Centenas de jihadistas mortos na batalha por Kobane

theglobalpanorama / Flickr

-

Os ataques aéreos comandados pelos Estados Unidos para defender a cidade síria de Kobane, junto à fronteira com a Turquia, mataram “várias centenas” de combatentes do grupo radical jihadista Estado Islâmico (EI), anunciou um porta-voz do Pentágono.

“Pensamos que matámos várias centenas de combatentes do EI, em e nos arredores de Kobane”, declarou o porta-voz John Kirby, numa conferência de imprensa em Washington, que sublinhou no entanto que “Kobane pode agora cair“.

O contra-almirante indicou que a maioria da população desta cidade curda fugiu, enquanto os extremistas continuavam a chegar à região procurando tomar a localidade.

A alegação do Pentágono surge 24 horas depois de a administração norte-americana ter afirmado que a estratégia adotada pelos Estados Unidos, com o apoio de uma larga coligação internacional, para lutar contra o Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria estava a funcionar.

“Estamos no início da execução da estratégia. Mas, certamente, os primeiros elementos de que dispomos mostram que esta estratégia está a ter sucesso”, afirmou terça-feira o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest.

Os jihadistas lançaram, em meados de setembro, uma ofensiva contra Kobane, controlando, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, cerca de 40% da cidade.

Operação militar já tem nome e ganha apoio entre norte-americanos

Os militares americaos já inventaram o nome para a operação militar contra o Estado Islâmico. Deverá ser designada Inherent Resolve (Resolução Inerente), afirmou à Reuters um responsável do Pentágono.

Entretanto, tem estado a aumentar o número de habitantes dos EUA que se mostram favoráveis à realização de uma operação terrestre contra os extremistas do Estado Islâmico na Síria e no Iraque, indica um inquérito da NBC e doo Wall Street Journal.

Eembora a maioria ainda seja contrária a uma intervenção terrestre, segundo a sondagem, cerca de 41% dos americanos consideram que a campanha militar desencadeada contra o EI deverá incluir ataques aéreos e o emprego de forças militares terrestres.

Na última sondagem, esta abordagem militar era defendida por apenas 34% dos inquiridos.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais de 40 pessoas mortas por grupos de “proteção às vacas” na Índia

Pelo menos 44 pessoas foram mortas por grupos de "proteção às vacas", entre maio de 2015 e dezembro de 2018, em 12 Estados da Índia, denuncia a organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) num relatório …

Genoma do tubarão branco revela razões para resistência a doenças e longevidade

Uma equipa internacional de cientistas descodificou o genoma do tubarão branco, descobrindo razões para o sucesso evolutivo de um predador que está no topo da cadeia alimentar e que resiste a doenças e ferimentos. A equipa …

Morreu o cientista que tornou popular o termo “aquecimento global”

O cientista que fez soar os primeiros alarmes sobre as alterações climáticas e tornou popular o termo "aquecimento global", Wallace Smith Broecker, morreu aos 87 anos, foi anunciado esta terça-feira. O antigo professor e investigador da …

Descoberta super-Terra a apenas oito anos-luz do Sistema Solar

Uma equipa internacional de investigadores, em colaboração com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), no Porto, descobriu uma nova super-Terra, a "apenas" oito anos-luz de distância do Sistema Solar.  Segundo o IA, o …

Homem que assassinou uma mulher em 1993 foi detido graças a um guardanapo

O empresário Jerry Westrom foi preso e acusado de esfaquear uma mulher em Minneapolis em 1993, graças a um site de genealogia e um guardanapo que deitou fora depois de limpar a boca. O corpo de …

México vai converter ilha-prisão num centro educativo e cultural

O estabelecimento prisional foi construído em 1905 e vai ser encerrado por decreto presidencial, para dar lugar ao centro cultural Muros de Água Jose Revueltas. Dos 600 presos, 200 vão ser libertados. A prisão existente numa …

Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões …

Surto de sarampo nas Filipinas escala para 8.400 casos e 130 mortos

O surto de sarampo continua a agravar-se nas Filipinas, com 8.443 casos confirmados desde o início do ano e 136 mortes causadas pela doença, na maioria crianças menores de cinco anos, indicaram as autoridades. De acordo …

Estado deixa de apoiar compra de carros elétricos acima de 60 mil euros

O Estado vai deixar de apoiar a compra de carros elétricos com um preço superior a 60 mil euros. Esta alteração vai constar nas novas regras de incentivos à introdução no consumo de veículos de baixas …

Bolsas do IEFP para estagiários com mestrado e doutoramento vão aumentar

O programa Estágios Profissionais vai ser alterado com o objetivo de dar uma resposta mais célere às empresas, prevendo-se ainda um aumento do valor das bolsas para estagiários com mestrado e doutoramento, de acordo com …