CERN estuda acelerador de partículas quase quatro vezes maior que o actual

Ars Electronica Festival / Flickr

O actual acelerador de partículas com 27km de circunferência

O actual acelerador de partículas com 27km de circunferência

O CERN (Organização Europeia para Investigação Nuclear) está a estudar a construção de um anel de 100 quilómetros entre a França e a Suíça destinado à aceleração de partículas, indica um comunicado hoje publicado.

Um estudo de viabilidade vai ser lançado na próxima semana. Nesta perspectiva, uma centena de investigadores de todo o mundo vai reunir-se, entre terça e quinta-feira na Universidade de Genebra para lançar este programa, previsto para cinco anos.

Este futuro anel vai substituir o actual acelerador de partículas (LHC), com 27 quilómetros de circunferência.

Baptizado FCC, o futuro acelerador circular terá uma circunferência de entre 80 a 100 quilómetros e poderá atingir uma energia, sem precedentes, de 100 TeV (Tera-eletrão-volt, unidade de medida de energia), contra 14 TeV do LHC.

Este estudo junta-se a um outro, iniciado há vários anos, sobre um acelerador linear compacto (CLIC), de forma rectilínea, com 80 quilómetros de comprimento e que poderá também passar sob a Suíça e a França.

O objectivo dos dois estudos é examinar a viabilidade das diferentes máquinas e avaliar os custos, até 2018-19, altura em que a a estratégia europeia sobre esta matéria será divulgada, de acordo com o CERN.

A investigação em física de partículas é cada vez mais global, efectuando-se regularmente trocas de informações entre a América, Ásia e Europeu, num organismo mundial, o IFCA (Comissão Internacional sobre Futuros Aceleradores).

Enquanto se esperam as conclusões dos estudos, o LHC deverá funcionar ainda durante 20 anos. Actualmente, está parado, mas deverá voltar a funcionar em 2015.

“Sabemos poucas coisas sobre o bosão de Higgs (…) Só os próximos resultados do LHC poderão indicar pistas sobre as investigações a seguir no futuro, e o tipo de acelerador mais adaptado”, indicou Sergio Bertolucci, director de investigação e informática do CERN.

O bosão de Higgs, ou como é mais conhecido “a partícula de Deus“, foi descoberto durante o verão de 2012 pelo CERN, devido aos trabalhos do belga François Englert e do britânico Peter Higgs.

O bosão de Higgs é uma partícula elementar considerada pelos físicos a união da estrutura fundamental da matéria.

Os dois homens receberam o prémio Nobel da Física em 2013, por uma das descobertas mais importantes da história da física.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Vacina russa chama-se "Sputnik V" e foi já pedida por 20 países

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se "Sputnik V", vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países. De acordo com …

Rui Pinto no Twitter: "Travessia do deserto” terminou mas a “luta continua”

Rui Pinto assumiu que a “árdua e longa ‘travessia do deserto’” chegou ao fim, aludindo à sua libertação, mas avisou que “a luta continua”, pois Portugal “continua um paraíso para a grande corrupção” e branqueamento …

PJ deteve suspeita de atear fogo florestal no Parque Nacional da Peneda-Gerês

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher de 57 anos suspeita de atear um incêndio florestal registado em 4 de agosto no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), no concelho de Terras de Bouro. Em …

Mais duas mortes e 120 novos casos. Lisboa com 60% dos novos infetados

Portugal regista esta segunda-feira mais duas mortes, 120 novos casos de infeção por covid-19 e 160 curados em relação a segunda-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). O número de pessoas internadas é …

Encontrado cadáver com 30 anos em mansão abandonada em Paris

As obras de reforma numa mansão abandonada em Paris tiveram de ser suspensas inesperadamente depois de trabalhadores terem descoberto um cadáver a decompor-se na cave há 30 anos. De acordo com o jornal britânico The Guardian, …

Quase cem mil crianças contraíram a covid-19 em apenas duas semanas nos Estados Unidos

Noventa e sete mil crianças norte-americanas foram identificadas como infetadas com o novo coronavírus (covid-19) nas últimas semanas de julho. Os números relativos a estas duas semanas são avançados pela empresa norte-americana, que cita um relatório …

A1 terá novo acesso em Grijó no sentido sul/norte em 2021

A autoestrada A1 terá em 2021 um novo acesso em Grijó, concelho de Vila Nova de Gaia, no sentido sul/norte, revelou esta segunda-feira o presidente da autarquia que acredita que, com este projeto, o nó …

Tiros em frente à Casa Branca levam à retirada de Trump de conferência de imprensa

Um agente do Serviço Secreto retirou, esta segunda-feira, o Presidente norte-americano da sala na Casa Banca na qual estava a começar uma conferência de imprensa. O período em que Donald Trump esteve fora da sala foi …

Nani candidato a melhor jogador nos Estados Unidos

Internacional português e o colega João Moutinho (este para melhor jovem) estão na corrida para os prémios e também para o onze. Os futebolistas portugueses Nani e João Moutinho, ambos do Orlando City, estão entre os …

102 dias depois, coronavírus regressa à Nova Zelândia

A Nova Zelândia anunciou a sua primeira infeção por coronavírus transmitida localmente em 102 dias esta terça-feira, o que levou a primeira-ministra do país a emitir uma ordem de confinamento em Auckland, a maior cidade …