CGD ainda é dos bancos que têm mais crédito para investir em ações

António Cotrim / Lusa

Paulo Macedo, presidente da Caixa Geral de Depósitos

Os bancos cortaram nos empréstimos para a compra de ações desde a crise. Mas têm ainda um valor elevado de financiamentos deste tipo.

Este crédito é visto com cautela pelos supervisores e levaram a que bancos como a Caixa Geral de Depósitos tivessem de assumir perdas de centenas de milhões com financiamentos garantidos por ações. De acordo com o Diário de Notícias, o banco público ainda é dos bancos com mais empréstimos dessa categoria.

“O montante utilizado dos créditos concedidos para a realização de operações sobre valores mobiliários totalizou 1.911 milhões de euros entre janeiro e março, menos 1,3% do que nos três meses anteriores. Deste montante, 43,6% foi concedido pelo Deutsche Bank (Portugal) e 25,6% pela Caixa Geral de Depósitos”, indica a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O banco público tinha, no final do primeiro trimestre, 488,3 milhões de euros em empréstimos deste tipo. Ainda assim, tal como todo o sistema bancário, a Caixa tem cortado no valor acumulado destes financiamentos. No final de 2010, o banco público tinha um total de 1,6 mil milhões de euros em empréstimos para investir em bolsa.

Além da CGD, outro dos bancos que historicamente é mais ativo nestas operações era o BCP, refere o DN. Atualmente, esta instituição tem 425 milhões concedidos em empréstimos para a compra de valores mobiliários. Uma redução face aos quase 1,5 mil milhões que apresentava no final de 2010, antes da chegada da troika que veio trazer um maior aperto à vigilância do setor financeiro.

A crise financeira de 2008 e, em alguns casos, as poucas garantias exigidas nesses créditos resultaram em perdas de centenas de milhões para a CGD e para outros bancos. Foi o que aconteceu nos financiamentos a José Berardo para a compra de ações do BCP e a Manuel Fino para o investimento no capital do mesmo banco e noutros títulos da bolsa portuguesa.

Com a crise nas bolsas, o colateral dado pelas próprias ações desvalorizou bem abaixo do valor emprestado. Como a CGD não exigiu outro tipo de garantias, teve de assumir prejuízos de 585 milhões apenas com estes devedores.

Em 2008, data dos dados mais antigos da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o crédito para a compra de valores mobiliários era de mais de 6,2 mil milhões de euros. Cerca de metade era dirigido a grandes investidores, segundo o mesmo jornal.

Pedro Duarte Neves, antigo vice-governador do Banco de Portugal, considerou na comissão de inquérito à gestão da CGD que o crédito que os bancos deram para a compra de ações antes da crise era mais do que aquilo que o supervisor gostaria.

Naquele ano, recorda o DN, a bolsa portuguesa perdeu mais de metade do valor, o que provocou prejuízos com esses créditos. Desde então, os bancos portugueses travaram nos créditos para investir em bolsa. Ainda assim, no final de março esse montante era ainda de 1,91 mil milhões de euros. Mais de 1,1 mil milhões são relativos a crédito concedido a pequenos investidores. Os grandes empresários ou entidades representam cerca de 825 milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A estátua dourada de Marilyn Monroe foi roubada do Passeio da Fama

https://vimeo.com/343328311 A Polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, está a investigar o roubo da estátua de aço de Marilyn Monroe, que foi removida de um monumento localizado na entrada do Passeio da Fama esta segunda-feira. A …

Marcelo promulga diploma. Funcionários públicos podem faltar para acompanhar filhos no primeiro dia de aulas

O Presidente da República promulgou e louvou a medida do Governo para que funcionários públicos possam faltar para acompanhar um filho menor no primeiro dia de escola, e defende um regime idêntico para trabalhadores do …

Leilão de arma que vitimou Van Gogh reacende debate sobre a sua morte

O leilão de uma pistola que teria sido usada pelo pintor Vincent Van Gogh para atirar em si mesmo reacendeu um debate sobre quem realmente puxou o gatilho: o artista cometeu suicídio ou foi baleado …

200 milhões de euros. Mais de seis mil investidores compraram obrigações da TAP

Mais de seis mil investidores subscreveram as obrigações da TAP, uma operação no valor de 200 milhões de euros, em que a procura superou a oferta em 1,55 vezes. No segmento geral a procura atingiu 162,5 …

Piloto do avião desaparecido da Malaysia Airlines terá cortado o oxigénio

Já lá vão mais de cinco anos desde o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines, que continua um mistério até hoje. Agora, acredita-se que o piloto terá cortado o oxigénio no avião. A noite de …

Sergio Moro diz que sai do Governo caso se provem irregularidades

O ministro da Justiça brasileiro reiterou a sua inocência no Senado, esta quarta-feira, mas afirmou que deixa o cargo caso se provem irregularidades nas mensagens trocadas com procuradores da Operação Lava Jato. "Estou absolutamente convicto das …

Nuvens brilhantes invadiram o céu de Espanha. Foi um "espetáculo quase inédito"

Este fim de semana, as nuvens noctilucentes (que em latim significa “brilho noturno”) ou nuvens mesosféricas polares foram vistas em Espanha. Surgem antes do amanhecer ou depois do pôr do sol, a sua cor varia normalmente …

Luís Enrique deixa comando da seleção espanhola (e já tem substituto)

Luis Enrique foi obrigado a abandonar o cargo de selecionador espanhol devido a um problema familiar que se arrasta desde março. “As razões que me impediram, desde março, de exercer normalmente as minhas funções de treinador …

Urso polar localizado em cidade russa longe do habitat natural

Um urso polar emagrecido foi visto numa cidade industrial da Sibéria, afastado para sul dos seus territórios de caça. As entidades de emergência da cidade de Norilsk, no Ártico Russo, alertaram na terça-feira os residentes locais …

Teixeira dos Santos não se arrepende de ter nomeado Vara e Santos Ferreira

O ex-ministro das Finanças disse, esta quarta-feira, no Parlamento que não tem "razões para se arrepender" de ter nomeado Armando Vara e Carlos Santos Ferreira para a administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD). "Até este …