Casa Pia 0-3 FC Porto | Jogo desbloqueado na segunda parte

Miguel A. Lopes / Lusa

O FC Porto venceu hoje o Casa Pia por 3-0, na segunda jornada do Grupo D da Taça da Liga, mas precisou de 50 minutos para fazer o primeiro golo ao penúltimo classificado da II Liga.

A equipa portista só resolveu a partida no início da segunda parte, quando inaugurou o marcador, na sequência de um lançamento longo de Sérgio Oliveira que apanhou Saravia numa diagonal interior nas costas da defesa do Casa Pia a cabecear para o fundo das redes à saída falhada do guarda-redes Vanderlaan.

No espaço de cinco minutos, o FC Porto conseguiu fazer o que não fez nos primeiros 45, que foi desbloquear o jogo e abrir caminho para um triunfo folgado.

Os ‘dragões’ alinharam com apenas um titular (Manafá) em relação ao último ‘onze’, com o Paços de Ferreira, para o campeonato, mas o treinador do Casa Pia também fez alinhar apenas quatro titulares (Simão, Kikas, Kenidy e Caio Marcelo) da equipa inicial frente ao Nacional, na última jornada da II Liga.

Ao sofrer o golo, a equipa da casa subiu imediatamente o bloco na tentativa de chegar ao empate, começou a estender o jogo até à área portista, ainda que sem criar perigo, mas logo se percebeu que isso iria ter as suas consequências em face dos espaços que começou a deixar quer nas costas da sua defesa quer entre setores.

A verdade é que não teve consequências imediatas, porque o FC Porto continuou a jogar a baixa intensidade, o que deu realce à reação do Casa Pia, mas era uma mera questão de tempo para os portistas ampliarem a vantagem, tendo em conta a forma como a equipa da casa se estava a expor nas saídas para o ataque.

Mesmo assim, só aos 68 minutos é que o FC Porto aplicou o ‘xeque-mate’ na partida, por Luís Díaz, num lance de contragolpe que apanhou a defesa do Casa Pia desequilibrada no seu flanco direito, para, quatro minutos depois, Soares fechar o resultado com a marcação do terceiro golo, após uma combinação entre Corona, que tinha rendido o colombiano, e Saravia.

O FC Porto chegou ao intervalo sem conseguir chegar ao golo porque jogou sempre num ritmo baixo, com escassas mudanças de velocidade e variações de jogo, o que deixou o ‘bloco baixo’ do Casa Pia quase sempre confortável a defender, e porque Soares se mostrou muito perdulário.

Com efeito, mesmo a jogar devagar, devagarinho, o FC Porto criou duas grandes oportunidades de golo na primeira parte, ambas desperdiçadas por Soares, a primeira logo aos quatro minutos, numa ‘bicicleta’ na área em boa posição, em que a bola foi rematada por cima da barra, e a segunda aos 31, na qual, isolado a passe de Luís Díaz, fez o mais difícil, ao chutar ao lado.

A primeira parte foi um ‘bocejo’, com o FC Porto a ter mais bola, mais iniciativa, mas pouca ou nenhuma intensidade, e o Casa Pia a defender desde a saída da sua área, com as linhas muito juntas e a conseguir anular as jogadas de ataque dos portistas graças à entreajuda e à concentração dos seus jogadores, muito retraídos, porém, e incapazes de estender o jogo até à área do FC Porto, exceção feita a dois lances de bola parada.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Consumo excessivo de álcool afeta o sistema nervoso (e aumenta a ansiedade)

Investigadores do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde concluíram que o consumo repetitivo de álcool afeta diretamente células imunes do sistema nervoso central, que eliminam parte da comunicação entre os neurónios, e provoca o …

Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores - ainda que demorem mais tempo …

Exército norte-americano usou fundos de emergência covid-19 para comprar armas

O exército dos Estados Unidos utilizou fundos de emergência aprovados pelo Congresso especificamente para combater a covid-19 para comprar armas, denuncia esta semana o jornal norte-americano The Washington Post. O caso remonta a março passado, …

Carpinteiros usam técnica medieval na reconstrução de Notre Dame

A reconstrução de Notre Dame - que se prevê estar concluída no prazo de cinco anos - continua a avançar e os carpinteiros usaram técnicas medievais para erguer uma estrutura na fachada do monumento. A Catedral …

Durante um ano e meio, uma aldeia inteira perdeu a Internet todos os dias à mesma hora (e já se sabe porquê)

Durante 18 meses, os residentes de uma vila no País de Gales perderam a Internet todos os dias à mesma hora. Agora, engenheiros identificaram o motivo: uma televisão em segunda mão que emitia um sinal …

Gado na UE produz 704 milhões de toneladas de CO2 (mais do que todos os transportes juntos)

De acordo com uma nova análise da Greenpeace, animais de criação como vacas, porcos e outros, estão a emitir mais gases com efeito de estufa na Europa do que todos os transportes juntos. Na última década, …

É distraído e está sempre a perder a carteira? A Cashew Smart Wallet é para si

Uma simples carteira pode vir a melhorar os seus dias. A Cashew Smart Wallet é dotada de uma tecnologia de bluetooth que permite proteger os seus bens e ainda o ajuda caso a perca por …

Desportivo das Aves SAD desiste do Campeonato de Portugal

O Desportivo das Aves SAD vai abdicar da participação no Campeonato de Portugal (CdP), após ter falhado as negociações com o Perafita para utilizar as instalações do clube de Matosinhos. "As inscrições fechavam ontem [terça-feira] e …

Celebridades doam dinheiro para pagar dívidas a ex-presos impedidos de votar nos EUA

O bilionário Michael Bloomberg, o cantor John Legend e o basquetebolista LeBron James são algumas das celebridades que estão a doar dinheiro para pagar dívidas de ex-presidiários da Florida, impedidos de votar nas próximas eleições …

No debate sobre o Plano de Recuperação, evocou-se Sócrates e Passos

O líder do PSD questionou o primeiro-ministro se pretende "fomentar o desemprego" com o aumento do salário mínimo. O chefe do Governo manifestou-se "completamente perplexo". Na abertura do debate sobre o Plano de Recuperação e Resiliência, …