Alemães compraram toda a cerveja de Ostritz para “secar” neonazis

Os habitantes de Ostritz, na Alemanha, impediram os participantes de um festival neonazi de beber álcool, esvaziando todas as prateleiras dos supermercados.

Num protesto inédito contra a comemoração do aniversário de Hitler naquela localidade, os habitantes  impediram os neonazis de consumirem álcool.

Todos os anos, a povoação de Ostritz, cidade alemã que faz fronteira com a Polónia, é “invadida” por um festival neonazi. Porém, conta o Diário de Notícias, os participantes da edição deste ano foram surpreendidos por um protesto inédito.

De acordo com o jornal, a população local decidiu comprar toda a cerveja disponível, esvaziando as prateleiras dos supermercados da cidade. A polícia também já tinha apreendido cerca de 4.400 litros de cerveja no hotel onde se realiza o evento, embora a venda de álcool já estivesse proibida para prevenir os habituais episódios de violência.

Em declarações ao jornal alemão Bild, citado pelo DN, o ativista Georg Salditt confirmou que “o plano foi feito com uma semana de antecedência”. “Queríamos secar os nazis. Pensámos que, se uma proibição do álcool não chegasse, esvaziaríamos as prateleiras dos supermercados”.

“Para nós é importante transmitir a mensagem de que em Ostritz há pessoas que não toleram isto, que dizem ‘temos valores diferentes aqui’“, explicou uma moradora ao canal de televisão ZDF, citada pelo Público.

Segundo o mesmo jornal, que cita o diário alemão Süddeutsche Zeitung, compareceram ao festival entre 500 e 600 pessoas, enquanto na anterior edição estiveram presentes cerca de 1200 militantes da extrema-direita alemã.

A pequena localidade tem cerca de 2.500 habitantes e, nos últimos anos, tem sido palco dos festejos da extrema-direita alemã, embora não exista nenhuma explicação histórica que o justifique.

“Porque não? Não há o suficiente na Saxónia. Estamos a tornar a política mais animada“, repondeu Thorsten Heise, chefe do Partido Democrático Nacional (NPD), no Estado vizinho da Turíngia, e um dos organizadores do evento, quando questionado, no ano passado, sobre o porquê de escolherem Ostritz para fazer o festival.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Netflix retrata a trágica história de Nicolau II, o último czar da Rússia

A Netflix acaba de lançar The Last Czars, uma série documental sobre a história de Nicolau II e a sua família, que acabou por ditar o fim da dinastia de 300 anos dos Romanov e …

Português desce e Matemática volta à positiva nos exames do 9.º ano

As médias dos alunos do 9.º ano nos exames desceram este ano a Português e subiram a Matemática, voltando a uma média positiva, mas com uma taxa de reprovação ainda a rondar os 30%. Os exames …

A famosa "Pirâmide Curvada" do faraó Senefuru foi aberta ao público pela primeira vez em mais de 50 anos

No Egito, foi aberta ao turismo, pela primeira vez desde 1965, a famosa "Pirâmide Curvada", construída por ordem do faraó Senefuru há 4.600 anos. Localizada em Dahshur, a 40 quilómetros a sul do Cairo, a pirâmide, …

Príncipe Carlos diz que temos 18 meses para salvar a humanidade

O príncipe Carlos admite que os próximos 18 meses serão cruciais para a sobrevivência dos seres humanos. Durante este tempo, os líderes mundiais terão de controlar as mudanças climáticas para evitar uma catástrofe irreversível. "Senhoras e …

Novo filme da saga Bond tem Agente 007 feminina

De acordo com jornais ingleses, o filme Bond 25 não terá um novo James Bond, mas sim uma nova Agente 007. No filme, que será uma homenagem ao legado de Roger Moore e de todos …

Manchester United não dá mais do que 33,5 milhões por Bruno Fernandes

O Manchester United só está disposto a pagar 33,5 milhões de euros pelo médio do Sporting Bruno Fernandes, escreve o jornal Mirror esta segunda-feira. De acordo com o diário britânico, a contratação de Harry Maguire …

Caso de ébola detetado em cidade com mais de dois milhões de habitantes

As autoridades de saúde detetaram o primeiro caso de ébola na cidade de Goma, na República Democrática do Congo, onde vivem mais de dois milhões de pessoas, confirmou no domingo o ministro da Saúde congolês. De …

Ordem dos Enfermeiros apresenta queixas contra inspetores da Saúde

A Ordem dos Enfermeiros (OE), liderada por Ana Rita Cavaco, vai apresentar queixas-crime contra a inspetora-geral das Atividades em Saúde e contra os inspetores que participaram na sindicância a esta associação profissional. Em causa está a …

Advogado de Mustafá acusa procuradora Cândida Vilar de terrorismo institucional

O advogado do líder da Juventude Leonina, Filipe Coelho, voltou a apontar baterias a Cândida Vilar, acusando-a de "terrorismo oficial" contra o seu cliente.  De acordo com o Tribuna Expresso, o advogado de Mustafá disse ainda …

Fenprof indignada com palavras cruzadas do Expresso exige pedido de desculpas

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) manifestou-se nesta segunda-feira “indignada” com um tópico nas palavras cruzadas do semanário Expresso, exigindo um pedido de desculpas aos docentes portugueses. Em causa um tópico das palavras cruzadas da …