Centeno quer pagar antecipadamente a credores europeus para aliviar dívida em 2025

Stephanie Lecocq / EPA

Mário Centeno quer pagar antecipadamente aos credores da zona euro de forma a aliviar o pica da dívida em 2025. Segundo o ministro das Finanças, o pagamento antecipado traz certos benefícios.

Mário Centeno, quer aliviar a carga da dívida ao pagar antecipadamente o empréstimo feito pela zona euro em 2011. Este empréstimo atinge um pico em 2025 e, segundo o ministro das Finanças português, o pagamento antecipado traz certos benefícios.

Em 2025 será necessário pagar mais de 17,2 mil milhões de euros a credores, devido ao pagamento do resgate da troika e de obrigações de tesouro que representam cerca de 12,6 mil milhões de euros. O pagamento será feito através do mecanismo de Facilidade Europeia de Estabilidade Financeira (FEEF).

A FEEF foi criado depois de os colapsos das economias grega, irlandesa e portuguesa. Na altura faltavam instrumentos de apoio e resgate a estes países, pelo que os Estados membros da União Europeia criaram um mecanismo de estabilização temporário para preservar a estabilidade financeira no contexto da crise das dívidas soberanas.

Em declarações ao Diário de Notícias, Centeno admitiu que está a ser estudada “a oportunidade, o momento e o montante” de um possível pagamento antecipado aos credores europeus ainda este ano. O objetivo é “reduzir o custo do financiamento e melhorar a sustentabilidade da dívida”, explica o ministro.

O gabinete de Centeno diz que o reembolso antecipado traz benefícios à dívida pública portuguesa, uma vez que “consolida a trajetória de queda do rácio da dívida, daria continuidade à estratégia de alisamento do perfil de reembolsos ao reduzir o refinanciamento previsto para 2025, e geraria poupanças de juro”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Luís Filipe Vieira pediu informações sobre Keylor Navas em Madrid

O presidente do Benfica aproveitou a visita a Madrid para saber mais pormenores sobre a situação do guarda-redes dos merengues. O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, dirigiu-se na passada segunda-feira a Madrid para ultimar os …

Jovens que acusaram Harry de “traição da raça” condenados com pena de prisão

O caso remonta a dezembro de 2018, quando surgiram as primeiras notícias de uma investigação da BBC que envolvia a família real britânica. Um grupo neonazi era responsável por uma propaganda online onde sugeriam que o …

UEFA confirma três jogos de suspensão para Neymar

A UEFA anunciou, esta quarta-feira, que rejeitou o recurso do Paris Saint-Germain e manteve os três jogos de suspensão a Neymar, na sequência de insultos aos árbitros na partida com o Manchester United, da Liga …

Transportes estão cada vez mais cheios. Carris vai comprar 100 novos autocarros

A Carris vai lançar dois concursos para a aquisição de 100 novos autocarros, 70 dos quais a gás natural e 30 elétricos, anunciou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina. Falando na apresentação da …

Apenas 59% dos habitantes da Europa ocidental confiam na vacinação. França é o país com mais dúvidas

Na Europa oriental, apenas metade da população olha para as vacinas como uma forma segura de prevenção de saúde. No caso da zona ocidental, o número sobe para os 59%, mas fica ainda distante dos …

César Peixoto é o novo treinador da Académica

O antigo futebolista é o novo treinador da Académica, sucedendo a João Alves no comando técnico dos estudantes, anunciou o clube que integra a II Liga portuguesa. César Peixoto vai ser apresentado às 17h00, em conferência …

Tribunal diz que ausência de resistência de vítima de violação é "desejo de sobreviver"

Quando as vítimas não resistem, revelam "o desejo de sobreviver a uma situação cujo controlo não detêm", adotando um comportamento de preservação, diz o Tribunal da Relação de Lisboa. O Tribunal da Relação de Lisboa considerou …

Draghi abre a porta a cortes nas taxas de juro

Mario Draghi afirmou esta terça-feira que se o objetivo de ficar abaixo dos 2% de inflação estiver ameaçado, "estímulos adicionais serão necessários". O presidente do BCE admitiu mesmo uma descida das taxas. O presidente do BCE, Mario …

SNS dá “sinais de cansaço” e tem sistema “que não é amigo do cidadão”

A Convenção Nacional da Saúde concluiu esta terça-feira que o SNS “dá sinais de cansaço” e avisa que os portugueses “não podem ter listas de espera de anos” por consultas ou cirurgias, nem ter “enormes …

Violência doméstica: sobe para 16 o número de mulheres mortas em 2019

O número de mulheres mortas desde o início do ano em contexto de violência doméstica subiu para 16, segundo a contabilidade feita pelo Público com base nas notícias publicadas sobre o assunto. O número exclui …