China e Rússia estudam missão conjunta tripulada à Lua

China e Rússia vão assinar um acordo para aprofundar a cooperação na área espacial, que incluirá a possibilidade de missões tripuladas conjuntas à Lua, informou esta segunda-feira o jornal oficial Diário do Povo.

O acordo, que vigorará entre 2018 e 2022, será assinado em outubro e inclui a possibilidade de uma missão tripulada à Lua.

O Diário do Povo recorda que este não é o primeiro acordo entre Pequim e Moscovo nesta área, mas antes o primeiro que cobre um período de cinco anos, permitindo estabelecer objetivos mais ambiciosos.

Devido a questões orçamentais, a Rússia não conseguiu manter o nível de ambição da antiga União Soviética no setor da exploração espacial, enquanto a China tem um orçamento mais amplo, mas menor experiência.

Os passos mais recentes do programa espacial chinês, que Pequim vê como um símbolo do progresso do país, focaram-se na exploração da Lua.

Nos próximos meses, Pequim prevê lançar uma missão que trará para a Terra amostras da Lua. Em 2018, o país vai iniciar a construção de uma estação espacial com presença permanente de tripulantes, que deve estar concluída em 2022.

A China prevê ainda enviar uma missão a Marte, em 2020, com um veículo robot, para pesquisa científica.

No ano passado, o país asiático inaugurou o maior radiotelescópico do mundo, com meio quilómetro de diâmetro.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Altice Portugal avança "nas próximas semanas" com despedimento coletivo

A Altice Portugal confirmou esta terça-feira à Lusa que vai dar início, "nas próximas semanas", a um processo de rescisões de contratos de trabalho através de despedimento coletivo, no âmbito do Plano Integrado de Reorganização, …

BE e PAN criticam "falta de liberdade de expressão" no Porto

As deputadas do Bloco de Esquerda e do PAN na Assembleia Municipal do Porto criticaram a “falta de liberdade de expressão” na cidade, depois de dois grafitis terem sido “apagados pelos serviços da autarquia”. “Soubemos que …

Marcelo pede aos jovens que facilitem vacinação em "corrida contrarrelógio"

O Presidente da República fez esta terça-feira um apelo aos jovens para que não deixem de se vacinar e adequem a habitual mobilidade no período do verão para facilitar um processo de vacinação em "corrida …

“Nenhum país está preparado para um evento da magnitude de Pedrógão Grande", diz Comissão Técnica Independente

O engenheiro António Salgueiro, da Comissão Técnica Independente (CTI) que avaliou os incêndios na Região Centro em junho de 2017, afirmou esta terça-feira que nenhum país está preparado para a magnitude do fogo de Pedrógão …

Escócia também adia desconfinamento para julho

A Escócia também decidiu adiar o desconfinamento por várias semanas, tal como Inglaterra, devido ao agravamento da pandemia no Reino Unido, que registou 27 mortes e 11.625 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Inicialmente …

Países do Golfo continuarão dependentes do petróleo por mais uma década

Um estudo da agência de notação financeira Moody's revelou que os países exportadores de petróleo do Golfo vão continuar dependentes da produção de hidrocarbonetos pelo menos na próxima década. Segundo o estudo, citado pela agência Reuters, …

PSP do Porto reforça policiamento no São João e apela ao cumprimento das regras

A PSP do Porto garantiu, esta terça-feira, que vai reforçar o policiamento na noite de São João, de quarta para quinta-feira, e apela ao cumprimento das regras atendendo ao contexto atual da pandemia de covid-19. “Solicita-se …

UE garante compra de mais 150 milhões de doses da vacina da Moderna

A Comissão Europeia aprovou esta terça-feira a alteração ao segundo contrato com a farmacêutica Moderna para a ativação, em nome de todos os Estados-membros da União Europeia (UE), de 150 milhões de doses adicionais em …

Lisboa sobe mais de 20 lugares no ranking. É a 83.ª cidade mais cara do mundo

Lisboa é a 83.ª cidade mais cara do mundo em termos de custo de vida, subindo 23 posições no ranking em relação ao ano passado, num estudo da Mercer divulgado esta terça-feira, que é liderado …

Governo espanhol aprova indultos a nove líderes independentistas catalães na prisão

O governo espanhol aprovou esta terça-feira a concessão de indultos a nove líderes independentistas catalães a cumprir penas de prisão pelo seu envolvimento na tentativa de autodeterminação daquela região espanhola em 2017, anunciou o primeiro-ministro …