Caso Rui Pinto. PJ terá recomendado jornalista à Doyen para divulgar versão alternativa ao Football Leaks

Mário Cruz / EPA/Lusa

Rui Pinto no arranque do julgamento do chamado caso “Football Leaks” que envolve o Fundo de Investimentos Doyen.

O advogado Pedro Henriques, que trabalhou para o fundo de investimentos Doyen, assegura que elementos da Polícia Judiciária (PJ) lhe indicaram o nome de um jornalista que poderia ajudar a divulgar uma versão alternativa ao Football Leaks. Uma declaração prestada no julgamento de Rui Pinto.

Em mais uma audiência do julgamento de Rui Pinto, acusado de 90 crimes, entre os quais tentativa de extorsão à Doyen, o advogado Pedro Henriques testemunhou que a PJ lhe enviou, por email, o nome de um jornalista que poderia ajudar o fundo de investimentos a divulgar uma versão alternativa da que estava a ser veiculada pelo site Football Leaks.

“Os senhores inspectores da Polícia Judiciária indicaram-nos um jornalista em concreto”, apontou Pedro Henriques que prestou assessoria jurídica ao ex-administrador da Doyen, Nélio Lucas, conforme declarações divulgadas pelo Público.

Estávamos em stress, porque tudo o que andava a sair na imprensa [com origem no Football Leaks] era distorcido. Esse jornalista poderia dar-nos uma ajuda, com uma versão” alternativa, apontou ainda o advogado.

Estas declarações deixaram a juíza Ana Margarida Alves estupefacta, até porque a Doyen “estava a ser assessorada por um prestigiado escritório de advogados e tinha um gabinete de imprensa”, como disse, segundo transcrição do Público.

“Não percebo a indicação de um jornalista em concreto”, realçou ainda a magistrada.

Pedro Henriques não soube dar explicações e também garantiu que não se lembrava do nome dos elementos da PJ que lhe indicaram o jornalista, nem tão pouco do nome deste.

O advogado garantiu ainda que o plano nunca foi em frente.

Na véspera, Pedro Henriques também não tinha conseguido explicar porque é que um inspector da PJ teria ajudado a Doyen, como alegou.

Inspector da PJ vai ser novamente investigado

No seguimento das declarações de Pedro Henriques, o tribunal extraiu uma nova certidão para investigar essa alegada colaboração entre o inspector Rogério Bravo e a Doyen.

As suspeitas em torno do inspector da PJ já tinham sido investigadas, mas foram arquivadas. Agora, vão ser novamente analisadas depois do requerimento nesse sentido que foi apresentado pelo advogado João Pereira dos Santos que representa Aníbal Pinto, outro dos arguidos do processo que visa Rui Pinto.

João Pereira dos Santos pediu um “apuramento cabal” da actuação policial, considerando “fortemente indiciados a prática dos crimes de falsidade de depoimento, corrupção, abuso de poder e denegação de justiça, pelo menos”, e lamentando os “contornos obscuros e manobras de encobrimento” que disse nunca ter pensado “ver em Portugal”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …

Alemanha. Funcionário de posto de combustível abatido a tiro por cliente que se recusou a usar máscara

Um homem de 49 anos matou um funcionário de um posto de combustível na Alemanha, após tentar comprar cerveja sem utilizar a máscara. No país, o uso deste equipamento de proteção é obrigatório para entrar …

Um violino gigante flutuou no Grande Canal de Veneza (ao som de Vivaldi)

No passado fim de semana, um violino gigante, com quase 12 metros de comprimento, desceu o Grande Canal de Veneza. A bordo estava um quarteto de cordas, que tocou Four Seasons de Vivaldi. O Noah's Violin …

Assembleia de credores aprova recuperação da Groundforce

Esta quarta-feira, os credores da Groundforce aprovaram a recuperação da empresa. Em causa está uma dívida de 154 milhões de euros. Os credores da Groundforce, reunidos esta quarta-feira em assembleia de credores, no tribunal de Monsanto, …

Europeus acreditam numa "guerra fria" entre os EUA e a China e Rússia

A maioria dos cidadãos da União Europeia (UE), 62%, considera que os Estados Unidos (EUA), com apoio das instituições comunitárias, estão numa nova "guerra fria" com a China, mas recusam envolvimento nacional, revelou um inquérito …

Desenho de Van Gogh esteve guardado mais de 100 anos. Agora, é exibido pela primeira vez

O Museu de Amesterdão, nos Países Baixos, ganhou um novo inquilino: Study for 'Worn Out', um desenho recém-descoberto de Vincent van Gogh. O holandês Vincent van Gogh ainda continua a impressionar o mundo inteiro com a …

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã

No Afeganistão, as professoras estão prontas para desafiar o regime talibã, com receio de que os avanços dos últimos 20 anos tenham sido conquistados em vão. A Vice falou com algumas professoras afegãs que garantem continuar …

Apenas um terço das crianças em 91 países tem acesso a uma alimentação adequada, alerta UNICEF

Apenas um terço das crianças com menos de dois anos em 91 países em desenvolvimento têm acesso aos alimentos que necessitam para um crescimento saudável, revelou um relatório da UNICEF, apontando que nenhum progresso foi …

Preços das casas voltaram a aumentar no segundo trimestre

Entre abril e junho, o índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu 6,6% em termos homólogos. A revelação foi feita esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). O Índice de Preços da Habitação (IPHab) cresceu …