Choupette já é a gata mais rica do mundo e pode herdar fortuna de Karl Lagerfeld

@choupettesdiary / Instagram

Karl Lagerfeld e a sua gata Choupette.

A gata do estilista Karl Lagerfeld, Choupette, pode ser uma das beneficiárias da sua fortuna de mais de 170 milhões de euros. Não é que o felino precisasse, já que tem, só por si, um património acumulado de 3 milhões de euros.

Choupette era considerada por Karl Lagerfeld a gata mais rica do mundo, com o estilista a orgulhar-se do facto de a gata birmanesa ter acumulado cerca de 3 milhões de euros como embaixadora da marca Opel e a fazer publicidades para uma marca japonesa de cosméticos.

Mas a fortuna da gata pode aumentar ainda mais com a herança de Karl Lagerfeld que morreu nesta semana aos 85 anos de idade. O próprio estilista admitiu, ainda em vida, que Choupette estava nomeada como sua herdeira, “entre outros”, conforme declarações à revista francesa Numero em 2017. “Não se preocupem, há bastante para todos“, disse também.

Ora, Karl Lagerfeld não pode deixar directamente dinheiro ao seu animal de estimação, como destaca o jornal Le Figaro. Em França, “é proibido designar um animal como herdeiro” num testamento porque aquele “não existe enquanto pessoa física e jurídica”, explica a publicação.

Já na Alemanha, de onde Karl Lagerfeld é natural, seria possível deixar fortuna a Choupette. Todavia, como Lagerfeld tinha residência em França, deverá aplicar-se o Direito francês, aponta o Le Figaro.

Mas a gata pode herdar os milhões do estilista através de uma Associação ou Fundação que seria nomeada como herdeira e que ficaria responsável por cuidar do animal.

Outra possibilidade é deixar Choupette aos cuidados de alguém que, por essa via, teria direito aos milhões de Karl Lagerfeld para zelar pelo bem-estar do animal. Especula-se que o modelo Brad Kroenig, considerado a musa do estilista, pode herdar o animal e, consequentemente, a fortuna do designer da Chanel.

Nos EUA, Choupette poderia herdar directamente a fortuna do dono. Foi isso que aconteceu com um pastor alemão chamado Gunther IV que, em 1992, teve direito aos 328 milhões de euros da herança da condessa alemã Karlotta Liebenstein. A apresentadora de televisão Oprah Winfrey já anunciou também que pretende deixar 27 milhões de euros do seu património aos cinco cães.

No caso de Choupette, é preciso aguardar para confirmar que destino a aguarda. Entretanto, deverá continuar a levar a sua vida de princesa, sendo escovada quatro vezes por dia e servida com “quatro pratos diferentes” em “taças fabulosas”, numa dieta alimentar que inclui caranguejo-rei, salmão fumado e caviar.

Numa outra entrevista à Numero, Karl Lagerfeld revelou que se apaixonou pela gata mal a viu. “Foi amor à primeira vista”, notou, contando que um amigo lhe deixou a gata, ainda bebé, em casa, para que os seus funcionários cuidassem dela, enquanto foi de férias. O estilista gostou tanto do animal que quando o amigo voltou lhe disse que ia “ficar com ele”.

Em 2013, chegou a confessar que seria capaz de casar com Choupette, caso os casamentos entre humanos e animais fossem legais, numa entrevista à CNN.

Como principais características da gata, Karl Lagerfeld destacava o facto de ser “pacífica, engraçada, alegre e graciosa, bonita de olhar e com uma boa pose”. “Mas a sua principal qualidade é que não fala“, dizia.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Jovens que acusaram Harry de “traição da raça” condenados com pena de prisão

O caso remonta a dezembro de 2018, quando surgiram as primeiras notícias de uma investigação da BBC que envolvia a família real britânica. Um grupo neonazi era responsável por uma propaganda online onde sugeriam que o …

UEFA confirma três jogos de suspensão para Neymar

A UEFA anunciou, esta quarta-feira, que rejeitou o recurso do Paris Saint-Germain e manteve os três jogos de suspensão a Neymar, na sequência de insultos aos árbitros na partida com o Manchester United, da Liga …

Transportes estão cada vez mais cheios. Carris vai comprar 100 novos autocarros

A Carris vai lançar dois concursos para a aquisição de 100 novos autocarros, 70 dos quais a gás natural e 30 elétricos, anunciou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina. Falando na apresentação da …

Apenas 59% dos habitantes da Europa ocidental confiam na vacinação. França é o país com mais dúvidas

Na Europa oriental, apenas metade da população olha para as vacinas como uma forma segura de prevenção de saúde. No caso da zona ocidental, o número sobe para os 59%, mas fica ainda distante dos …

César Peixoto é o novo treinador da Académica

O antigo futebolista é o novo treinador da Académica, sucedendo a João Alves no comando técnico dos estudantes, anunciou o clube que integra a II Liga portuguesa. César Peixoto vai ser apresentado às 17h00, em conferência …

Tribunal diz que ausência de resistência de vítima de violação é "desejo de sobreviver"

Quando as vítimas não resistem, revelam "o desejo de sobreviver a uma situação cujo controlo não detêm", adotando um comportamento de preservação, diz o Tribunal da Relação de Lisboa. O Tribunal da Relação de Lisboa considerou …

Draghi abre a porta a cortes nas taxas de juro

Mario Draghi afirmou esta terça-feira que se o objetivo de ficar abaixo dos 2% de inflação estiver ameaçado, "estímulos adicionais serão necessários". O presidente do BCE admitiu mesmo uma descida das taxas. O presidente do BCE, Mario …

SNS dá “sinais de cansaço” e tem sistema “que não é amigo do cidadão”

A Convenção Nacional da Saúde concluiu esta terça-feira que o SNS “dá sinais de cansaço” e avisa que os portugueses “não podem ter listas de espera de anos” por consultas ou cirurgias, nem ter “enormes …

Violência doméstica: sobe para 16 o número de mulheres mortas em 2019

O número de mulheres mortas desde o início do ano em contexto de violência doméstica subiu para 16, segundo a contabilidade feita pelo Público com base nas notícias publicadas sobre o assunto. O número exclui …

Costa garante que Miguel nunca pediu ajuda ao Governo. Mas assegurou todo o "apoio diplomático e consular"

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou que o Governo nunca foi contactado por Miguel Duarte, jovem que está a ser investigado em Itália por suspeita de ajuda à imigração ilegal, mas assegurou todo o "apoio diplomático …