Chá psicadélico tradicional de povos indígenas ajuda no combate à depressão e ao alcoolismo

Um estudo realizado pela Universidade de Exeter e College London, no Reino Unido, mostra que a ayahuasca, um chá psicadélico tradicional dos povos da Amazónia, tem efeitos que melhoram o bem-estar das pessoas e pode servir para o tratamento do alcoolismo e depressão.

O chá é feito com duas plantas nativas da floresta: o cipó Banisteriopsis caapi (mariri ou jagube) com as folhas do arbusto Psychotria viridis (chacrona ou rainha).

Os cientistas descobriram que utilizaores da ayahuasca relataram menos problemas com o uso de bebidas do que pessoas que usam LSD e cogumelos mágicos, drogas reconhecidas pelo combate ao vício do álcool.

A descoberta foi feita com base na análise da pesquisa Global Drug Survey, realizada com 96 mil pessoas em todo o mundo.

Os utilizaores também relataram bem-estar maior nos últimos 12 meses em relação aos outros entrevistados. “Essas descobertas dão algum apoio à ideia de que a ayahuasca pode ser uma ferramenta importante e poderosa no tratamento da depressão e do alcoolismo”, disse Will Lawn, cientista da College London e líder da pesquisa.

“Pesquisas recentes demonstraram o potencial da ayahuasca na medicina psiquiátrica, e o nosso estudo fornece mais provas de que pode ser um tratamento seguro e promissor”, afirmou.

A ayahuasca é uma bebida produzida pela combinação da videira com outras plantas. É usada há milhares de anos em rituais de tribos da região amazónica, e no século passado passou a ser usada por diversos grupos religiosos, como a União do Vegetal e o Santo Daime.

Estudo

Dos participantes da Global Drug Survey, 527 disseram usar, enquanto que 18.138 usam LSD ou cogumelos mágicos e 78.236 não faziam uso de drogas psicodélicas.

O bem-estar foi medido pelo Índice de Bem-estar Pessoal, ferramenta utilizada por cientistas em todo o mundo com perguntas sobre relações pessoais, ligação com a comunidade e sentimento de realização.

No entanto, a professora Celia Morgan, de Exeter, destacou que, para o uso em tratamento, a ayahuasca precisa de passar por estudos de longo prazo para garantir a segurança.

“Muitos estudos observacionais examinaram os efeitos de longo prazo do uso regular da ayahuasca no contexto religioso. Nesses trabalhos, não foram encontrados impactos na habilidade cognitiva, desenvolvimento de vício ou piora de problemas de saúde mental”, disse.

De facto, alguns desses estudos observacionais sugerem que o uso da ayahuasca está associado com uso menos problemático de álcool e drogas, melhor saúde mental e funcionamento cognitivo.

Entretanto, Lawn destaca que os resultados são puramente observacionais e não demonstram causalidade. “Devem ser feitos testes aleatórios controlados para examinar completamente a capacidade da ayahuasca no tratamento de desordens de humor e adição”, ressaltou o pesquisador da College London.

Entretanto, o estudo é notável por ser o maior levantamento de utilizadores de ayahuasca alguma vez realizado.

PARTILHAR

RESPONDER

Professor suspenso depois de dizer que se alunos faltassem a Moral não podiam entrar em igrejas

O professor que enviou um documento aos encarregados de educação a avisar que se os seus educandos continuassem a faltar às aulas de Educação Moral e Religiosa Católica "corriam o risco" de não poder entrar …

Cheias já mataram duas pessoas. Veneza vai declarar estado de emergência

Luigi Brugnaro, presidente da câmara de Veneza, vai declarar estado de emergência na cidade que está inundada devido às piores cheias em 50 anos. Esta quarta-feira, é esperada uma nova subida da água na cidade italiana. …

Bolsonaro deixa PSL e cria um novo partido

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, anunciou esta terça-feira que decidiu abandonar o Partido Social Liberal (PSL) e criar um novo partido chamado Aliança pelo Brasil. A saída de Bolsonaro acontece na sequência de uma série …

Partido Trabalhista britânico sofre dois ciberataques (e suspeita-se que tenham "dedo" russo)

O Partido Trabalhista britânico sofreu dois ataques informáticos em apenas dois dias. Contudo, o partido de Jeremy Corbyn admite que os ataques falharam e que as suas plataformas estão operacionais. Num espaço de apenas dois dias, …

Sterling tentou fazer "mata-leão" a Joe Gomez e foi afastado da convocatória

O estágio da seleção inglesa para os jogos da Qualificação para o Campeonato da Europa, frente ao Montenegro e ao Kosovo, não poderia ter começado da pior forma. Raheem Sterling foi afastado da equipa após …

Alunos com gaguez não terão de fazer exames orais

Os alunos com gaguez podem ser dispensados da realização das provas orais. Há dois anos, estes exames passaram a integrar a avaliação externa em línguas estrangeiras nos exames do ensino secundária e nas provas de …

PSD. Só 15,8% dos militantes poderiam votar se eleições diretas fossem hoje

A dois meses das eleições diretas no PSD, há hoje perto de 17.000 militantes com quotas em dia, que podem ser pagas até 22 de dezembro, de acordo com informação disponibilizada online pelo partido. Se as …

Hong Kong: Reforço policial, Parlamento suspenso e escolas fechadas

O Parlamento de Hong Kong foi suspenso, esta quarta-feira, e a segurança foi reforçada na cidade e nos campus universitários, com as escolas a fecharem num momento em que prosseguem os confrontos entre manifestantes e …

Debate quinzenal: Políticas de rendimento, Rio ao ataque com o lítio e a primeira vitória dos pequenos

Os debates quinzenais com o primeiro-ministro regressam esta quarta-feira. António Costa vai abrir o debate com uma intervenção sobre "políticas de rendimento", mas as atenções estão centradas na primeira vitória dos pequenos partidos. As políticas de …

Governo vai propor 635 euros para salário mínimo em 2020. Proposta não agrada patrões

Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, vai apresentar esta quarta-feira na Concertação Social a proposta de aumento para o salário mínimo nacional para 2020, com uma atualização de 35 euros. Esta quarta-feira, …