Guerreiro medieval com faca em vez de mão é o primeiro “ciborgue” conhecido

Uma equipa de arqueólogos italianos descobriu no norte do país o esqueleto de um homem medieval amputado que tinha uma faca em vez de uma mão.

Arqueólogos italianos fizeram uma descoberta inédita no norte de Itália: o esqueleto de um guerreiro medieval com uma faca que parece servir de prótese, no lugar da sua mão amputada.

Após análise dos restos encontrados, os cientistas concluíram que a descoberta data da Idade Média, entre os séculos VI e VIII. O homem terá aparentemente morrido quando tinha entre 40 e 50 anos. O seu braço direito foi amputado, mas no seu lugar foi-lhe implantado um membro artificial com uma faca em vez de uma mão.

A descoberta foi apresentada num artigo publicado no Journal of Anthropological Sciences. “É provável que o braço tivesse sido amputado por razões médicas, ou o homem o tenha fracturado numa queda”, diz a arqueóloga Ileana Micarelli, autora principal do estudo.

Além da faca, os arqueólogos encontraram material biológico degradado, que parece tratar-se de correias de couro, e uma fivela de metal, provavelmente usadas para ajudar a fixar a prótese ao membro amputado.

Os arqueólogos notaram também que os dentes do guerreiro medieval, o primeiro “ciborgue” da história, estavam muito desgastados. Este desgaste invulgar dos dentes do guerreiro poderá ter sido causado, consideram os autores do estudo, pela necessidade que terá tido de fixar melhor o membro artificial e realizar algumas acções com a boca.

Micarelli et al. / Journal of Anthropological Sciences

O guerreiro medieval encontrado em Itália substituiu a mão amputada por uma faca

Após as primeiras análises do esqueleto, os cientistas confirmaram que a ausência do membro não se devia a uma malformação natural, mas a uma amputação, que provavelmente terá sido necessária devido a algum tipo de traumatismo severo.

Segundo os arqueólogos, as calosidades encontradas no toco do membro amputado são tipicamente encontradas em pessoas que usaram algum tipo de prótese durante muito tempo. Também as erosões encontradas nos ossos do ombro são consistentes com uma postura pouco natural devido à amputação de um membro.

O desgaste dos dentes e dos ossos no membro amputado parecem indicar que o guerreiro não só sobreviveu à amputação, mas que se terá adaptado bastante bem à prótese e vivido bastante tempo com a mesma.

Apesar de algumas conclusões que o estudo já permitiu tirar, a inédita descoberta está ainda rodeada de algum mistério.

Em primeiro lugar, a escolha de uma faca como prótese para o lugar da mão. Os autores do estudo consideram que o homem, presumivelmente um guerreiro porque o eram todos os lombardos adultos na época, poderia usar a faca como arma auxiliar nas suas batalhas, mas não colocam de lado que o amputado pudesse ser um carniceiro.

Mas além disso, está ainda por explicar como é que numa época em que as infecções abundavam e a descoberta dos antibióticos estava a séculos de distância, um homem conseguiu sobreviver a uma amputação e à implantação de uma prótese primitiva.

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Bem… Fiquei a saber que qualquer pessoa que use uma prótese é “ciborgue”… Tenho chumbo nos dentes… por isso sou “ciborgue”

    “Um Ciborgue é um organismo dotado de partes orgânicas e cibernéticas, geralmente com a finalidade de melhorar suas capacidades utilizando tecnologia artificial.” Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ciborgue

    “Ciborgue, ci.bor.gue, siˈbɔrɡ(ə). Nome masculino
    Ser humano fictício cujas funções fisiológicas vitais são comandadas por meio de dispositivos mecânicos” Fonte: https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/ciborgue

    “”ciborgue”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/DLPO/ciborgue [consultado em 16-04-2018].” Fonte: https://www.priberam.pt/DLPO/ciborgue

  2. Uma pequena questão, se o braço amputado era o direito porque é que na pintura colocaram a prótese no esquerdo, ficou amputado dos dois assim.

    • Caro Carlos,
      Obrigado pelo seu reparo.
      Ao contrário da figura ao centro, devidamente legendada, que contém uma foto real e uma ilustração do achado, a figura ao topo é meramente ilustrativa, não representando necessariamente o guerreiro encontrado.
      Na realidade, a ilustração de topo representa o herói sul-americano Galvarino, famoso guerreiro Mapuche do século XIV, que depois de ter sido amputado em ambos os braços como punição por ter liderado uma insurreição, aparelhou facas aos membros amputados – e com elas combateu depois nas míticas batalhas da Guerra de Arauco que o tornaram lendário. Tal como fez, portanto, o nosso guerreiro medieval “ciborgue” – mas no caso de Galvarino, em ambos os membros, e uns 800 anos mais tarde.
      Encontra um resumo da história de Galvarino neste vídeo:
      https://www.youtube.com/watch?v=BfsfK6v1J4s

RESPONDER

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …

Número de mortos pela passagem do ciclone Idai por África aumentou para 200

O número de vítimas mortais devido à passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbabué e Malaui subiu para 200, de acordo com dados divulgados este domingo pela Organização das Nações Unidas (ONU). No Zimbabué, o número …

Durante uma semana, Lisboa vai ter passe de transportes a 10 euros

Os transportes da Área Metropolitana de Lisboa (AML) vão ter no mês de abril um passe com o preço de 10 euros e validade de sete dias para assegurar o período transitório da implementação do …