação do RNA viral com testes de amplificação de ácido nucleico. Com este exame – que apesar de ser muito exacto, é extremamente caro – existe um limite de detecção de 20 a 35 cópias de RNA por mililitro de sangue, uma concentração que pode ser encontrada duas semanas após a infecção.

A segunda técnica consiste em detectar uma proteína do VIH-1, a p24, quando alcança 10 picogramas por mililitro de sangue. Essa concentração pode ser atingida aproximadamente entre três e quatro semanas após a infecção.

O que Kosaka e outros cientistas fizeram foi pegar neste último teste e melhorá-lo. No novo exame, o soro (material obtido a partir da coagulação do sangue) é depositado no biossensor, que já está preparado para encontrar qualquer partícula de proteína p24.

“O sensor é como um trampolim. Vibra com uma determinada frequência quando há algo sobre ele”, explica Priscila Kosaka, em entrevista a EXAME.com. Assim, possível medir a massa das proteínas. Depois, são colocadas sobre o sensor nanopartículas de ouro.

“Elas possuem ressonâncias ópticas que fazem as proteínas brilhar”, diz Kosaka.

De acordo com a cientista, a combinação da estrutura mecânica do biossensor com as nanopartículas de ouro faz com que o exame seja 100 mil vezes mais sensível à proteína p24 do que o teste tradicional.

“A especificidade é tão alta que a taxa de erro é quase mínima“, adianta a especialista.

Todo esse processo demora menos de cinco horas para estar concluído e os resultados clínicos podem ser obtidos no mesmo dia.

Além de pacientes, que poderão detectar o VIH e começar mais cedo o tratamento, o teste vai ajudar os bancos de sangue, já que os doadores contaminados há menos de um mês não conseguem detetar o vírus.

“A nossa tecnologia irá evitar que outra pessoa receba sangue contaminado”, diz Priscila, sublinhando que, apesar de ainda não saber quanto é que o teste irá custar, o objetivo é que seja barato.

PARTILHAR

RESPONDER

Sistema de inteligência artificial promete diagnosticar cancro do pulmão com mais precisão que radiologistas

Um grupo de cientistas da Google e da universidade norte-americana Northwestern desenvolveram um sistema de inteligência artificial que promete detetar melhor o cancro de pulmão do que os radiologistas, conclui um estudo publicado na terça-feira. Segundo …

João Félix é exigência de Guardiola no Manchester City

O campeão inglês, Manchester City, estará interessado na contratação de João Félix. O jovem de 19 anos está blindado por uma cláusula de rescisão de 120 milhões de euros. Depois de entrar na lista dos 23 …

Greve dos anestesistas no Amadora-Sintra adia 300 cirurgias

Os médicos anestesistas do Hospital Amadora-Sintra terminam esta sexta-feira às 20h00 uma greve de cinco dias para exigir a contratação de mais especialistas e reclamar condições de segurança clínica. A paralisação no Hospital Fernando Fonseca, que …

“No que depender do Governo”, a rede Multibanco vai continuar gratuita, garante Centeno

"No que depender do Governo, vai continuar gratuita para os portugueses" a utilização das caixas multibanco, cuja gratuitidade foi questionada recentemente por alguns líderes dos bancos. O ministro das Finanças, Mário Centeno, garantiu esta sexta-feira que …

Protecção Civil pagou combustível para participar em novela da SIC

A SIC não pagou qualquer valor pelo empréstimo de meios da Protecção Civil para as filmagens de uma novela que está a ser produzida pelo canal. A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) …

Liderança do Montepio pode voltar a mudar

Uma nova reviravolta na administração do Banco Montepio pode estar prestes a acontecer. Carlos Tavares, atual presidente da administração com poderes não executivos, pode voltar a ser presidente executivo deste banco. Se isso acontecer, Dulce Mota …

Berardo era peça na "estratégia" de Sócrates para dominar a banca

Em entrevista ao Jornal Económico, o empresário Patrick Monteiro de Barros defende que Joe Berardo foi uma das pessoas de quem José Sócrates se serviu para dominar a banca. Patrick Monteiro de Barros disse, em entrevista …

BCE arrasa propostas de Centeno. Reforma coloca em risco independência do BdP

O Banco Central Europeu teceu duras criticas às propostas de Centeno para a reforma da supervisão financeira em Portugal. O BCE admite que a independência do Banco de Portugal poderia ficar em risco. Depois da Comissão …

#MeToo. Acordo de 40 milhões para evitar processo contra Harvey Weinstein

O antigo produtor de Hollywood Harvey Weinstein terá chegado a um acordo no valor de 44 milhões de dólares (cerca de 40 millhões de euros) em indemnização com dezenas das suas vítimas, de forma a …

Paulo Sande, cabeça de lista do Aliança, recebeu salário de Belém. Mas vai devolver

O cabeça de lista do Aliança decidiu devolver o vencimento que lhe foi pago este mês pela Presidência da República enquanto assessor político de Marcelo Rebelo de Sousa. Paulo Sande começou por gozar uma licença sem …