Há uma cavidade gigante a crescer debaixo da Antártida

NASA

A Antártida não está num bom momento. Em apenas algumas décadas, o continente já perdeu milhões de toneladas de gelo a uma velocidade alarmante.

Agora, um espantoso novo espaço foi revelado durante este desaparecimento massivo. E é grande: uma gigantesca cavidade a crescer sob a Antártica Ocidental que cobre dois terços da pegada de Manhattan e tem quase 300 metros de altura.

Esta imensa abertura na parte inferior do glaciar de Thwaites – uma massa famosa por ser o “glaciar mais perigoso do mundo” – é tão grande que representa uma grande parte das estimadas 252 mil milhões de toneladas de gelo que a Antártida perde a cada ano que passa.

Investigadores dizem que a cavidade já foi tão grande que conseguia armazenar cerca de 14 mil milhões de toneladas de gelo. Os cientistas divulgaram também, no estudo publicado na revista Science Advances, que a cavidade perdeu a maior parte do volume de gelo nos últimos três anos.

Jeremy Harbeck / NASA

Glaciar de Thwaites, na Antártida

“Suspeitamos há anos que Thwaites não estavam fortemente ligados ao leito de rocha debaixo dele”, disse o glaciologista Eric Rignot, da Universidade da Califórnia. “Graças a uma nova geração de satélites, podemos finalmente ver os detalhes.”

Rignot e colegas descobriram a cavidade ao usar um radar de penetração de gelo como parte da Operação IceBridge da NASA, com dados adicionais fornecidos por cientistas alemães e franceses.

De acordo com as leituras, o vazio escondido é apenas uma vítima entre um “padrão complexo de recuo e derretimento de gelo” que ocorre no Glaciar de Thwaites, setor que está a recuar 800 metros por ano.

O padrão complexo que as novas leituras revelam – que não se encaixa nos modelos atuais de gelo ou oceanos – sugere que os cientistas têm mais a aprender sobre como a água e o gelo interagem uns com os outros no ambiente antártico. “Estamos a descobrir diferentes mecanismos de recuo”, explicou o primeiro autor do artigo, Pietro Milillo.

Enquanto os investigadores ainda estão a apredner coisas novas sobre as complexas maneiras como o gelo derrete no glaciar de Thwaite, a cavidade gigante representa uma realidade científica simples.”O tamanho de uma cavidade sob um glaciar desempenha um papel importante no derretimento“, diz Milillo. “Quanto mais calor e água sob o glaciar, mais rápido o derretimento”.

O glaciar de Thwaites atualmente responde por cerca de 4% do aumento do nível do mar global. Se desaparecesse por completo, o gelo contido poderia elevar o oceano em cerca de 65 centímetros.

O Thwaites, na verdade, tem glaciares vizinhos e massas de gelo no interior. Se a força de sustentação desaparecesse, as consequências poderiam ser impensáveis, razão pela qual é considerada uma estrutura natural tão fundamental na paisagem antártica. Quanto tempo ficará, ninguém sabe – é por isso que os cientistas estão a embarcar numa grande expedição para aprender mais sobre os Thwaites.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Este derretimento irá afetar a polaridade da terra, fazendo com que mova alguns graus em seu eixo. Afetando diretamente o sul Europeu e norte da África.

  2. Kkkk algumas pessoas são tao ingénuos.
    Brasil fala português não existe língua Brasileira mas sim língua portuguesa. .
    E a questão era o planeta Terra que pertence a tudos os Seres vivos, que nele habitam homens sem carácter e irresponsáveis que só pensam na indústria económica, seres insignificantes que só sabemos destruir. , a que mudar a atitude e ter atitude parante o planeta Terra , e deixemos de tretas de que é que fala português se é Portugal ou Brasil entre muitos mais países de língua portuguesa respeitem o nosso Deus a Terra ela nos fornece a Vida

RESPONDER

O titanossauro mais antigo do mundo foi descoberto na Patagónia

Ninjatitan zapatai viveu há aproximadamente 140 milhões de anos, no início do Cretáceo, na atual Patagónia, na Argentina. Segundo os cientistas, o novo espécime fóssil de tiranossauro pode ser o mais antigo do mundo. Com cerca …

Volvo prepara mudança estratégica e apresenta o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge

A marca de automóveis sueca apresentou o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge. O modelo representa mais um passo no caminho para a eletrificação total da Volvo, já que esta semana a marca …

Benfica 2-0 Estoril | Águia carimba presença na final

O Benfica venceu o Estoril Praia por 2-0, no Estádio da Luz, e apurou-se para a final da Taça de Portugal, a segunda consecutiva do emblema “encarnado”. Os comandados de Jorge Jesus confirmaram a superioridade …

Um reator nuclear pode ajudar a resolver o mistério do desaparecimento de Amelia Earhart

Uma equipa de investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, vai submeter uma folha de alumínio velha e gasta a um feixe de partículas do coração de um reator nuclear na esperança de …

Musk quer criar uma nova cidade no local de lançamento da SpaceX. Vai chamar-se Starbase

O empresário norte-americano Elon Musk está a tentar criar uma nova cidade chamada Starbase nas instalações de lançamento da SpaceX no Texas, nos Estados Unidos. As instalações da SpaceX no Texas estão localizadas em Boca Chica …

Chatbots: A tecnologia que "ressuscita" os mortos é cada vez mais uma realidade

Foi recentemente revelado que em 2017 a Microsoft patenteou um chatbot que, se construído, ressuscitaria digitalmente os mortos. Usando Inteligência Artificial e machine learning, o chatbot proposto traria o nosso ente querido de volta à …

Casal acertou no jackpot de 210 milhões de euros do Euromilhões (mas não registou o boletim)

Dois jovens britânicos pensaram que tinham ganho 182 milhões de libras (cerca de 210 milhões de euros), mas afinal o boletim não tinha sido registado por falta de dinheiro na conta online. Rachel Kennedy, de 19 …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Mulheres portuguesas trabalham mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho pago e não pago, continuando a ter maior dificuldade em conciliar a profissão com a …

Três sismos acima de 7 na escala de Richter abalam a Nova Zelândia. Autoridades alertam para tsunami

A costa nordeste da Nova Zelândia foi esta quinta feira atingida por três sismos de magnitude acima de 7 na escala de Richter. A proteção civil emitiu um alerta de tsunami após o primeiro terramoto, …